Quantas palavras você precisa para falar inglês?

Quantas palavras você precisa para falar inglês fluentemente? Será que existe um número ideal para que alguém possa se considerar fluente em inglês? Se esse número existe, será 1000, 2000, 3000, 4000 palavras ou muito mais? Ficou curioso? Continue lendo esta dica!

Informações Básicas

No artigo Quantas palavras você fala por minuto, escrevi o seguinte:

uma pessoa que queira atingir um bom nível de fluência e ser capaz de conversar com competência em inglês deverá procurar falar pelo menos 100 palavras por minuto (1,66 palavras por segundo) e estar preparado para entender 160 a 200 palavras por minuto (2,66 palavras por segundo).

Esta afirmação fez surgir algumas perguntas: como é que alguém – falante não-nativo de inglês – consegue falar 100 palavras por minuto? Será necessário ter um vocabulário muito extenso em inglês para conseguir isso? Enfim, quantas palavras eu preciso saber para falar inglês?

Quantas palavras você precisa para falar inglês?

A grande maioria dos estudiosos no assunto costuma dizer que a produção oral não precisa de um vocabulário tão extenso quanto é necessário para a compreensão auditiva.

O que isso significa?

O que eles estão dizendo é que seu vocabulário ativo (o que você precisa para falar) não precisa ser tão extenso quanto o seu vocabulário passivo (o que você precisa para ouvir e entender o que é dito).

Quantas palavras você precisa para falar inglêsAinda de acordo com estudos linguísticos, as 2000 palavras mais frequentes da língua inglesa são usadas em cerca de 80% do cotidiano dos falantes nativos da língua inglesa. Isto significa que se você souber usar bem estas 2000 palavras você será capaz de se comunicar efetivamente em inglês (com 1300 você já se dá muito bem).

No entanto, não pense que decorando uma lista de 2000 palavras será garantia de que você será capaz de falar inglês fluentemente. Note que na lista das 100 palavras mais usadas da língua inglesa as 10 primeiras – the, be, to, of, and, a, in, that, have, I – são palavras que não possuem muito sentido semântico (são o que eu chamo de palavras vazias).

Um outro estudo diz ainda que essas 2000 palavras podem ser combinadas em mais de 250 mil maneiras diferentes. Portanto, não adianta decorar uma simples lista de palavras mecanicamente.

Qual o segredo então?

O segredo para falar inglês não está na quantidade de palavras que você decora, mas sim na quantidade de combinações que você consegue usá-las. Em outras palavras, você deve aprender a usar estas palavras em seus mais variados contextos (os outros significados e usos que elas têm). Deve-se também aprender a usá-las em conjunto com outras palavras (collocations, chunks of language, expressões, etc.). Além disto, é necessário aprender as expressões mais comuns em que uma palavra aparece.

Enfim, aprender vocabulário de modo eficaz e que faça sentido deve ser a preocupação máxima de um aprendiz de língua inglesa (e dos professores também). Michael McCarthy, um dos nomes mais respeitados na área de estudos de vocabulário, diz o seguinte:

o segredo para obter sucesso no aprendizado de uma outra língua é manter o foco no vocabulário; afinal, é o vocabulário que realmente comanda o uso da língua.

Uma ideia simples

A ideia aqui não é tão complicada! Tudo se resume ao modo como você aprende as palavras. Ou seja, não adianta saber que “time”  significa “tempo“. Pois, a palavra “time” costuma aparecer em inúmeras expressões, combinações e usos que vão além do simples significado como “tempo“.

  • What time is it? (Que horas são?)
  • Is this a good time for you? (Esse horário está bom para você?)
  • You gotta buy time! (Você tem de ganhar tempo!)
  • for the time being (por enquanto)
  • by the time (quando, no momento que)
  • the happiest time of my life (o melhor momento da minha vida)
  • once upon a time (era uma vez)
  • Have I come at a bad time? (Chegue numa hora ruim?)
  • About time! (Já tava na hora!)
  • in time (a tempo de)
  • on time (na hora)

Mas afinal, quantas palavras você precisa para falar inglês?

Eu espero que você tenha entendido que o problema não está na quantidade de palavras, mas na qualidade em como você melhora o seu vocabulário em inglês. Caso ainda não esteja convencido disso, leia a dica Decorar Palavras Ajuda a Ser Fluente em Inglês.

Em resumo, o segredo está mesmo em você aprender as palavras mais comuns e básicas e suas combinações como você viu acima com a palavra “time“. Esse é o tipo de coisa que ajudará você a desenvolver sua fluência em inglês e também a melhorar o seu listening.

Não importa quantas palavras você precisa para falar inglês. O que importa é que você desenvolva seu vocabulário de modo mais dinâmico, eficiente e eficaz. Isso sim ajudará você a falar inglês de verdade. Talvez você precisa mudar o jeito de aprender inglês. Pense nisso!

Artigos Relacionados
Comentários