Uso das Palavras em Inglês

Qual a diferença entre MAY e MIGHT | Gramática do Inglês

Qual a diferença entre MAY e MIGHT? Quando usar MAY ou MIGHT? MIGHT é o passado de MAY?

Eu vou responder a essas perguntas de duas maneiras. A primeira é a maneira da gramática normativa. Ou seja, aquela gramática das regras e que todo mundo se prende a ela como verdade absoluta.

A segunda maneira é a que chamamos de gramática de uso. Isto é, como essas duas palavras são realmente usadas no dia a dia quando as pessoas conversam ou escrevem textos.

Fazendo assim, você vai poder escolher o que prefere aprender.

Qual a diferença entre MAY e MIGHT

Como dito acima, vou responder a essa dúvida de duas maneiras. Portanto, para deixar tudo organizado, vamos deixar tudo bem organizado e assim você vai direto para o que realmente deseja.

MAY e MIGHT na Gramática Normativa

Na gramática normativa, MAY e MIGHT são categorizados como MODAL VERBS. Com isso, você deve saber que modal verbs têm umas regrinhas a serem seguidas:

  1. Eles não são flexionados na terceira pessoa do singular do present simple: she/he/it mays e he/she/it mights não existem.
  2. Eles também não são seguido por to para deixar o verbo no infinitivo. Na de dizer/escrever may to go, might to study, may to talk, might to come, etc. Esse é um erro muito comum cometido por estudantes de inglês.
  3. A negativa é feita com not: may not, might not.
  4. Em sentenças interrogativas, eles estarão sempre antes do sujeito: May I…? Might we…?

Essas são regrinhas básicas que você deve aprender. Claro que você vai cometer erros no começo. Mas, vá com calma! Você ainda está aprendendo!

Algumas gramáticas, vão dizer que MAY e MIGHT indicam probabilidade. Ou seja, as chances que algo tem de acontecer ou não. Alguns autores até dizem que MIGHT indica que a ação tem cerca de 15% de chance de acontecer; já, MAY indica cerca de 30% de chance.

  • John may come to the party. (Pode ser que o John venha para a festa.)
  • John might come to the party. (É provável que o John venha para a festa.)

Enfim, a sentença com MAY indica que as chances do John vir para a festa é maior do que a sentença com MIGHT.

Isso é o que dizem as gramáticas normativas. Isso é o que você precisa aprender. Mas, convenhamos que isso não ajuda muito, não é mesmo!? Então, vamos continuar aprendendo!

MAY e MIGHT na Gramática de Uso

Aqui, a gente não se preocupa com o fato de saber que essas palavras são modal verbs. A gente simplesmente as aprende como palavras com significados e usos específicos.

Assim, a primeira coisa que aprendemos é que as duas significam a mesma coisa: são usadas para falar sobre probabilidades.

Mas, hoje sabemos que MAY é muito mais usado em textos jornalísticos e acadêmicos. Já no inglês falado no dia a dia, as pessoas optam mais pelo uso de MIGHT.

  • He might be home right now. (spoken English)
  • This study may bring new evidences of… (academic English)

Essa informação é encontrada na Longman Grammar of Spoken English., que também diz que desde 1950/1960, essa coisa de qual a diferença entre MAY e MIGHT tem desaparecido cada vez mais no inglês falado. Ou seja, de acordo com os pesquisadores, MAY e MIGHT, quando usados no inglês falado, não possuem diferenças.

A Collins Cobuild Student’s Grammar diz que para indicar que você não tem certeza de que algo seja possível, mas acha que é, “não há nenhuma diferença significante entre may e might; no entanto, may é um pouquinho mais formal“.

Isso significa que do ponto de vista do uso dessas palavras, você não precisa se preocupar se vai usar MAY ou MIGHT. Você só tem de lembrar que:

  • as duas são usadas para falar sobre probabilidade
  • might é muito mais comum no inglês falado
  • may é mais formal e mais comum em textos jornalísticos ou acadêmicos.

Portanto, você pode sair por aí dizendo as frases abaixo sem se preocupar com essa coisa de qual a diferença entre MAY e MIGHT:

  • John may come to the party. (que pode soar um pouco formal)
  • John might come to the party. (que é o modo como geralmente falam)

Might é o passado de MAY?

Esta é outra dúvida que muita gente tem. Será que MIGHT é o passado de MAY?

Pelo que você viu acima, isso não tem nada a ver. Não é mesmo!? Afinal, você pode usar tanto um quanto o outro para indicar possibilidades.

No entanto, essa confusão de MIGHT ser o passado de MAY só acontece quando os professores vão ensinar o REPORTED SPEECH em Inglês. Nessas aulas, ha uma tabela de conversão dos tempos verbais. Assim, nessa tabela, dizem que se a pessoa falar algo com MAY devemos recontar (reportar) no passado.

Veja a sentença abaixo:

  • “Sandra may find a better job”, said Joana.

Se tivermos de reescrevê-la usando o REPORTED SPEECH, ela ficará assim:

  • Joana said (that) Sandra might find a better job.

Mas, isso não significa que MIGHT é o passado de MAY. Trata-se apenas de uma alteração esperada nas palavras para recontar algo que alguém disse.

Conclusão

Infelizmente, as gramáticas pedagógicas ainda costumam trazer informações confusas sobre qual a diferença entre MAY e MIGHT. Por serem as mais recomendadas e vendidas, essa confusão no uso de MAY e MIGHT continua acontecendo.

Contudo, espero ter ajudado você a perceber que do ponto de vista da língua falada, a gramática de uso de MAY e MIGHT não é nada complicado.

Você só precisa lembrar do formal e informal e nada mais! O resto é falar inglês sem medo de ser feliz!

Agora que você aprendeu isso, leia também as dicas abaixo:

That’s all for now! take care and keep learning!

Etiquetas
dúvidas frequentes gramática de uso da língua inglesa uso das palavras em inglês
Botão Voltar ao topo
Fechar