Eu Quero Aprender Inglês

Vira e mexe, eu recebo e-mails nos quais as pessoas dizem “eu quero aprender inglês”. Isso é muito bom! Afinal, mostra o primeiro passo para atingir esse objetivo já foi dado. O problema é a pergunta que vem depois disso: “o que eu faço para aprender?”.

Essa, sem dúvida, é uma das perguntas que me deixa meio desconcertado. Pois, não sei nem por onde começar. Como dar uma resposta a algo tão complexo? O que cada um pode fazer para aprender inglês? Nessa dica, vou falar algumas coisas que penso a respeito e indicar alguns textos que poderão ajudar muita gente.

Além de querer, a coisa mais importante que cada um deve fazer é encontrar tempo para estudar inglês. Mas, como encontrar tempo se o tempo é escasso? Uma das dicas que dou no curso “Aprender Inglês Lexicalmente” é que você deve ocupar o tempo ocioso que tem ao longo do dia.

Inglês na Ponta da LínguaOuvir ou ler algo em inglês enquanto está indo de casa para o trabalho e do trabalho para casa. Enquanto estiver fazendo caminhada, ouça textos em inglês. Os podcasts do Inglês na Ponta da Língua servem para isso. Aquele período no qual você fica em uma fila, leia as anotações de inglês que você fez no seu Lexical Notebook.

O segredo do tempo é administrá-lo. Mas, em relação ao aprendizado de inglês, o segredo está em fazer com que a língua inglesa ocupe seus momentos de ociosidade ao longo do dia. Isso chama-se envolver-se pela língua. Seu cérebro encontrará a língua inglesa em momentos e contextos diferentes e isso ajudará você a reter as coisas que estuda.

Encontrar tempo, no entanto, não é a única coisa. Você precisa se organizar. Isso significa que você precisa colocar ordem no modo como você vai estudar inglês. Criar uma agenda (roteiro) de estudos é fundamental. Essa é outra dica que dou no curso “Aprender Inglês Lexicalmente”. Organização não é tudo, mas sem ela o tudo vira nada. Portanto, crie um roteiro do que você quer aprender diariamente e dedique um tempo apenas para isso. Você perceberá que tornar isso uma rotina em seu dia a dia é algo muito fácil.

Tempo e organização são fundamentais. No entanto, material para estudos também é crucial. Ter um bom dicionário é algo indispensável. Para saber como escolher um bom dicionário, leia a dica que escrevi sobre isso. Livros que ajudem você a se organizar e que dão dicas de como estudar inglês devem fazer parte da sua biblioteca. Não estou falando de livros de referência: como dizer coisas em inglês, 1200 phrasal verbs em um dia, gírias, expressões idiomáticas e coisa do tipo.

Estou falando de livros que dão ideias de como você pode criar o hábito de estudar inglês, de se organizar, de encontrar mais tempo, que dão ideias de atividades que não custam nada e que você as faz com uma simples folha de papel e lápis. Modéstia à parte, um livro que pode ajudar você com isso é o Inglês na Ponta da Língua – método inovador para melhorar o seu vocabulário. Cito o meu livro simplesmente pelo fato dele ajudar os leitores a colocar ordem nos estudos. Os livros de referências, os tipos mencionados anteriormente, podem ser comprados conforme você for aprendendo mais e mais inglês.

Falei do tempo, da organização e do material. O que será que está faltando? Claro! Não podemos deixar a boa e velha internet de fora. Afinal, tem muito material de qualidade – e disponível gratuitamente – na rede. São inúmeros blogs, sites, fóruns, comunidades, wikis e tantas outras coisas disponíveis na ponta dos seus dedos que devem ser usados a seu favor. Tudo isso deve ser aproveitado para que você fique mesmo com o Inglês na Ponta da Língua.

Tenho ainda de dizer que você deve – quando possívelinvestir em um curso que ajude você a estudar melhor. Ou seja, não basta apenas estudar inglês; é preciso aprender a aprender inglês. O portfólio de cursos do Inglês na Ponta da Língua está crescendo. São cursos rápidos com duração de uma ou duas semanas e que dão inúmeras dicas para você aprender inglês sem dificuldades. Conheça os cursos clicando aqui.

Encerro essa dica recomendando a leitura de outros textos aqui do Inglês na Ponta da Língua. Texto que ajudarão você a ter mais ideias para saber o que fazer para aprender inglês. Leia cada um deles com calma e você certamente achará um rumo para seus estudos e para a realização dos seu sonho.

Artigos Relacionados
Comentários