Diminutivo e Aumentativo em Inglês

Será que existe essa coisa de diminutivo e aumentativo em inglês? Se você tem dúvidas a respeito deste assunto, continue lendo a dica. Pois, vamos falar sobre isso nela.

De modo geral, não há como formarmos diminutivo e aumentativo em inglês acrescentado um sufixo às palavras. Ou seja, não tem como acrescentar algo parecido a -inho e -ão aos substantivos da mesma forma como fazemos em português.

A ideia de diminutivo e aumentativo em inglês só dá certo usando um adjetivo para expressar a ideia. Para entender melhor, veja os exemplos abaixo:

  • big house, enormous house (casa grande, casa enorme, casarão)
  • small house, little house, tiny house (casa pequena, casinha, casa minúscula, casa miudinha)
  • big car, gigantic car (carro grande, carrão, carraço)
  • small car, little car, tiny car (carro pequeno, carrinho, carro minúsculo, carro miudinho)
  • enormous book, ginormous book, big book (livro grande, livro gigante, livrão)
  • small book, little book, tiny book (livrinho, livro pequeno, livro minúsculo)
  • little sister (irmãzinha), little brother (irmãozinho)
  • small table (mesinha, mesa pequena) [não confundir com coffee table, mesa de centro, mesinha de centro]

Diminutivo e Aumentativo em InglêsMas, curiosamente, há em inglês algumas palavras que possuem uma forma própria para expressar o diminutivo. São apenas algumas palavras e não uma regra geral. São casos “raros” e você fará bem se as aprender como palavras novas e não como algo gramatical.

  • cigarette (diminituvo de cigar, charuto, em português dizemos apenas cigarro; esse final -ette vem do francês e serve para indicar o diminutivo)
  • diskette
  • kitchenette
  • doggy (cachorrinho)
  • kitty, kitten (gatinho)
  • mini-cab (táxi pequeno, mini-táxi)
  • booklet (livreto, livro pequeno)

Lembre-se: sempre que você quiser expressar diminutivo e aumentativo em inglês pense em usar um adjetivo junto ao substantivo, como nos exemplos dados anteriormente.

Antes de encerrar, vale dizer que temos um porém nisso tudo.

Em português é comum usarmos o diminutivo e o aumentativo para ironizar, enfatizar, demonstrar carinho ou coisas assim. Isso significa que alguém poderá dizer “Nossa! Que carrão!” com a intenção de dizer que se trata de um carro bonito, bom, fantástico, impressionante, que chama a atenção. Em inglês, poderemos dizer “Wow! What an awesome car!” ou algo parecido.

Podemos ainda olhar para um amigo e dizer “Coitadinho!“, que em inglês será algo como “Poor little thing“. Veja outros exemplos e suas equivalências em inglês:

  • Que calorão! » It’s really hot today; What a scorching hot day; I’m really hot; It’s scorching hot today
  • Caramba! Que casona! » Damn! What a gorgeous house!
  • Aquele bestinha não vai fazer nada. » That poor little retard won’t do anything.
  • Amorzinho, vem aqui vem! » Sweetie, come over here!
  • Ah, meu docinho, eu te amo tanto. » Oh, my pumpkin, I love you so much.

Para saber mais sobre essas confusões entre diminutivo e aumentativo em inglês e português, leia o texto A Língua Portuguesa e Seus Fenômenos, escrito por um falante nativo do inglês – repórter do The Economist – que teve de se virar para entender o modo como usamos -inho e -ão em português e suas possíveis relações com o inglês.

Outra dica que também vale a pena ler é “Terms of Endearment: o que é isso?“. Nela você aprenderá como usar palavras de carinho como “amorzinho”, “docinho”, “lindinha”, “lindinho”, etc.

That’s all for now! Espero ter ajudado você a entender um pouco mais essa coisa de diminutivo e aumentativo em inglês. Caso ainda tenha alguma dúvida, entre em contato com a gente e vamos esclarecendo mais e mais. Gostou da dica!? Então, não se acanhe! Compartilhe-a com seus amigos e amigas, clicando aqui.

Artigos Relacionados
Comentários