Vocabulário de Inglês

Swearwords: Termos Religiosos

Ao ler o artigo sobre os 10 piores palavrões da língua inglesa publicado aqui neste blog em 27 de janeiro de 2007, as pessoas costumam perguntar porque os termos “my God!” e “Jesus Christ” são considerados palavrões. Vamos então falar um pouco sobre isto. Antes, você pode clicar aqui para conhecer a lista dos 28 piores palavrões da língua inglesa e ver que “Jesus Christ” ocupa a 25ª posição e “God” a 28ª.

O “problema” com “my God” ou “Jesus Christ” deve-se ao fato de serem termos religiosos. Ou seja, para algumas pessoas estas palavras são consideradas sagradas. Desta forma, é preferível usar tais palavras apenas em contextos formais e mais respeitosos. Ou seja, algumas pessoas ao ouvirem tais termos sendo usados como blasfêmias podem se sentir extremamente ofendidas.Eu mesmo ganhei um sermão certa vez por ter dito “Oh my God!” perto de uma americana que era bem religiosa. Na opinião dela, eu não deveria jamais tomar o nome de Deus em vão! E acreditem, eu fui chamado a atenção da forma mais implacável possível. Depois desta minha gafe eu deixei de usar “God” ou “Jesus Christ” nos meus momentos de ira ou surpresa.

Como resultado desta minha experiência, eu hoje evito dizer “oh my God” ou “Jesus Christ“. Prefiro seguir o conselho que me foi dado: “não ofenda as pessoas tomando o nome de Deus em vão! Ao invés de dizer tais termos diga ‘oh my gosh!‘, ‘oh heavens!‘, ‘oh, my‘, ‘oh gee‘” entre outros menos ofensivos.

Claro que é comum ver tais palavras em filmes, conversas com pessoas, noticiários de TV, etc. Isto deve significar que esta “proibição” deve ter caído. Os falantes nativos da língua inglesa [talvez] não se sintam tão ofendidos assim ao ouvirem termos religiosos sendo usados como “palavrões”. Em todo caso, aconselho você a evitar o uso de tais termos para evitar maiores contrangimentos.

Sei que isto pode parecer exagerado. Mas saiba que você não é falante nativo da língua e nunca sabe muito bem com quem está se comunicando. Logo, deixe a pessoa se expressar primeiro para só então tomar a liberdade de dizer “oh, my God!” e “Jesus!” ou qualquer outro palavrão. Embora eu ainda faço preferências para que você não os use jamais!

Botão Voltar ao topo
Fechar