Regras das Preposições em Inglês

Depois da dica stop to do ou stop doing, várias pessoas tiveram a ideia de fazer a mesma pergunta: quais as regras das preposições em inglês? A resposta a essa pergunta já foi muito abordada aqui no blog. Além de várias sobre as preposições em inglês, eu também escrevi um ebook voltado ao assunto.

Mesmo com tantas dicas, muita gente ainda insiste em perguntar quais são as regras das preposições em inglês. Então, vamos ver se conseguimos acabar com esse mito.

Se você quiser, ao invés de ler toda a dica, pode assistir ao vídeo no qual eu falo mais sobre isso. Para isso é só acessar a dica Preposições em Inglês: dicas definitivas. Bom aprendizado!

Regras das preposições em Português

Eu sei que você quer aprender as regras das preposições em inglese; mas antes, vamos usar a língua portuguesa para entender melhor como funciona o aprendizado das preposições. Assim sendo, complete as duas sentenças abaixo:

  • Eu sonho …………….. você todos os dias.
  • Eu sonho …………….. viajar ao redor do mundo um dia.

Você, falante fluente da língua portuguesa, sabe que as preposições que faltam são com e em. Isso é fácil de perceber!

Agora me responda: Como é que você sabe que são justamente essas duas preposições que estão faltando? Quais as regras  da gramática da língua portuguesa você usou para chegar às respostas?

Regras das Preposições em InglêsNão sei você, mas eu não consigo pensar em regras nesse caso. O que realmente ajuda a completar as sentenças acima é o contexto. Ou seja, ao lermos cada sentença, nós naturalmente as interpretamos e achamos a preposição mais lógica para cada uma. Nosso conhecimento da língua – uso, combinação das palavras, compreensão do contexto etc. – nos ajuda a achar a resposta rapidamente.

Complete agora a sentença que segue abaixo:

  • Ela parou …………….. assistir ao jornal.

Qual preposição deve ser usada para completar essa nova sentença?

Você deve ter pensado em um. No entanto, podemos completá-la com duas: para ou de. Se você estivesse fazendo uma prova, essa questão poderia ser anulada. Pois, ela possui duas respostas. Coloque-se por uns instantes na pele de um estrangeiro aprendendo português. Quer regra seguir para dar a resposta certa.

O problema da sentença é que ela não nos dá o contexto exato para completarmos com uma só preposição. Afinal, o uso de uma ou outra alterará o sentido da sentença.

  • Ela parou para assistir ao jornal.
  • Ela parou de assistir ao jornal.

Portanto, precisamos de mais detalhes para que possamos completar a questão sem problemas. Precisamos de mais contexto. Veja:

  • Mesmo estando com muitas coisas a fazer, ela parou …………….. assistir ao jornal por alguns minutos.
  • Como só via notícias ruins, ela parou …………….. assistir ao jornal e começou a ler um livro.

Agora é possível escolhermos entre as preposições para para e de. Temos um contexto claro em cada sentença e isso nos dá a dica sobre qual preposição soa melhor. Na primeira, a pessoa tinha muitas coisas para fazer, mas mesmo assim ela parou para assistir ao jornal e relaxar um pouco. Na segunda, a pessoa não suporta mais ver tanta notícia ruim, então ela parou de assistir ao jornal e passou fazer algo mais interessante.

Note como o contexto nos ajuda a completar cada sentença. Não foi uma regra ou conjunto de regras. Nós simplesmente lemos cada sentença, analisamos o contexto automaticamente e completamos com a palavra (preposição) correta.

Além do contexto, outra coisa que ajuda e muito é o fato de nós termos armazenados em nosso cérebro, combinações de palavras já prontas. Essas combinações são várias e nós, falantes nativos de português, as usamos sem precisarmos analisá-las antes:

  • depender de, sonhar com, sonhar em, parar para, parar de, por falar nisso, em todo caso, de um jeito ou de outro, com certeza, de vez em quando, etc.

Cada uma dessas combinações tem uma preposição e nós não as usamos por causa de regras, mas por serem assim e ponto final.

Regras das Preposições em Inglês

Assim como em português, em inglês a dica para aprender as preposições é a seguinte:

Preste atenção ao contexto e aprenda como elas são usadas em combinação com outras palavras. Não procure por regras.

Por exemplo, quais preposições melhor completam cada uma das sentenças abaixo:

  • She told me that it all depends ………. your attitude.
  • Your new job will require you to travel all ………. the world.
  • I usually go to work ………. bus or subway.
  • International travelers often suffer ………. minor stomach upsets when they are ………. vacation.
  • Thanks a lot ………. helping us with this.
  • The report is due ………. Monday morning.

Muitos estudantes ao se depararem com esse tipo de questão entram em desespero. Eles não aprenderam as regras das preposições em inglês; logo, sentem-se frustrados.

No entanto, para completar cada sentença, você não precisa de regras. O que é realmente preciso é conhecer (saber) as combinações de palavras em cada uma delas. Portanto, se você se dedica a melhorar o seu vocabulário em inglês, você saberá as seguintes combinações:

  • depend on
  • all over the world
  • go (somewhere) by bus; go (somewhere) by bike; go (somewhere) by car; etc.
  • suffer from (disease)
  • be on vacation
  • thanks (…) for
  • on Monday; on Tuesday; on Saturday; on (day of the week)

Essas coisas não têm nada a ver com as regras das preposições em inglês. Na verdade, isso tudo tem a ver com o uso das palavras em inglês; como cada palavra combina com outra (collocations). A dica, portanto, é:

Não procure pelas regras das preposições em inglês. Simplesmente aprenda as palavras naturalmente e você certamente usará as preposições em inglês sem fazer muito esforço.

Para isso você precisa ler em inglês, pesquisar em dicionários, ouvir inglês, colocar em prática o que aprende (leia as 10 Dicas Para Aprender Inglês Mais Rápido). Enfim, dedicar-se ao aprendizado e envolver-se com a língua.

Tenho certeza que algumas pessoas dirão, “ah, mas tem regras para usar as preposições sim; é só ver o caso de in, on e at para expressões de tempo e lugares”. Sinto informar que, do ponto de vista linguístico, isso não se trata de regras. Na verdade, são observações feitas sobre o uso da língua. Trata-se da mesma coisa que você deve fazer para aprender as preposições de modo geral: observá-las sendo usadas em contexto e assim criar uma hipótese e colocá-las em prática para ver se dá certo ou não.

Resumindo tudo: nada de pensar em regras, observe o contexto; além disso, aprenda as combinações (conjuntos de palavras). É assim que você vai começar a ver as preposições mais como amigas do que como inimigas. Saiba mais sobre como aprender as preposições em inglês com o ebook Preposições em Inglês: dicas para entender “tudo”sobre elas.

Artigos Relacionados
Comentários