Perguntas dos Leitores

O que fazer para ser fluente?

Esta é mais uma daquelas perguntas que considero irritante. Vez ou outra, alguém me pergunta o que fazer para se tornar fluente em inglês. Nas entrelinhas, a pergunta quer dizer o seguinte: “o que faço para ir dormir hoje e acordar amanhã com o inglês na ponta da língua?“.

Geralmente, quem faz tal pergunta acha que há uma super fórmula secreta que o ajudará a falar inglês fluentemente em um passe de mágica. Se você pensa desta maneira, tenho uma notícia para te dar: esta fórmula mágica ou chave da felicidade simplesmente não existe.Então o que fazer para ser fluente em inglês?

Primeiro, tenha em mente que leva tempo para se tornar Fluente. Ninguém vai para cama hoje e acorda no dia seguinte falando inglês com perfeição e eficiência. Para algumas pessoas a tão sonhada e desejada fluência pode nunca chegar. Para outros, ela pode chegar em um ano, dois anos, três anos… Mas isto depende de alguns fatores cruciais no aprendizado.

Segundo, motivação faz uma diferença em tanto. Se você estiver realmente motivado você se envolverá com a língua. Envolver-se com a língua é cercar-se dela o tempo todo. Mesmo quando você não está no seu curso de inglês. Por exemplo, procure ler em inglês; procure narrar o seu dia para você mesmo em inglês; quando quiser falar sozinho, fale em inglês; se tiver um amigo que também estuda inglês, fale inglês com ele; mantenha um dicionário personalizado de palavras e expressões – um caderninho no qual você anota expressões interessantes que você aprende ao longo do dia; escute em inglês. Envolva-se com a língua e procure manter contato com ela sempre que possível! No entanto, para que isto seja possível, motivação será a chave do sucesso.

Terceiro, avalie-se! Faça uma auto-avaliação sempre que possível. Antes de criticar seu cursinho de inglês ou seu professor, veja se você está procurando se envolver com a língua e fazendo a sua parte.

O quarto ponto é baseado no pensamento do filósofo alemão Friedrich Nietszche: a missão de aprender algo cabe “quase” que exclusivamente ao aluno, não ao professor. É o aprendiz que deve se esforçar para atingir um alto nível; o mestre apenas mostra o caminho, dá as dicas, aconselha e ajuda o aprendiz a evitar os erros cometido pelo próprio mestre. Cabe ao aprendiz tomar uma atitude pró-ativa e fazer a diferença.

Em resumo, tenha paciência, esforce-se, tome uma atitude e corra em busca da fluência! Enquanto você ficar tentando encontrar a fórmula secreta e continuar com reclamações e resmungos, simplesmente não chegará a lugar nenhum! Leia um pouco mais sobre isso em “Quanto tempo leva para ser fluente em inglês?“.

That’s it! Take care!

31 Comentários

  1. Denilso,Eu tenho praticado um exercício diário que tem me ajudado bastante, tanto para falar quanto para pensar em Inglês: tudo o que eu vejo na rua, em qualquer lugar, eu pronuncio em Inglês. O que eu não sei, eu anoto no meu celular, no meu Pocket, ou no que estiver a mão e depois consulto num dicionário.Semana passada, no caminho da faculdade para o trabalho, eu fiquei falando comigo mesmo as cores dos veículos que iam passando, o mais rápido que eu pudesse. Se algum deles tivesse mais de uma cor, eu falava todas as cores que eu via.Em poucos minutos, eu conseguia bater o olho e já falar a cor sem nem mesmo pensar (é claro que eu pensava, mas é uma forma de demonstrar a rapidez do raciocínio).Em outro dia, eu fiquei descrevendo as pessoas da rua: a cor do cabelo, da pele, cor da roupa, tipo de roupa, etc.Tem sido muito bom para mim. Espero que estas dicas sirvam para outras pessoas.Adoro esse blog! Um grande abraço!

  2. Hi Cadu,Quando comecei a estudar inglês, eu também tinha esta mania. Eu até descrevo esta técnica no livro Inglês na Ponta da Língua.Outra coisa que eu fazia era ler a placa dos carros em inglês. Isto me ajudava a praticar o alfabeto e os números. Quando precisava saber as horas eu procurava falar para mim mesmo em inglês.Emfim, fazia coisas estranhas assim como você. Coisas estas que ajudam o cérebro da gente a manter as palavras e expressões na ponta da língua.É uma atividade e uma dica super importante e que tem um resultado fascinante!Take care!

  3. Pois é gente. Infelizmente se não praticarmos sempre o inglês "some" e demoramos um bom tempo para relembrar "aquela palavrinha".Tem sido muito boas as dicas que tenho aprendido aqui, estou adorando! E procuro praticar sempre tb, que bom! Só preciso arranjar um amigo para conversar em inglês. Pronúncia é bom treinar com diálogo tb neh. rsSee you!Kisses

  4. Também tenho minhas fórmulas.Entro em sites em ingles e converso com pessoas de outra nacionalidade. Tenho contato com um galês e com um alemão que fala inglês. É legal porque o galês sabe falar um pouco de portugues. Eu o corrijo e ele me corrije. rsrsrsMas realmente, eu estudei ingles durante 02 anos em um cursinho 5 anos atras. E sei mais palavras e expressoes hoje do que quando eu fazia o curso. Sempre ouço músicas em ingles, procuro pensar em frases em ingles e mandar e-mails em ingles.Pena que onde eu moro quase ninguem sabe falar essa lingua!Mas eu chego lá! quem sabe um dia eu tambem possa até escrever um livro tambem:"Inglês na Ponta do Lápis"rsrsrsMas não me processe por plágio, viu Denilso!rsrsrsTake care

  5. OLÁ PESSOAL!!Talvez eu ( ainda ) não tenha a mesma propriedade sobre o assunto, uma vez que estou estudando inglês à somente 06 meses ( self-studying). Mais sem sombras de dúvidas, o envolvimento e o prazer no que você está fazendo, é a verdadeira chave para o êxito. Aconselho a não encarar a tão sonhada fluência, como uma meta com dia e hora marcada. Todos nós temos objetivos na vida e isso é muito bom.Pensem na melhor escola de inglês que vocês conhecem. Será que sem interesse do aluno o professor fará milagres? Com certeza não.Eu tenho certeza que alcançarei a fluência, pois gosto do idioma, estudá-lo para mim é uma terapia ou passatempo divertido. Assim o seu objetivo deve ser encarado. Antes de perguntar-se " como um dia falarei inglês" preste mais atenção no seu português…Como é que você o predeu? Será que você nasceu falando português? Qual foi a "técnica" que a vida te deu para aprender português?Já aprendí aqui no Blog do Denilso, que não vale a pena você se preocupar muito com a gramática, e essa é uma verdade.Minha dica é: Aproveite todas as dicas desse Blog. Pois com certeza foram postadas por pessoas que realmente sabem o melhor caminho para aprender.

  6. Denilson… um amigo me passou o seu site! Estou "pasma", absolutamente!!!! Seu blog eh incrivel, estou tirando duvidas que tinha ha mto tempo, e descobrindo muita coisa nova!!! Estou acompanhando sempre! Obrigada por essa enorme ajuda!

  7. Algumas vezes a pessoa tem dificuldade em se expressar em português mesmo, um certo acanhamento, um vocabulário limitado, um pouco de vergonha da própria voz, um 'medo' de dizer algo errado em inglês… e, tudo isso, com certeza irá atrapalhar sua fluência no inglês. Então, faça uma análise do quanto você é 'talkative' em português, suplante alguma eventual dificuldade e parta para a fluência! Good luck.

  8. Lucélia,disseE não tenho tanta facilidade em falar inglês,acho que o medo me atrapalha demais, então Denilson o que você me aconselharia?

  9. oi eu estudei inglês por sete anos e não falo com fluência pq não levei a sério, hoje eu tomei uma decisão e vou batalhar pra falar o inglês com fluÊncia eu achei as dicas aqui expostas maravilhosas e pretendo colocá-las em práticas pra atingir meus objetivos,valeu Denilson

  10. anaossa galera estou preste a entrar em um curso de inglês.tenho medo de fazer e esqueçer depoisnossa oq façao tenho q confiar mais em mim seiexiste isso de um curso ser melhor q o outro ou depende de nós mesmoa apara sermos fluentesobrigado a todos boa semana

  11. Nossa, muito legais as dicas daqui,Eu tenho 02 anos de curso, e meu inglês é elogiada pelos professores, mas sinto que estou longe de alcançar um inglês fluente, sempre busco ouvir músicas em inglês e decorar a letra, falo sozinha em inglês, tento pensar em inglês, e sempre procuro dicas na internet pra facilitar o meu aprendizado. Tabém converso com meu colega qe faz curso na mesma sala que eu. Gostei da dica de andar na rua e caracterizar as coisas em inglês.. e pensar em inglês não é tão difícil quanto parece, eu sempre penso em inglês antes de dormir, e agora paro e percebo qe estou pensando em inglês, já se tornou uma coisa involuntária pra mim.Good lucky for you!

  12. O melhor é pensar em inglês e falar em inglês. Começar a pensar em inglês, não é tão difícil quanto parece, eu comecei a pensar em inglês só antes de dormir, e agora já paro no meio da aula de matemática, e percebo que estou pensando em inglês. Pra melhorar a gramática, conto só com o curso. Para melhorar minha compreensão auditiva assisto filmes, séries, ouço músicas em inglês, o que tem me ajudado muito. Pra formular frases conto com o curso, e treino bastante conversando em chats e com amigos qe também fazem curso de inglês.Para aumentar o vocabuláro, uso a net, existem muitoa sites em que se pode aprender muito. Pra mim o mais difícil é alcançar uma fala fluente. Meu curso disponibiliza 3 aulas de conversação por semana, eu vou a 2, sendo qe uma delas, é de um livro mais avançado que o meu. Meu inglês é bom, mas quero falar como os americanoos, o que é bem difícil de se conseguir. Parabéns pelo blog. Ótimas DicasGood lucky

  13. Oi Denilso, eu resolvi estudar inglês há quase dois anos, pois quero voltar a trabalhar como secretária executiva, só que agora bilingue. Mas confesso, tem sido complicado conseguir a tal fluência. Recebo várias propostas de emprego, mas pedem Inglês fluente e dizem que será testado. Sei que consigo me fazer entender e entendo o que falam em Inglês, mas me sinto muito insegura quando leio um anúncio em que dizem que o Ingês será testado, pois sei que não sou fluente. Como posso saber se passaria em uma entrevista em Inglês? Obrigada pelas dicas postadas neste site, que por sinal é incrível. Fico aguardando uma resposta que possa me ajudar. Um grande abraço à todos.

  14. I have been studying english a lot. Everyday, I wake up, wacht a movie with subtitles in english, read some articles, and I got some foreign friends to talk in english in my msn. It turned into an addiction ^^. I've been learning so much lately. I think, maybe I'll have perfected my english by next year =~]Your website helps me a lot as well.Thanks for your articles.

  15. Adorei a relação que você fez com o Filósofo Friedrich Wilhelm Nietzsche… ele é uma inspiração pra mim!e sim! concordo em tudo com o que o Sr disse acima!Grande Abraço!

  16. Bom, eu conheci uns gringos aí que estão me ajudando muito, rsrsEstou estudando Inglês à quase 2 anos, vou para o Fluency ano que vem, agora só não sei se alcançarei a fluência. Algumas dicas: Faça muitos listenings, converse em inglês pela internet com algum gringo ou com alguém que você conheça, ou fale sozinho, assista filmes em inglês com legenda em inglês, leia textos em inglês, ouça músicas em inglês e procure tradução e letra cante junto. this is it

  17. Olá Denilson! Gostaria de saber o que o senhor pensa sobre intercambio, se ele ajuda a acelera a fluencia? Obrigado!

  18. Realmente! E fluência do inglês é uma questão difícil e que leva tempo! Mas se continuarmos a nossa luta para a alcançarmos, com certeza, chegaremos lá! Não podemos desanimar nem desistir! Aprender a idiomáticas também ajudam e bastante, pois eles utilizam mais idiomáticas para falarem no dia a dia do que a gramática. E devemos aprender o Inglês real ou o Real Conversation, pois só assim entenderemos e falaremos o inglês fluente!O blog está mesmo de parabéns!

  19. Vou começar a usar a dica que o Cadu la em cima falo.. descrever as pessoas na rua em ingles, ler placas de carros (como o Denilson disse), cores de carros, lojas, restaurantes e etc 🙂

  20. Para praticar e manter meu inglês na ponta da língua eu leio bastante literatura em inglês. Umas das coisas que venho fazendo recentemente é ler e gravar artigos de revistas e capítulos de livros para depois escutar e ver onde errei e onde minha pronúncia está indo bem.É um exercício que acho interessante e que vejo que está tendo resultado.Reforço também sua ideia de que quanto mais agente aprende, mas agente ver que temos muito a aprender, ou seja, o aprendizado é contínuo.Quem pensa que irá aprender um idioma em pouco tempo está enganado, tem que está preparado e ter muita motivação.Abraço Denilso. 🙂

  21. Matou a pau! Vou imprimir isso pros meus alunos malas, que insitem em jogar a responsabilidade pro professor. "Aprenda-me" ingles, é assim que eles pensam!O aprendizado de um idioma é cíclico, interativo. Voce da muitas voltas e a cada volta aprende algo a mais sobre o que voce ja conhecia…Aprendizado de idiomas nao é linear. Posso começar aprendendo os modal verbs, ou passive voice, ou tempos verbais, etc. Sem falar no vocabulario…O mais perigoso é o nivel avançado, pois o ganho é incremental e difícil de se perceber, muito acham que ja sabem. Ai está o perigo…

  22. Somente hoje através do google conheci seu blog.Divino! Vou te acompanhar sempre.Eu estudo ingles no meu celular, é ótimo. baixo audiobooks, podcast, musicas, leio nytimes.Também, leio livros de bolso que escolho pelo tipo de letras, quero dizer tamanho delas, que sejam bem visiveis e que a história seja compreensível logo na primeira página.O VOA Special English RSS Player é ótimo. Eu seleciono por assunto e ouço todos os dias.Faz 5 meses que comecei a estudar sozinha, espero daqui a 4 anos estar lendo muito e falando um pouco.Adoro ler.Uso caderno de capa dura pautado para escrever várias vezes uma palavra em ingles que eu não sei, vou repetindo várias vezes até gravar, para isso uso lápis nº6B que é muito macio,só tem um problema, que tenho que ficar sempre apontando pois o seu grafite é muito mole, mas isso não me incomoda, é muito confortável usar esse tipo de lápis. Eu aconselho.A partir de hoje, tenho certeza, vou acrescentar muito o meu conhecimento de ingles através do seu blog.Denilso, meus parabéns pela iniciativa e muito sucesso, sempre.

  23. Hehehe eu estudo inglês começei faz uns 2 meses estou me sentido já bem mais avontade do que antes em pronunciar as palavras mais gostei do blog sei que é dificil mais se tiver interese se torna facioabçs

  24. Caro Denilso. O que vc falou é a pura verdade. Não existe fórmula para fluência em nenhuma língua. Língua é igual a higiene , é todos os dias de nossa vida. Um dia que vc para de fazê-la já dá diferença. O poder está em nós mesmos. Parabéns professor.Abraço forte.Soares

  25. Meus caros eu recomendo ouvir a radio vaughan, eu ouço horas e horas por dia, transmite desde a Espanha mas da pra entender quase tudo! A vaughan radio é uma escola de inglês transmitindo 24hs. Esperimentem. Um abraço e parabéns pelo Blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar