O significado de I mean e quando usar essa expressão

Qual é o significado de I MEAN? Como usar essa expressão corretamente em inglês? Se você já se fez essas perguntas e outras mais sobre I MEAN, chegou a hora de aprender. É só continuar lendo.

Essa dica está também em vídeo. Sim, eu gravei uma aula falando sobre o significado e usos de I mean. Portanto, se você quiser assistir a essa aula é só clicar aqui ou ir até o final da dica e assistir ao vídeo por aqui mesmo. Fica a seu critério!

Fillers em Inglês

Não dá para falar sobre I MEAN sem antes falar sobre os fillers em inglês – também conhecidos como discourse markers. Eu já escrevi uma dica aqui sobre isso – até publiquei um vídeo! –, então serei bem breve.

Fillers são palavras e pequenas expressões que nós usamos para preencher as pausas enquanto falamos naturalmente. Ou seja, os fillers ajudam a mostrar que a pessoa fala inglês – ou qualquer outra língua – com naturalidade. Pesquisas recentes mostram que o uso de fillers é um indicativo de que a pessoa é fluente na língua que está aprendendo.

Mas, para que isso seja feito de modo bem natural – nada mecânico! –, a pessoa tem de entender bem como e quando usar cada filler. Portanto, nesta dica, você aprenderá sobre o filler I MEAN, um dos mais frequentemente usados em inglês.

Para saber mais sobre fillers, leia a dica O que são fillers no inglês falado.

O significado de I MEAN

O significado de I MEANEssa pequena expressão – filler – possui vários significados. Portanto, para aprendê-los temos de ver como ela é usada. Só assim a gente consegue achar os equivalentes em português e, portanto, entender bem como ele funciona.

De modo bem simples e direto, eu posso dizer que o significado de I MEAN pode ser quer dizer, digo, tipo, tipo assim. O problema é que só isso não ajuda você a entender como esse filler é realmente usado na prática. Então, vamos aprender algumas situações.

Uso 1

Quando falamos algo e imediatamente percebemos que erramos na informação, nós usamos essa expressão para fazer a correção. Por exemplo:

  • You live in Brazil? So, you must speak Spanish… I mean, Portuguese, right? (Você mora no Brasil? Então, você deve falar espanhol… Quer dizer, português, né?)
  • It cost 200 bucks. I mean, 300. Got mixed up with the numbers here. (Custou 200 dólares. Digo, 300. Me embaralhei com os números aqui.)
  • Are you free on Friday? I mean, Saturday? (Você está na sexta? Digo, no sábado?)
  • We met in São Paulo. I mean, in Campinas. (A gente se conheceu em São Paulo. Quer dizer, em Campinas.)

Uso 2

O segundo uso desse filler se refere ao fato de querermos enfatizar algo que acabamos de dizer. 

  • The town is great. I mean, it’s fantastic. (A cidade é ótima. Ou melhor, ela é fantástica.)
  • That new guy at the office… He’s really handsome. I mean, he’s a real hunk. (O novato do escritório… Ele é lindão. Ou melhor, ele é gostosão mesmo.)
  • He has to stop drinking. I mean, he’s going to kill himself if he keeps it up. (Ele tem de parar de beber. Tipo, ele vai acabar se matando se continuar assim.)

Nesse caso, como você pode ver, nosso pequeno filler é usado para fazer uma pausa e assim complementar o que foi dito com algo mais enfático. A tradução de I MEAN nesse caso é meio complicado, mas a gente sempre tente achar algo que dê certo.

Uso 3

Também usamos o I MEAN no final do que acabamos de dizer apenas para deixar em aberto o que acabou de ser dito. Ou seja, já falamos o que queríamos e não sabemos o que mais acrescentar. Veja:

  • The place was filthy! There was no one to help us, no seats, no information table, I mean… (O local era imundo! Não tinha ninguém para ajudar a gente, não tinha cadeiras, não tinha balcão de informações, Tipo)
  • I’m not mad. No! I’m not angry. It’s just that… I mean… (Eu não estou zangado. Não! Eu não estou p. da vida. É só que… Tipo assim)

Uso 4

Em momentos nos quais queiramos explicar melhor o que acabamos de dizer, o I MEAN também pode ser usado.

  • You’re more of an expert than me. I mean, you’ve got all that experience. (Você é mais especialista que eu. Tipo assim, você tem toda a experiência.)
  • It’s such a great place. I mean, the waiter was wonderful and the food delicious, but it’s too expensive.  (É um lugar excelente. Tipo, o garçom foi fantástico a comida deliciosa, mas é bem carinho.)

Conclusão

Esses são os usos de I MEAN mais frequentes em inglês. Para aprendê-los bem, você precisa se envolver com a língua inglesa. Nesse caso, você deve ouvir inglês com bastante frequência para ir entendendo melhor o significado de I MEAN. 

Confesso a você que esse é o tipo de coisa que a gente leva um tempinho para aprender a usar naturalmente. Mas, garanto que aos poucos você vai começar a fazer uso disso sem nem ao menos perceber. I mean, it’s a thing that happens naturally.

Gostou desta dica!? Então, deixa um comentário aí abaixo. Vamos continuar aprendendo juntos. que tal continuar aprendendo muito mais em nosso canal no Youtube? Clique aqui para se inscrever.

That’s all I have for now! So, take care and keep learning!

Artigos Relacionados
Comentários