Como dizer “independentemente de” em inglês?

 
Você deve estar achando que a resposta para a pergunta que dá título à dica de hoje é algo bem simples, não é mesmo? Afinal, basta dizer algo como “independent of” e o assunto já estará resolvido. Será? A resposta é mesmo assim tão simples? Continue lendo e veja que não.
 
Tempos atrás recebi um email no qual a pessoal escreveu: “I need a lot your help, independent of you respond my email now or next month”. Nessa simples sentença, é possível notar como as pessoas usam o que aprendem em inglês pensando em português o tempo todo. Ou seja, elas usam o inglês (palavras e organização de sentenças) como se fosse a língua portuguesa. Esse usar inglês como se fosse português acontece com estudantes de praticamente todos os níveis (do básico ao avançado).
 

Na sentença do email, a pessoa escreveu “I need a lot your help”. O objetivo dela era dizer “eu preciso muito da sua ajuda”. Como eu falo português, entendi a sentença. Um falante nativo de inglês também entenderia. No entanto, o nativo perceberia logo de cara que a pessoa não tem intimidade com a língua inglesa. Pois, um nativo, ou um usuário proficiente da língua, escreveria “I really need your help”.

 
Depois, veio o “independent of”. Como falante de português eu sei que a pessoa está dizendo (ou tentando dizer) “independentemente de”. Mas, e um falante nativo? Como ele interpretaria isso? Afinal, “independent” significa “independente” no sentido de liberdade, não influenciado por outros, etc. Veja,
 
  • The Republic of Brazil became independent from Portugal in 1822. (A República do Brasil se tornou independente de Portugal em 1822.)
  • He ran as an independent candidate. (Ele concorreu como candidato independente | sem partido.)
  • His wages enabled him to become economically independent of his family. (Os ganhos dele deram a ele a chance de se tornar financeiramente independente da família.)
  • The incidents were completely independent of one another. (Os incidentes não tiveram nenhuma relação entre si. | [literalmente] Os incidentes foram totalmente independentes um do outro.)
Não há nos dicionários nenhuma informação do uso de “independent” como advérbio. Ou seja, “independent of” na sentença do email está errado. O que um falante nativo usaria nesse caso é a combinação “regardless of”:
 
  • We will continue the race, regardless of the weather. (Continuaremos a corrida, independentemente do tempo.)
  • The law requires equal treatment for all, regardless of race, religion, or sex. (A lei exige tratamento idêntico a todos, independentemente da raça, religião ou sexo.)
  • This job is open to all, regardless of previous experience. (Essa oferta de emprego é para todos, independentemente de experiência prévia.)
Meu último comentário é sobre a palavra “respond”. Na verdade, é sobre a combinação entre as palavras “respond” e “email”: “respond my email”. Em inglês, o que é comumente dito é: “answer my email”, “reply to my email” ou “return my email”. Essas são as combinações (collocations) corretas e usadas naturalmente entre os falantes de inglês. A  pessoa do email cometeu o que chamamos de “collocational mistake”, ou seja ela não é “collocational competent” no uso da língua. E não ser “collocational competent” é o que entrega se alguém é realmente proficiente em inglês ou não. Como diria o pesquisador David Wilkins, “o estudante de inglês pode saber muito sobre gramática e até ter um bom repertório do vocabulário da língua inglesa; mas, se ele não souber combinar as palavras naturalmente, ele será imediatamente identificado como um falante não proficiente da língua”.
 
Por fim, a sentença do email deveria ser assim: “I really need you help, regardless of you replying to my email now or next month”. Claro que podem haver variações (outra formas), mas essa aí chegaria muito mais próximo do que um nativo certamente escreveria. Note ainda que após “regardless of you” o verbo “reply” foi escrito com –ing (replying). Isso aí tem a ver a com o que chamamos de “colligations”, o padrão gramatical usado com a expressão “regardless of”:  “regardless of someone doing something” (independentemente de alguém fazer algo).
 
Bom é isso! Devo dizer aqui que a pessoa do email foi aluna de um de nossos cursos e autorizou o uso da sentença aqui no blog. Portanto, não usei nada indevidamente e nem estou expondo ninguém.
Artigos Relacionados
Comentários
  • Ótimo post.Acho que usaria "even if…" no lugar de "regardless" (soa meio formal…)ah, e tem um errinho de digitação no inicio do post 🙂 “I need a lot YOU help”

  • alexbc

    This explanation was amazing. congrats.

  • Unknown

    Este comentário foi removido pelo autor.

  • Unknown

    Hey, Denilso! Thanks a lot! I'be been following your posts by facebook and your tipps have been very helpful :)Specially about this one, I would like to ask you something: Is the "of" of the expression "regardless of" always needed? I mean, could I say "This job is open to all, regardless previous experience" for example?Ah! I also need to say your Portuguese is great! It pleases me a lot when I read your posts 🙂 You're surely an outlier ;)Well, since now, thank you very much!Lucas