Chunks of Language: o que são e por que aprender?

Os chunks of language são o tema central dentro do curso Aprender Inglês Lexicalmente. Portanto, para matar um pouco a sua curiosidade, decidi escrever este texto falando um pouquinho sobre o que são e por que aprender chunks é importante.

O que são Chunks of Language?

Se traduzirmos ao pé da letra, chunks of language significa “pedaços de língua”. Mas, isso não ajuda muito, não é mesmo? Então, o melhor a fazer é entender a ideia.

De modo bem simples, chunks of language são grupos de palavras encontrados com frequência dentro de uma língua. Esses grupos de palavras possuem sempre uma estrutura fixa ou mesmo semifixa. Vamos entender isso melhor. Continue lendo!

As Estruturas Fixas

As estruturas fixas são geralmente usadas dentro de um ou mais contextos. Alguns exemplos de estruturas (sentenças) fixas são:

  • You’re welcome! (De nada!)
  • What do you mean? (Como assim?)
  • Go figure! (Vai entender!)
  • I’m sorry! (Sinto muito!)
  • Just a moment! (Só um momento!)
  • I don’t think so. (Eu acho que não.)
  • How are you doing? (Como você está?)

Enfim, são vários os exemplos de sentenças fixas. Alguns desses chunks são usados em contextos específicos e outros são usados em vários contextos. Há autores que chamam esses tipos de chunks de institutionalized sentences. Mas, vamos deixar esse detalhe de lado.

Os Chunks of LanguageEstruturas Semifixas (básico)

Já as estruturas (sentenças) semifixas são estruturas que podem ser mudadas de acordo com o que a pessoa pretende dizer. Um exemplo de sentença semifixa bem básico é a estrutura “What’s … name?”. No espaço em branco podemos completar com o que desejamos perguntar:

  • What’s your name? (Qual o seu nome?)
  • What’s his name? (Qual o nome dele?)
  • What’s her name? (Qual o nome dela?)
  • What’s his father’s name? (Qual o nome do pai dele?)
  • What’s her husband’s name? (Qual o nome do marido dela?)

Esse é um exemplo bem simples. Na verdade, os chunks chamados de sentenças semifixas podem ficar bem mais “complicados”.

Sentenças Semifixas (intermediário e avançado)

Por exemplo, “If I were you, I’d…” (Se eu fosse você, eu…) que tem uma estrutura gramatical considerada de nível intermediário e é preciso um pouco mais de vocabulário (léxico) para completar a ideia:

  • If I were you, I’d never do that. (Se eu fosse você, eu jamais faria isso.)
  • If I were you, I’d talk to them. (Se eu fosse você, eu iria falar com elas.)
  • If I were you, I’d study for the exam. (Se eu fosse você, eu estudaria para a prova.)
  • If I were you, I’d find a way to help John. (Se eu fosse você, procuraria um jeito de ajudar o John.)

Os exemplos dados acima são apenas uma gota no oceano. Pois, essa ideia de chunks of language vai muito além de sentenças fixas e semifixas. Podemos ainda colocar collocations, idioms, phrasal verbs, polywords e outros tipos de chunks of language que fazem uma grande diferença no modo como aprendemos inglês.

Por que aprender chunks é importante?

Chunks of LanguagePesquisas recentes na área de aquisição de uma outra língua mostram que os chunks of language ajudam no desenvolvimento da fluência. Ou seja, ao invés de ficar decorando regras gramaticais e palavras soltas, o desenvolvimento da fluência ocorre com a quantidade de chunks que você aprende.

Em outras palavras você começa a falar inglês naturalmente sem a necessidade de decorar regras gramaticais e ficar encaixando palavras soltas dentro dessas regras.

Desenvolvendo Speaking , Listening e Pronúncia

Quando eu entendi a ideia de chunks of language e comecei a aplicá-la em meus estudos de inglês, meu inglês melhorou muito. O aprendizado de chunks ajudou minha memória a encontrar mais rapidamente o que eu pretendia dizer. Isso fez com que meu speaking melhorasse de modo considerável.

» Leia também: A Memória no Aprendizado de Inglês

Meu listening também se desenvolveu. Pois, ao assistir a um filme ou seriado e ao ouvir uma música, eu não ficava mais tentando identificar palavras soltas. O meu ouvido ia se acostumando com os chunks e isso me ajudava a compreender melhor tudo o que eu ouvia.

Como eu aprendia o conjunto de palavras, minha pronúncia também ficou mais fluída. Afinal, eu não precisava pronunciar as palavras isoladamente; na verdade, eu pronunciava os chunks e isso dava mais naturalidade ao meu jeito de falar inglês.

Adquirindo a Gramática Natural

Um grupo de pesquisadores do MIT notou que o aprendizado de chunks of language ajuda também no desenvolvimento gramatical. Nesse caso, é preciso diferenciar a gramática normativa (aquela dos livros e atividades) e a gramática de uso (o modo como as pessoas falam no dia a dia).

Quando você aprende chunks of language, você naturalmente vai aprendendo a grmática. Isso sem ficar fazendo análises e dando nomes às regras: Present Perfect, Gerund, Passive Voice, Past Simple, Past Participle, etc. Você simplesmente aprende a usar a língua.

Enfim, os benefícios de se aprender inglês com a ajuda das ideias dos chunks of language são grandiosos. O modo de aprender inglês fica mais divertido, dinâmico, rápido e interessante. O estudante não fica fazendo atividades de regras gramaticais e listas de palavras soltas. Com os chunks of language o aprendizado de inglês atinge outro nível.

Aprender Inglês Lexicalmente

É sobre isso tudo – e muito mais! – que o curso APRENDER INGLÊS LEXICALMENTE trata. Nesse curso, você ficará por dentro do assunto de modo bem simples e com muitos exemplos e atividades que ajudarão a desenvolver o seu inglês de modo integrado. Ou seja, você aprenderá vocabulário, gramática e pronúncia de uma só vez e não um de cada vez.

Quer aprender mais e levar seu inglês a um outro nível? Participe do curso! Saiba mais clicando na imagem abaixo (ou aqui). Você não vai querer perder a oportunidade de ficar ainda mais com seu Inglês na Ponta da Língua, não é mesmo?

Curso Aprender Inglês Lexicalmente

 

Artigos Relacionados
Comentários