O que são FILLERS no inglês falado? Aprenda aqui!

O que são FILLERS no inglês falado? Você já ouviu falar sobre isso? De modo bem direto, saiba que os FILLERS são essenciais no desenvolvimento da fluência em inglês. Portanto, independentemente do seu nível de inglês – básico, intermediário ou avançado –, você precisa saber sobre eles. Não é algo que você começará a usar naturalmente após aprender nesta dica; mas, certamente ficará mais consciente sobre eles. Então, continue lendo!

» Assista ao vídeo referente a este assunto no final desta dica ou clicando aqui.

O que são FILLERS?

Ao contrário do que muita gente acredita, ser fluente em inglês nada tem a ver com falar rápido e sem parar. Ou seja, ser fluente em inglês não é o mesmo que falar feito uma metralhadora. Nos estudos sobre o assunto, os estudiosos notaram que todo falante nativo faz uso de pausas enquanto conversa naturalmente com alguém ou fala sobre um assunto. Assim, hoje sabemos que fazer pausar de modo adequado e nos momentos certo ao longo de uma sentença é uma das características da fluência.

No entanto, para manter a fluência – a fala fluindo naturalmente – os falantes precisam evitar que as pausas sejam frequentes, longas e silenciosas. Caso as pausas sejam assim, a conversa fica cansativa, estranha e até meio sem sentido em alguns casos. Assim, para evitar que as pausas ocorram dessa maneiras estranha, os falantes nativos fazem uso natural – e até mesmo inconsciente, sem perceber – de um recurso que nós chamamos de FILLERS, também conhecido como PAUSE FILLERS (preenchedores de pausa) ou GAP FILLERS.

Portanto, os FILLERS são estratégias que um falante usa ao longo da fala para evitar que as pausas sejam longas, frequentes ou silenciosas. Além disso, os FILLERS são geralmente usados de modo imperceptível por parte de quem fala e quem ouve sabe que eles não são importantes na mensagem sendo comunicada.

Os principais fillers em inglês?

O que são FILLERS?Em inglês, assim como em qualquer outra língua, os FILLERS são palavras ou expressões usadas no meio das sentenças com o objetivo de preencher as pausas em uma sentença sendo falada.

Não basta saber o que são FILLERS, você tem de aprender quais são os principais. Então, anote aí!

  • Uh, ummm, er, erm, well, actually, you know, I mean, so, okay, right, sort of, kind of, like

Essas pequenas palavrinhas são os FILLERS mais comumente encontrados ao longo de uma conversa natural em inglês. Se você gosta de assistir a filmes, seriados, entrevistas, etc., em inglês, certamente os ouvirá sendo ditos de modo espontâneo. Tudo o que você tem a fazer é ouvir inglês e ir se acostumando com eles.

Agora que você sabe o que são FILLERS e quais os principais, está na hora de aprender como eles funcionam na prática.

» Leia também: Aprender a Falar Inglês Naturalmente: é possível?

Os Fillers na Prática

Como dito acima, falar inglês fluentemente não tem nada a ver com falar tudo de modo direto e rápido. Os falantes nativos fazem pausas para deixar a conversa mais natural. Dessa forma, você poderá dizer a sentença abaixo sem o menos problema:

  • I was tired of all that. (Eu estava cansado daquilo tudo)

Nada de errado em falar assim. Mas, para soar mais como um falante nativo e claro mostrar mais naturalidade, você poderá dizer assim:

  • I was, like, you know, tired of all that.

Veja que usamos dois FILLERS só para dar uma quebrada na sentença e assim demonstrar mais espontaneidade na falar. Ou seja, demonstrar um pouco mais de fluência. Vamos ver um outro exemplo. Observe o texto abaixo:

  • I don’t like when people tell me what to do. I like doing things my own way. I love being free to do things the way I want to. I don’t need someone telling me do this or do that. I hate that.

Mais uma vez, tenho de dizer que não há nada de errado em falar isso aí tudo dessa maneira. No entanto, para demonstrar mais naturalidade, podemos falar assim:

  • Well, you know, I just don’t like people uh people telling me what to do, right. I mean, I like doing things my own way, you know. Like, I just love uh I just love being free, you know, just to do things the way I want to. So, I don’t need, I mean, I just don’t need someone telling me “Do this or do that!”, right. I really hate that sort of thing, you know.

Claro que exagerei no uso dos FILLERS no texto acima. Mas, fiz isso apenas para que você tenha uma ideia de como os FILLERS podem aparecer em vários locais só para dar mais fluidez (fluência, naturalidade) no inglês falado (Spoken English).

Note ainda que um outro recurso usado como filler é a repetição de uma palavra ou expressão. Algo que fiz também no texto e que você pode reler para perceber tais repetições.

» Leia também: Como Manter a Fluência em Inglês

Vale a pena aprender FILLERS?

Será que vale a pena aprender (ensinar) isso? O que os especialistas na área dizem a respeito? Como é que você – estudante de inglês – aprende isso?

Para encontrar as respostas a essas perguntas, assista ao vídeo abaixo. Depois, convido você a deixar seu comentário aqui nesta dica ou em nosso canal no Youtube.

Agora está mais claro o que são FILLERS para você e a importância deles no desenvolvimento da fluência em inglês? Quero saber o que você achou dessa dica. Participe da conversa! Não fique de fora! Até a próxima!

Artigos Relacionados
Comentários