Palavras Vazias

A maioria das palavras mais usadas de uma língua possui um significado único quando fora de contexto. Estas palavras são tidas como léxico de conteúdo semântico. Elas possuem um significado próprio e praticamente único. Ou seja, ao vermos a palavra book, nos lembramos automaticamente do seu significado: livro. O mesmo pode ser dito de chair (cadeira), table (mesa), dog (cachorro), fox (raposa). Curiosamente, dependendo do contexto, estas mesmas palavras podem ter outros significados; no entanto, ao encontrá-las fora de contexto nós as associamos ao seu significado, dito, primário.

Por outro lado algumas palavras não possuem muito significado fora do contexto. Veja por exemplo as seguintes: way, point, just, only, close, thing, stuff, head, back, all, heart, with, to, up, for, beyond, of e muitas outras. Palavras como estas são chamadas de léxico de conteúdo assemântico, que neste livro serão chamadas de palavras vazias.

Como você já deve ter percebido, essas palavras vazias são completamente diferentes daquelas que possuem conteúdo semântico. As palavras vazias não têm muito sentido quando usadas fora de contexto e, por isso, acabam se tornando uma enorme dor de cabeça para os alunos de língua inglesa.

Para ampliar o seu vocabulário e também a sua capacidade de se comunicar melhor em inglês, é importante passar a observar como essas palavras são usadas. Muitos professores e autores pretendem solucionar o problema dessas palavras levando em consideração a questão gramatical. Embora isso seja possível apenas em parte, acredito que explicar o uso gramatical das mesmas não é o suficiente.

Você deve mesmo é prestar bastante atenção

  • ao contexto;
  • às palavras sendo usadas junto a elas para poder entendê-las melhor; e,
  • a como usá-las corretamente.

Contudo, apenas observar não é o suficiente. É de suma importância que você as anote no seu caderno de vocabulário. Mas não anote apenas as expressões, procure anotar também alguns exemplos, bem como a tradução da expressão. Assim, com o tempo, você saberá em que expressões e momentos (contextos) usar palavras como all, everything, whole ou entire. Deste modo você não terá de ficar memorizando as diferenças gramaticais de uma e outra e só arrumando confusão para sua cabeça!<

Artigos Relacionados
Comentários