Dicas Para Aprender Inglês

Arranjar Tempo para Estudar Inglês

Christian Barbosa, um dos maiores especialistas em administração do tempo que conheço, em suas pesquisas observou que um dos cinco itens na lista de desejo dos brasileiros é arranjar tempo para estudar inglês. Parece que o tempo está em falta! Aqui no Inglês na Ponta da Língua recebo com frequência comentários nos quais as pessoas dizem não ter tempo para estudar inglês. Para elas é como se o tempo tempo não existe. Afinal, o trabalho, os estudos regulares, a família, o lazer, as viagens, o descanso, os amigos e mais uma série de coisas já ficam com boa parte do tempo. Pelo jeito, falta mesmo tempo! E aí vem a pergunta, como arranjar tempo para estudar inglês?

Tempo e inglês são duas coisas que estão aí no mundo. Vivas! Acontecendo! Mudando! Seguindo o rumo! Costumamos ver o tempo e o inglês como duas coisas isoladas. Coisas que passam por nós e não conseguimos parar para acompanhá-las. Então, que tal você começar a colocar as duas juntas e fazer com que elas coexistam ao longo do seu dia e em você? A ideia aqui é a seguinte: envolva-se naturalmente com a língua inglesa ao longo do dia – enquanto o tempo acontece diante de você. Como fazer isso?

No caminho para o trabalho e de volta para casa ao invés de reclamar do trânsito, do ônibus lotado, do salário baixo e coisas do tipo, acostume-se a pensar em inglês. Tente reclamar dessas coisas em inglês mesmo! Além disso, aproveite o tempo para descrever as pessoas em inglês. Dê uma olhada em volta e descreva como as pessoas estão vestidas, como elas estão se sentindo, o que estão fazendo, onde podem estar indo. Faça isso pensando em inglês. Caso falte uma palavra ou expressão, anote-a em um caderno e depois procure em um dicionário ou internet. O mesmo vale para quando você estiver em uma fila de banco, sala de espera e outros locais onde o tempo simplesmente passa diante de seus olhos.

Tempo Para Estudar InglêsAinda no caminho para o trabalho e de volta para casa, leia os números dos telefones das lojas em inglês. Leia as placas dos carros (letras e números) em inglês. Diga o endereço das lojas pelas quais passa em inglês. Faça isso mentalmente e vá se acostumando com o modo como a língua inglesa é usada nessas situações. Faltou uma palavra? Ficou na dúvida com uma expressão? Preposição? Anote em um caderninho (ou pedaço de papel) e ao chegar em casa, pesquise, anote, crie exemplos e repita a informação para você mesmo. No dia seguinte, faça uso do que aprendeu para ir se acostumando com o uso da língua. Isso ajuda você a começar a pensar em inglês.

Que tal baixar podcasts da internet? Salve os arquivos de áudio em um MP3 player, smartphone, iPod, etc. Escute o mesmo arquivo várias vezes. Para facilitar faça o seguinte: na noite anterior leia o script do arquivo de áudio, faça anotações, procure pelas palavras e expressões que você não sabe. Enfim, estude o script. Leia o texto em voz alta ou mentalmente para se acostumar com a pronúncia. Quando for ouvir o áudio procure repetir mentalmente o que você está ouvindo. Lembre-se das anotações feitas, expressões e palavras que aprendeu. Acostume-se a visualizar o texto mentalmente enquanto escuta o áudio. Isso ajuda você a melhorar o listening em inglês.

O que você acha de começar a fazer suas anotações em inglês? Quando estiver ouvindo uma palestra, anote os pontos principais em inglês. Está na igreja ouvindo o padre, o pastor, o missionário falando algo, faça suas anotações em inglês. Está assistindo a um programa de TV e que anotar algo, anote em inglês. Está em uma reunião do trabalho, tome notas em inglês. Não consegue escrever tudo em inglês? Não tem problema, misture as línguas e depois você vá atrás de saber como dizer o que não sabe.

Já pensou em ter um diário? Isso mesmo! Um diário! Escreva nele como foi seu dia. Com isso você pratica o uso do Past Simple e outros tempos verbais para falar de coisas no passado em inglês. Você pode até escrever o que pretende fazer no futuro.  Assim, já começa a fazer uso dos tempos verbais no futuro. Acha essa coisa de diário algo para meninas adolescentes? Então, ao ir para a cama, procure fazer um resumo do seu dia pensando em inglês. Não sabe como descrever algo, anote no caderninho e depois procure saber como é! Isso ajuda você desenvolver sua escrita em inglês e também ajuda você a pensar em inglês.

Crie um amigo invisível e bata papo com ele. Pode conversar mentalmente, mesmo. Assim ninguém vai achar que você enlouqueceu. Imagine-se em situações cotidianas – restaurante, pedindo informações, fazendo compras, etc. – e procure se comunicar nelas. Percebeu que algo está faltando? Anote no seu caderninho e depois procure saber como é. Crie diálogos em seu caderno. Isso ajudará você a se sentir mais à vontade ao falar inglês.

Vai almoçar em um restaurante? Diga mentalmente o nome das comidas que está colocando no prato! Vai ao supermercado? Faça sua lista de compras em inglês! Vai a uma festa? Pense em inglês como será a festa e que pessoas você espera encontrar! Depois, faça um resumo da festa em inglês! Está lendo um texto em português? Procure saber como você diria determinada sentença em inglês! Está lendo um texto em inglês? Procure perceber como as palavras são usadas em conjunto!

Os momentos que você tirar para rever suas anotações – aquilo que faltou, não soube como era – é o momento formal de estudo. São aqueles 30 ou 60 minutos que você acha que não existem em sua agenda. Esse tempo você pode encontrar em um dia e em outro não. O importante é encontrar tempo para rever suas anotações e aprender coisas novas. Esse é o momento de entrar na internet e pesquisar as coisas. Para não ficar só na internet, invista em livros, dicionários, gramáticas e demais materiais para ajudar você a se desenvolver.

Lembre-se: o tempo não vai parar para que você aprenda inglês. O tempo vai continuar passando. Portanto, seja criativo e aproveite mais o dia para se acostumar a pensar em inglês. A língua inglesa também não vai esperar você arrumar tempo para aprendê-la. Ela vai continuar seu fluxo. Portanto, entre no barco e reme. Não deixe o tempo e o inglês passarem como se fossem coisas estáticas que pararão para que você os aproveite em um determinado momento. Eles continuam passando e você deve entrar na onda. Boa sorte!

 

Etiquetas
aprender inglês sozinho atividades para aprender inglês

39 Comentários

  1. Denilso,comecei a ler algumas postagens do seu blog e achei ele simplesmente fantástico. Faço aula de inglês há quase um ano e estou muito motivada, mas o aprendizado é realmente difícil para quem está começando… a gente ainda sente uma certa insegurança em construir sentenças fora daquelas que o curso ensina, acho que você sabe como é. Algumas dicas suas eu já as colocava em prática sem saber (como conversar com um "amigo imaginário") , outras como a do diário ou de tentar saber como seria um texto que eu esteja lendo no português em inglês achei muito criativas, e – veja só – já me pego aqui tentando praticar a segunda (rs). Muito obrigada pela ajuda! 😀

    1. Olá Renata, tudo bem? Fico feliz que você tenha gostado das dicas e já está colocando algumas em prática. O maior segredo é não desistir. Portanto, suga firme nos estudos e quando pintar um probleminha corre aqui no blog ou lá na página do Facebook e a gente vai te ajudando! 🙂

    2. Thanks Denilso, nòs do curso de Hospedagem da UFV, estamos ak juntos com suas aulas.

  2. Ótima post!
    Concordo com tudo. O mais legal é que se você começar a tentar pensar como as coisas seriam em inglês, chega uma hora que você começa a fazer automaticamente, se torna uma brincadeira. assim como tem pessoas que gostam de contar placas de carros e outros que evitam pisar em fendas, eu brinco de pensar como as coisas ficariam em inglês, e isso só trás boas coisas, só faz melhorar meu inglês.

    E em relação a fazer diário em inglês, é uma ideia FANTÁSTICA! Ao meu ver merecia um post só pra ela.
    Alem de melhorar muuuito o Past Simple, é uma fonte quase magica para adquirir vocabulários. Eu comecei a poucas semanas, e já melhorei significamento. Logo nos primeiros dias eu passava mais tempo no dicionario do que escrevendo, mais com o tempo isso passa 😉

  3. Muito legal esse artigo,
    dica muito valiosa e ajudará muita gente, assim como eu.
    por isso seu blog(site) é um dos melhores da internet (comprovadamente)
    parabens pelo seu trabalho, continue assim e melhorando cada vez mais.

    vlw
    obrigado.

  4. Ola Denilso,adimiro muito seu blog,e sempre te posso estou praticando as suas dicas.Bem eu estou no 9° do ensino fundamental e gostaria de saber como funciona , o sistema de notas e series escolares em um colégio americana,e se existe alguma diferença desse sistema americano,para um britânico.Grata desde já.

    1. Karollyne, obrigado por seu comentário e elogio. Fico feliz em saber que estou sendo útil por meio de meu trabalho.

      Em relação à sua pergunta sobre o sistema de ensino americano e britânico recomendo que você leia algo na Wikipedia, pois o tema é um pouco complexo. Vou fazer um texto aqui mais resumido e publicá-lo no blog. Assim, facilitará para todos.

      Take care!

  5. Descobri seu blog por acaso no facebook, ele é perfeito!
    Desde criança estudo por conta própria, mas nunca levei muito a sério.
    O seu blog me deu a motivação necessária.
    Obrigado e contunue com esse excelente trabalho.

  6. Oi Denilso! Eu já aprendi a me cercar de inglês durante todo o dia. São músicas, vídeos, podcasts, lembretes no celular, imagens com mensagens como papel de parede do computador (já tenho centenas, que se revezam a cada 5 minutos!), páginas do facebook que falam em ou de inglês, enfim, uso de tudo um pouco. Mas achei que eu era uma das poucas "doidas" que conversa com um amigo imaginário. hahaha… que bom saber que não estou só! Ótimo post! Obrigada!

  7. Muito boa a matéria… só pecou em um erro de português. "é o momento formal de estudo. São aqueles 30 ou 60 minutos que você acha que não EXISTI na sua agenda." Seria EXISTE, né?

  8. Denilso, a cada dia acho o teu blog mais interessante, e conheci ele não faz muito tempo, há poucos meses, mas é fantástico como tu consegues fazer o inglês parecer tão simples mesmo para iniciantes, meu caso. Parabéns! Algumas destas dicas eu também já praticava meio sem saber, uma coisa que fiz foi comprar uma bíblia bilingue, com linguagem atual, como já conheço as passagens, facilita bastante a prática da leitura e também com o vocabulário. Valeu! Take care!

  9. Cara muito obrigado peças dicas desse post! Era exatamente a luz que eu estava procurando pra orientar o que eu devo fazer!
    A dica do amigo imaginário é ótima. Eu já fazia isso, mas achava que eu não era normal… bom eu não sou mesmo, mas não estava errado!
    Esse negócio de pensar em inglês é meio complicado pra mim, estou começando a tentar e é difícil ainda, mas percebi uma pequena melhora em descrever as pessoas.
    Bom, eu adoro o seu Blog e as suas dicas e sempre aguardo novidades. Muito obrigado! Take care, Denilso!

  10. I'm already used to complain in english and I don't know why hahaha It seems like is easier to talk about those things in english. I'm also used to think in english BEFORE my english classes, so it takes less time to get used to it in the class. It's like I need a "warm up" before speaking more fluently. I don't know if it makes any sense, but it's what I feel like. I started to do subtitles to movies also, so I can improve my listening and translation skills, and also learn new expressions. But I really liked your tips and I'm going to start using them. Sorry for the possible mistakes, I love your blog and it was my english teacher who recommended it months ago, and now I access it everyday. Thank you for teaching us and giving so precious tips 😉

  11. Denilso, seu fã. Conheci o seu site por acaso, já indiquei pra vários colegas. Resolvi sair da escola que estava, por achá-la meio fora do padrão de ensino. Tenho estudado sozinho com ajuda do Inglês na Ponta da Língua. Tem me ajudado demais. Já comprei seu livro e ando com ele debaixo do braço em qualquer lugar.
    Obrigado

    1. Valeu Alex! Agora eu entendo por que as escolas de inglês não pagam para ter a propaganda deles aqui no blog. Eu incentivo o pessoal a sair das escolas e estudar sozinho. Realmente, eles nunca vão pagar para ter o comercial deles por aqui. rsrsrsrsrs

  12. Boa Tarde Denilso!
    Há um tempo venho lhe acompanhando nas postagens, nas dicas pelo Facebook e etc. São muito boas. Acabei de ler o post acima e percebi que sem querer faço muitas das dicas citadas. Eu faço inglês há um ano, aprendi bastante coisa. Mas não me prendo só a sala de aula e sim no dia-a-dia, quando acordo já olho as coisas e penso em inglês, quando não sei procuro saber como é tal coisa em inglês, ouço musicas, e converso em inglês com meu namorado. Enfim, acredito que o inglês seja a língua mais fácil pra aprender embora tenha suas peculiaridades, mas com força de vontade e empenho conseguimos o que queremos. Eu gosto muito de inglês e espero que logo esteja falando fluentemente…
    Te parabenizo pelas dicas, motivação agregam para o meu conhecimento.
    Obrigada

  13. Muito boas essas dicas Denilso… Seu blog é incrível!

    Tem algo que faço que acho que pode ajudar muita gente… Sempre que posso respondo em grupos (no facebook) e fóruns em inglês na internet sobre assuntos que gosto, como fotografia, informática, coisas relacionadas ao cristianismo, etc… É bom associar o que gosta com o aprendizado de inglês.

    Então, fica minha dica também rsrs

  14. Muito legal esse seu post, estou adorando o blog!! O que tenho dificuldade é que meu vocabulário em inglês é mto pequeno, e por isso se eu tentar descrever as coisas em inglês vou ter que escrever MUUUUITAS palavras no caderninho.. kkk Não tem jeito, vou ter que melhorar meu inglês deixando uma boa parte do meu dia para estudar.. 😛

  15. Eu estou chegando agora. Conheci a página no facebook e vi o blog, é demais. Muito bom, estou amando as dicas. Eu sou estudante de Letras/Inglês, mas não tenho tanta fluência na língua. Sempre gostei de ter mais de uma fonte de estudo, e esse blog vai me ajudar bastante. E eu adorei a dica do diário, sempre gosto de escrever qualquer besteira que dá na telha e eu já fazia isso escrevendo em inglês hahaha.

    1. Olá Alexsandra, muito feliz aqui com suas palavras. Espero que continue curtindo, lendo e compartilhando nossas dicas. Qualquer coisa, estou por aqui.

      Att.,

      Denilso

  16. Hi denilso, Excellent post!
    I'm trying to learn language English ever day, I'm engage to improve the idiom because I've a lot of difficult to learn quickly, I'm happy when I seen your comments because is very rare someone to went help the others and your articles are us helpful.
    I Apologize for write wrong. CONGRATULATIONS!!!

  17. Great tips, Denilson! Congratulations by excellent channel of information. Success for you ever.

  18. I am a teacher i did these things 20 years ago (and I studied on my own) never went to an english school. 20 years later I speak and understand english fluently, these last 15 years I have been telling my students to do these things. Do they listen to me? NO! They don´t . Cause they believe in magic. The problem is People (most of them) just think they “want” to learn but they just ‘think’ they are NOT really willing to. Even if you show them the path they are not willing to walk through it. Of course there is a really really small number(as hard to find as To finding a needle in a haystack). But I know they are around! Some are here down below (on these comments)!

    1. Depois nos conte se fez alguma diferença, Del Rey! Assim vamos saber se deu certo com você ou não! 🙂

Botão Voltar ao topo
Fechar