Xingar Como um Inglês » 10 Dicas Infalíveis!

10 dicas para xingar como um inglês? Como assim? Será que estamos incentivando as pessoas a xingarem? Será isso correto? Calma! Vamos explicar!

Eu já escrevi aqui em várias dicas que essa coisa de xingar em inglês não é nada legal. Aliás, xingar não é legal em língua alguma. Mas, querendo ou não temos de saber sobre os palavrões em inglês. Afinal, na vida real, vamos ouvir esse tipo de linguajar.

Assim, decidi fazer uma dica um pouco diferente! Hoje é dia de aprender 10 dicas para você xingar como um inglês. Ou seja, algumas curiosidades culturais sobre esse comportamento no inglês britânico.

10 Dicas para Você Xingar Como Um Inglês

Lembre-se: o objetivo deste texto é mais cultural do que realmente apelar para os palavrões. Então, vamos lá!

Dica 01

Se algo der errado e você realmente precisar soltar uns palavrões, experimente dizer “Oh, blast it!”,Fiddlesticks!” ou “Bloody hell!” no lugar dos palavrões mais previsíveis. Caso precise amenizar um pouco mais o linguajar, então solte algo como “Oh, botheration!”, “Bloomin’ heck!”, “Bottoms!”, “Pants!” ou “Chuffing heck!”.

» Leia também: O QUE SIGNIFICA BLOODY?

Dicas para Xingar Como um InglêsDica 02

Quer mandar alguém sumir, desaparecer, sair da sua frente? Então, você poderá dizer “Bugger off!” ou “Piss off!”. Agora se você não quiser arrumar briga, então opte sempre por algo mais suave como “Go away!”.

Dica 03

Pessoas idiotas, imbecis são chamadas de “nitwits”, “nincompoops”. Claro que há termos mais ofensivos; mas, com esses aí você certamente evitará olhares mais julgadores. Como você deve estar curioso para saber, alguns dos mais ofensivos são “twonks”, “plonkers”, “twats” entre outros.

Dica 04

Caso alguém diga algo que seja extremamente imbecil, inacreditável, estúpido, etc., solte algo como “That’s a buncha codswallop!” ou ainda “That’s cobblers!”.

» Leita também: GÍRIAS BRITÂNICAS QUE VOCÊ TEM DE SABER

Dica 05

Se você estiver bêbado, use termos como “tipsy” (alegre, meio tonto), “sloshed” (chapado), “had one over the eight” (tomei umas a mais), ou apenas “tired and emotional” (bêbado).

Dica 06

Se você fizer alguma grande besteira, diga “I’ve made a hash of it” ou “I’ve made a right pig’s ear”. As pessoas vão entender que você realmente fez uma grande presepada.

Dica 07

Ao ficar surpreso com algo, não diga “Jesus!”. Simplesmente diga “Bloody Nora!”, “Cor blimey!” ou “Well, blow me!”. Esta última é bem britânica mesmo. No inglês americano o sentido é outro totalmente diferente. Em uma outra dica, prometo falar sobre isso!

Dica 08

Caso esteja possesso de raiva, p. da vida, você poderá dizer “I’m narked!”. Agora se você resolver expressar toda essa raiva por meio de palavras, as pessoas dirão que “you are thrwoing a wobbly”.

Dica 09

Algo muito ruis está presetes a acontecer e você quer expressar a ideia de que está lascado (f*dido), então coloque o seu sotaque inglês mais metido possível e diga “gosh, we’re in a bit of tight spot here” ou diga com um sotaque escocês o seguinte, “we’re dooooomed, I tell ye”.

» Leia também: 10 EXPRESSÕES COMUNS NO INGLÊS BRITÂNICO

Dica 10

Agora se você ficar totalmente sem palavras e queira simplesmente mostrar o dedo do meio, faça uso da versão britânica. Por lá, eles fazem o V da vitória mas com a palma da mão voltada para você. O sinal mal-educado pode ainda ser acompanhado da expressão “Agincourt!” enquanto você vai levando os dedos no ar.

Prontinho! Aí estão 10 dicas para você xingar como um inglês. Claro que isso tudo você aprenderá bem mesmo convivendo com as pessoas e observando-as. Não dá para sair 100% como um inglês apenas lendo algumas dicas na internet. Em todo caso, você agora tem uma ideia do que observar e como fazer.

Caso queira aprender mais sobre como xingar como um inglês, recomenda que leia os seguintes textos: “40 British Swearword, Defined” e “Every British Swear Word Officially Ranked In Order Of Offensiveness”.

Gostou desta dica!? Então, continue acompanhando o Inglês na Ponta da Língua. Afinal, aqui é o seu local para aprender inglês de modo bem diferente.

Artigos Relacionados
Comentários