Vocabulário de Inglês

    Swearwords: Termos Religiosos

    Ao ler o artigo sobre os 10 piores palavrões da língua inglesa publicado aqui neste blog em 27 de janeiro de 2007, as pessoas costumam perguntar porque os termos “my God!” e “Jesus Christ” são considerados palavrões. Vamos então falar um pouco sobre isto. Antes, você pode clicar aqui para conhecer a lista dos 28 piores palavrões da língua inglesa e ver que “Jesus Christ” ocupa a 25ª posição e “God” a 28ª.

    O “problema” com “my God” ou “Jesus Christ” deve-se ao fato de serem termos religiosos. Ou seja, para algumas pessoas estas palavras são consideradas sagradas. Desta forma, é preferível usar tais palavras apenas em contextos formais e mais respeitosos. Ou seja, algumas pessoas ao ouvirem tais termos sendo usados como blasfêmias podem se sentir extremamente ofendidas.Eu mesmo ganhei um sermão certa vez por ter dito “Oh my God!” perto de uma americana que era bem religiosa. Na opinião dela, eu não deveria jamais tomar o nome de Deus em vão! E acreditem, eu fui chamado a atenção da forma mais implacável possível. Depois desta minha gafe eu deixei de usar “God” ou “Jesus Christ” nos meus momentos de ira ou surpresa.

    Como resultado desta minha experiência, eu hoje evito dizer “oh my God” ou “Jesus Christ“. Prefiro seguir o conselho que me foi dado: “não ofenda as pessoas tomando o nome de Deus em vão! Ao invés de dizer tais termos diga ‘oh my gosh!‘, ‘oh heavens!‘, ‘oh, my‘, ‘oh gee‘” entre outros menos ofensivos.

    Claro que é comum ver tais palavras em filmes, conversas com pessoas, noticiários de TV, etc. Isto deve significar que esta “proibição” deve ter caído. Os falantes nativos da língua inglesa [talvez] não se sintam tão ofendidos assim ao ouvirem termos religiosos sendo usados como “palavrões”. Em todo caso, aconselho você a evitar o uso de tais termos para evitar maiores contrangimentos.

    Sei que isto pode parecer exagerado. Mas saiba que você não é falante nativo da língua e nunca sabe muito bem com quem está se comunicando. Logo, deixe a pessoa se expressar primeiro para só então tomar a liberdade de dizer “oh, my God!” e “Jesus!” ou qualquer outro palavrão. Embora eu ainda faço preferências para que você não os use jamais!

    16 Comentários

    1. Hi Denilso!I usually say "Oh, Lord" instead of "Oh, my god". Can this "Oh Lord" be considered a swearword too? Should I avoid saying it?

    2. Nobody has the power to tell me what I can talk. If dealing with a country that values freedom of speech, and loves to say bad words, it would be hypocritical criticizing someone for that. Sorry, is my opinionPS:Sorry for my poor English, that is what is really worrying

    3. Entendo sua posição e sua preocupação, mas pessoas religiosas ao extremo existem em qualquer lugar do mundo. Concordo com o que o Fabrício disse. Ninguém tem o poder de me me dizer o que posso falar ou não. E sabendo que vc é um falante não-nativo, grosseira foi ela ao ser tão implacável. Ela deveria ter explicado a você.

    4. Hi Denilso, is the a feasible chance you could email us a complete list of sexual position ?

    5. Em todo lugar existe essa idéia de não dizer o nome de Deus em vão, e apesar de não ser uma fanática eu concordo. Para que a necessidade de usar o My God enquanto o My Gosh é quase o mesmo?Parabéns pelos posts são ótimos.

    6. …nao acredito que falar "My God" ou Jesus…possa ser um palavrao..acho que esta mais no sentido de que sao palavras sagradas e que nao devem ser usadas em vão…

    7. Até mesmo no português eu evito falar o nome de Deus assim usualmente. É o terceiro mandamento: "Não tomarás o nome do SENHOR Teu Deus em vão, porque o SENHOR não terá por inocente o que tomar o Seu nome em vão".

    8. Vc pode me dizer se o termo " Oh my Godness" também é considerado mais "suave"?????Pois ja ouvi muito isso em entrevistas, filmes e etc…e para mim é normal eu até uso!! se alguem puder esclarecer, agradeço!ahh desculpe postar em anonimo, mas não tenho conta em nehuma das opções!

    9. Nao hah nenhum problema em falar "Oh my God", pelo menos nao aqui na Australia. Eventualmente pode ser usado a palavra "gosh" para evitar constrangimentos.

    10. Prezado Denilso:

      Grande Blog! Apenas para acrescentar. Fiz um intercâmbio na Irlanda (Jan 2011) e falei à mesa “Jesus!” e a dona da casa ficou rubra ..Quase teve um troço! Parecia que eu havia falado um palavrão forte! Interessante! Fiquei super sem graça!

    11. Acredito que essa senhora que falou com o professor: tem opinião própria, ou seja ELA sozinha pensa assim,é religiosa demais, viu que ele não era um nativo e quis tripudiar em cima dele, enfim nunca vi o uso destes termos como "Jesus Christ" e etc em sentido de palavrão, talvez esta senhora fosse mal resolvida c a vida e descarregou nele, enfim pessoas são assim, e ademais não devemos seguir uma só opinião.

    12. As pessoas ja qrem avaliar o comportamento do outro aff .. gnte foi uma dik pelo Amorr .. como vcs sao ignorantes.

    13. O grande problema é que aqui no Brasil não há muitos grupos religiosos extremos, como parece haver nos EUA. Aqui no Brasil, o único grupo religioso que eu já vi se comportar assim pelo uso de expressões com "Ai meu deus!", "Jesus amado", "Ave maria" e outros são as Testemunhas de Jeová. No caso da ave maria eles consideram palavrão mesmo, pois pra eles Maria era uma messalina sem crédito algum.

    14. Não, Maria não é considerara uma messalina pelas Testemunhas de Jeová. Ela é considerada uma pessoa comum, igual a nós, por isso não se referem a ele como santa, pq ela não era uma santa."Não deves fazer para ti imagem esculpida, nem semelhança de algo que há nos céus em cima, ou do que há na terra embaixo, ou do que há nas águas abaixo da terra. Não te deves curvar diante delas, nem ser induzido a servi-las(…)" Êxodo 20:4,5.

    Botão Voltar ao topo
    Fechar