Gramática da Língua Inglesa

Erros que incomodam os próprios nativos

Richard Nordquist, autor do Grammar & Composition Blog, no About.com, fez aos seu leitores a seguinte pergunta “What expressions tick you off?“. O objetivo dele era saber que palavras ou expressões irritam [tick off] os falantes nativos da língua inglesa.

Ele recebeu muitas mensagens com tais palavras e expressões. Algumas eram gírias, outras neologismos [palavras novas]. Tinha também erros gramaticais, erros ortográficos, erros de pronúncia, redundâncias e coisas do tipo. Fiz uma seleção dos mais curiosos para que você – estudante ou professor de inglês – tome cuidados com eles.
Então vamos lá!

AIN’T 

Eu já falei sobre o tal do ain’t em várias dicas aqui no Inglês na Ponta da Língua. Curiosamente, muitos nativos ficam irritados com esta contração. No entanto, outros se irritam muito mais quando as pessoas dizem “cain’t” ao invés de “can’t“. Confesso que este “cain’t” aí realmente é algo muito estranho! Ain’t até que é aceitável em alguns momentos, mas cain’t realmente não dá para tolerar.

[Leia também: “O que significa AIN’T?” e “Expressões Comuns com AIN’T” ]

DUDE

Erros que Incomodam os Próprios NativosAs gírias costumam irritar muitas pessoas. Algumas são aceitáveis, outras são condenáveis. E é assim que muitos falantes nativos se irritam com o termo dude. Caso você não saiba, dude equivale ao nosso cara, meu, mano, véi, bro, chegado, parceiro e outros do gênero. Visto que dude é um dos termos que constam na lista negra de muita gente, eu acredito que Dude, where’s my car?” [Cara, cadê meu carro?] deva ser um filme extremamente insuportável a estas pessoas. Fica aí a dica: não faça uso frequente da palavra dude. Use-a com cautela e apenas com pessoas que são realmente seus amigos.

LOL e OMG

Até mesmo o internetês é odiado! Assim, LOL (usado para expressar uma gargalhada na conversas via internet) e OMG (abreviação para Oh, my God! – Ai meus Deus!) são tidas como insuportáveis.

[Leia também: “O que significa LOL?” e “Gírias da Internet em Inglês“]

Aks

Você não sabe o que é aks? Ok! Não se preocupe! Na verdade aks é o modo como várias pessoas pronunciam a palavra ask. Assim, ao invés delas dizerem “Ask her” (Pergunte pra ela), elas acabam dizendo “Aks her“. Enstranho, não é mesmo!?

Ainda nessa onda de falar errado algumas palavras, muita gente falar “asterik” quando o certo é “asterisk“. Essa é legal pois lembra o fato de que em português (no Brasil) tem gente que fala “asterístico” ao invés de “asterisco“, que é o correto. Ou seja, independentemente da língua, essa palavra dá dor de cabeça em muitas pessoas.

ATM Machine

Outro que qualquer um achará estranho é “ATM machine“. O problema aqui é que o ‘M‘ na abreviação refere-se a “machine“; portanto não há a necessidade de dizer ‘machine‘ após ‘ATM‘ [caixa eletrônico]. Afinal seria como se a pessoa estivesse dizendo ‘Automated Teller Machine machine‘. Portanto, trata-se de uma redudância.

Return back

Essa é outra redundância odiada. Afinal, back nesse caso já passa a ideia de retornar. Então, para que dizer return back? Eu simplesmente Não consigo nem dizer algo a respeito. Então, vamos continuar!

Your e You’re

Em relação à Gramática Normativa os erros comuns e inquietantes são as confusões feitas entre “your” e “you’re“. Isto é, na pressa algumas pessoas escrevem “Your a nice person“, quando o correto é “You’re a nice person“. A confusão entre “your” e “you’re” ocorre pois a pronúncia das duas palavras é a mesma. Essa mesma confusão ocorre também com as palavras “they’re”, “there” e “their”.

[Leia também: “Erros de Inglês Cometidos por Americanos” e “Gramática de Uso: There, Theyre’e Their“]

Should of

Outro erro clássico é o de escreverem “should of” no lugar de “should’ve“. O erro ocorre pela mesma razão do erro de “your” e “you’re”. A pronúncia de “should’ve” é a mesma de “should of”. O problema é que “should of” não faz o menor sentido. Afinal, não dizemos algo como “They should of told her“, mas sim “They should’ve told her“.

Vale dizer que essa confusão ocorre também com “would’ve“, “could’ve“, “might’ve” e outras.

Me and him

Além destes tem “me and him” antes de verbos. Ou seja, ao invés da pessoa dizer “He and I study English“, alguns dizem “me and him study English“. Isto equivale a dizer “mim e ele estudamos inglês“. Aqui temos de lembra que os pronomes sujeitos são He e I. Portanto, como sujeitos de uma oração, esses devem ser os pronomes usado. Caso a ideia seja tê-lo como objetos da sentença, então o certo será usar him e me.

[Leia também: “O Certo é You and I ou You and Me?” e “11 Common Mistakes in English“]

Aproveitando o rumo da conversa, cito também o tal do “between you and I“. Leia a dica Leia mais sobre erros comuns para saber mais a respeito.

Não dá para colocar todos aqui! Porém, dá para ir falando sobre um aqui e ali de vez em quando. Caso você queira conferir a lista completa é só clicar aqui. Você vai se supreender com algumas das sugestões feitas pelos próprios falantes da língua inglesa. Divirta-se e aprenda!

That’s all, folks! Opa, vale dizer que ‘folks‘ também está na lista das irritantes. Então o jeito é terminar dizendo ‘That’s all for today, guys’. O problema é que ‘guys‘ também está na lista negra. Enfim, até a próxima, pessoal! 😀

Etiquetas
erros comuns em inglês gírias em inglês gramática de uso da língua inglesa uso das palavras em inglês

4 Comentários

  1. Thanks a lot. Very useful post, indeed.All the best,Paulo Franca, PLAFstudies.com

  2. Could care less/couldn't care less também é outro, porque é um erro que muda todo o sentido da frase. Se você mandar um "could care less", ao invés de dizer que você não tem como fisicamente ligar menos pra uma determinada coisa de tão irrelevante e inútil que ela é pra você, você faz parecer que você é na verdade obcecado pela coisa, e "poderia se importar menos".Outra bobeirinha é o "definately", "deftly" — que muita gente usa pra disfarçar o não saber da regrinha, "definetly" e outras variações erradas da palavra "definitivamente", ou "definitely". Uma regrinha boa pra lembrar é que, "if you spell definitely with an 'A', you're definitely an a-hole"

  3. Adorei o post. Só o li agora, depois do e-mail sobre os 6 erros cometidos por nativos.Esse post me fez lembrar de uma vez que um professor da faculdade me corrigiu por dizer sempre "ao invés de" no lugar de "em vez de". É um erro bastante comum em português mas, graças ao meu professor de Direito Penal, eu procuro não cometer hoje em dia.Enfim, temos todos que estar SEMPRE nos aprimorando… Um abraço e muito grata por sua sempre necessária ajuda!

  4. Olá Thaís, tudo bem?Obrigado por seu comentário.O que eu acho engraçado é que os professores de faculdades ainda continuam corrigindo os alunos em relação à coisas que os gramáticos e linguistas já não esquentam mais.Ou seja, de acordo com renomados gramáticos e linguistas – estudiosos da língua portuguesa – o uso de "ao invés de" e "em vez de" são considerados idênticos e aceitos em concursos, por exemplo. Pena essa informação ainda não ter chegado aos professores de direito. Enfim, uma hora chega! Afinal, eles também deveriam estar SEMPRE se aprimorando, não é mesmo?Continue visitando o blog e indicando. Take care!

Botão Voltar ao topo
Fechar