Sons do TH em Inglês: verdades não ditas

Os sons do TH em inglês – θ e ð – são um tormento para muitos estudantes de inglês. Mas, será que tem mesmo de ser assim? Será que você precisa se desesperar para aprender os sons do do th em inglês como se você fosse um falante nativo? Neste texto – e vídeo –, eu vou mostrar a você 5 fatos sobre os sons do th que ajudarão você a desmistificar – ou desencanar – essa aura de endeusamento que muitos dão ao sons θ e ð sem necessidade. Chegou a hora de você conhecer as verdades não ditas sobre os sons do th em inglês.

Antes vale lembrar que está rolando uma promoção de ebooks aqui no Inglês na Ponta da Língua. São 4 ebooks por um preço imperdível. Saiba mais clicando aqui.

Clique aqui e assista ao vídeo referente a esta dica lá no Youtube

Sons do TH em inglês: Fato 1

Estima-se que sejam faladas ao redor do mundo cerca de 6000 a 7000 línguas. Entre essas, apenas 50 a 100 línguas possuem os sons do TH. Algumas dessas línguas possuem os dois sons – caso da língua inglesa –, outras possuem apenas um som ou outro.  Ou seja, os sons θ e ð não são comuns na grande maioria das línguas faladas no mundo.

A língua portuguesa é uma dessas línguas na qual esses dois sons não existem. Portanto, é muito natural que nós – falantes do português – tenhamos dificuldades em fazer os sons do TH de modo perfeito. Algumas pessoas – após muito treino e esforço – conseguem. Já outras poderão passar anos para conseguir ou nem ao menos conseguirão.

Sons do TH em inglês: Fato 2

Os sons do TH em inglêsCrianças que nascem em países de língua inglesa e, portanto, têm o inglês como língua materna, só fazem os sons do th do modo como devem ser lá por volta dos 4 ou 5 anos de idade.

Ou seja, uma criança que tem o inglês como língua materna começa a fazer seus primeiros sons por volta de 1 ano de idade. Período em que a fala começa a se desenvolver. Até os 4 ou 5 anos, essa criança não faz os sons do th como devem ser em inglês. No lugar desses sons, ela usa outras.

O aprendizado aqui é o seguinte: se um falante nativo não nasce fazendo esses sons de modo imediato, por que é que você que já é um adulto quer aprendê-los da noite para o dia?

Sons do TH em inglês: Fato 3

Há na pronúncia da língua inglesa um fenômeno conhecido como assimilation. De modo bem simples, assimilation refere-se ao fato de um som sem assimilado por outro próximo a ele. Como estamos falando dos sons do TH, vamos falar sobre a assimilation nesses casos.

Quando em inglês temos algo como in the, a pronúncia do th em the desaparece. Portanto, ao invés de pronunciar palavra por palavra, o que nós pronunciamos é algo como in ne. No vídeo que está no final deste texto, você poderá conferir como é pronunciado esse in the. Outro exemplo de assimilation está em right there, onde em uma fala mais rápida o som do th em there vira um t ou mesmo um d. O som então sairá como right tér ou righ dér.

Assimilation também ocorrem em palavras. Esse é o caso da pronúncia de months que fica mans. E também clothes que é pronunciado como close e sixth que fica apenas como six.

Esse fenômeno – assimiliation – ocorre no inglês falado. Falantes nativos fazem assimilation inconscientemente. Eles não se dão conta de que fazem até que alguém mostra para eles.

Assim, a dica para você é: estude mais sobre esse assunto. Assim, você aprenderá quem nem sempre o th é pronunciado em uma palavra ou mesmo frase. Eu acredito que se os professores de inglês ensinassem isso aos alunos e alunas, nós não teríamos tanta gente desistindo de aprender inglês por causa dos sons do th.

Sons do TH em inglês: fato 4

O quarto fato a respeito dos sons do TH poderá causar uma grande reviravolta na sua cabeça. Para isso, cito abaixo um trecho do livro English Pronunciation in Use, escrito por Mark Hancock e publicado pela Cambridge University Press:

Many native speakers of English pronounce TH as /t/, /f/, or /s/ instead of /θ/, and /d/, /v/, /z/ instead of /ð/. For example, some Irish speakers pronounce thick /θɪk/ as tick /tɪk/. Some London speakers pronounce three /θriː/ as free /friː/.

O que lemos aí é justamente o contrário do que muitos professores de inglês afirmam. Ou seja, é sim possível fazermos os sons do th em inglês com sons mais parecidos com o que temos em nossa língua. O fato de você não conseguir fazer os sons  θ e ð não é impedimento para que você não ser compreendido em inglês. Afinal, como acabamos de ver, muitos falantes nativos fazem essa troca de sons. Essa característica não é exclusiva do inglês britânico. Trata-se de algo que está acontecendo na língua inglesa como um todo.

Isso significa que você pode pronunciar palavras como three, think, thank, this, that, those, these, etc., como achar melhor. Com o passar do tempo – conforme você aprende e se envolve com a língua inglesa –, você poderá, se quiser, fazer um curso de accent reduction para aprender os sons do th como a forma padrão da língua inglesa pede. Mas, caso você não tenha a intenção de ir assim tão longe, então contente-se com a forma que achar mais cômoda. Afinal, além de você muitas outras pessoas no mundo – incluindo falantes nativos – estarão pronunciando os sons do th de uma maneira muito mais simples.

Sons do TH em inglês: fato 5

Em 2016, linguistas britânicos publicaram um artigo afirmando que lá por volta de 2066 os sons do TH em inglês não mais existirão. Ou seja, os sons θ e ð desaparecerão.

Esse desaparecimento se deve justamente por causa da assimilation (fato 3) e também da mudança de sons que os falantes nativos estão fazendo naturalmente (fato 4). Soma-se a isso, o fato de que a língua inglesa está sendo cada vez mais falada por pessoas que não tem o inglês como língua nativa. Ou seja, pessoas que em sua língua materna não possuem os sons do TH (fato 1). As crianças (nativos do inglês), por sua vez, começaram a ser menos expostas a esses dois sons e, consequentemente, crescerão sem ouvi-los e então não o pronunciarão da forma como temos hoje. Isso tudo faz com que o desaparecimento dos sons θ e ð aconteça de modo natural futuramente.

Sons do TH em inglês: conclusão

Todos os fatos citados acima – que eu chamo de verdades não ditas – servem para mostrar a você como a língua inglesa está mudando. Além disso, serve também para desmistificar aquela aura de endeusamento que os sons do th em inglês adquiriram ao longo dos tempos.

Ao assistir a vídeos no Youtube ou ler dicas em sites e blogs – sejam de professores brasileiros, americanos, ingleses, etc. –, a sensação que eu tenho é que somente pessoas capazes de fazer os sons do th com perfeição são os privilegiados que devem continuar aprendendo inglês. É como se quem faz os sons do th em inglês fossem uma espécie de semideuses. Alguns – principalmente nativos – parecem usar isso como uma forma de seleção natural. Ou seja, se você não conseguir fazer os sons θ e ð, você está fora dessa coisa de aprender inglês, você não tem futuro. Seu inglês é uma porcaria, péssimo, ruim, ridículo, etc.

Não se deixe abater por esse tipo de cultura imbecilizada (preconceito). Fazer os sons do th em inglês é sim algo legal para se aprender. Não tenho nada contra quem ensina ou queira aprender. No entanto, se você não conseguir fazê-los, isso não significa que você não tenha capacidade para aprender inglês. Inúmeras pessoas no mundo se comunicam bem em inglês sem fazer esses dois sons; então, não desista. Continue estudando e com o tempo você poderá pronunciar esses sons sem problemas. Caso não consiga, não se sinta infeliz. Afinal, os sons do th em inglês estão sujeitos a desaparecer no futuro – e em alguns locais já desapareceu. Não entre na onda dos que dizem que seu inglês é péssimo por causa dos sons do th. Há muitos a aprender do que apenas isso.

Fontes:

Vídeo no Youtube

Este texto teve ainda como base um vídeo feito por mim – Denilso – publicado no Youtube. Para assistir ao vídeo, clique aqui.

Artigos Relacionados
Comentários