Podcast: The Use of Make and Do

Hello, hello Inglês na Ponta da Língua Fans and Friends. Here we are again with another episode of our podcast. My name’s Denilso de Lima, I’m an ESL/EFL teacher trainer and book author in Brazil, and the guy responsible for the blog Inglês na Ponta da Língua.

Before talking about today’s tip I want to thank all of you guys who are giving ideas to make our podcasts better and better. I am sure this is a fantastic way to help you guys improve your English language skills. Remember that you can download the MP3 and PDF files for the podcasts on www.inglesnapontadalingua.com.br.

Baixar MP3  Baixar PDF

Today, I want to tell you about the words “make” and “do”. In Portuguese, they both can be translated as “fazer”. Of course, there are other meanings, but people in Brazil usually think that “fazer” is the only option. Because of this, it’s common to get confused about using one word or the other. That is, in Brazil, we usually say “fazer um acordo”. So, English language learners get stuck and keeps asking if they should use “make” or “do” in this combination. In other words, should they say “make an agreement” or “do an agreement”?

Well, the answer for that is “make an agreement”. Why is that? Because in English the word “make” collocates with the word “agreement”. So, you’d better say “make an agreement”. That’s how they naturally use these words, so you have to learn the whole combination (collocation) and that’s it.

English language learners and teachers tend to focus on the words “make” and “do”. In my opinion, this is a huge mistake. I believe the focus should be on the other words. For example, imagine you want to say “fazer uma reclamação” in English. Instead of asking about “make” or “do”, you should focus on the word “complaint”. That means you have to look up the word “complaint” in a dictionary and see what is used in there. If you have a very good dictionary, you’ll learn that in English they say “make a complaint”.

If you focus on the other word – the main word -, you’re going to learn some interesting things. One of these is related to the word “party”. In Portuguese, we say “fazer uma festa”. But in English, they usually say “throw a party”, “give a party”, “organize a party”, “have a party”. They don’t say “make a party” or “do a party”. These combinations are not common. You have to learn that the most common combination – or collocation – is “throw a party”.

Keep this in mind: Always focus on the other word. Do not worry about “make” or “do”. Let me give you another example. You have to say “fazer a tarefa de casa”. You know that “tarefa de casa” in English is “homework”. So, what you have to do is get a good dictionary, look up the word “homework” in it, and find out that in English they say “do the homework”. See? What you have to do is to focus on the other word. If you focus on “make” or “do”, you’ll never learn how to combine the words properly in English.

In case you want more, let’s try this with the word “coffee”. In Portuguese we say “fazer café”. In English, they say “make coffee”. How about “fazer uma confissão”? In English, it’s “make a confession”. If you have to say “fazer uma boa ação”; then, in English, you’ll have to say “do a good action”. And how do they say “fazer um favor”? Easy! It’s “do a favor”.

My point here is: there are no rules to help you with that. It’s the way words are naturally combined that will help you learn when you use “make” or “do”. Some people try to create rules for this. One of these crazy rules says that if the think is created, manufactured, etc., you have to use “make”. According to this rule, you say “make dinner” (fazer o jantar), “make a cake” (fazer um bolo), “make a salad” (fazer uma salada), etc. When it comes to the word “do”, they say that “do” has to be used to describe an activity: “do the dishes” (lavar a louça), “do a translation”(fazer uma tradução), “do exercises” (fazer exercícios).

Now, think about the word “bed”. In Portuguese, we say “fazer a cama”. It’s an activity. So, according to the rule, you have to say “do the bed”. That’s where the rule fails! In English, the correct way to say “fazer a cama” is “make the bed”. That really shows that the rule doesn’t work.

In a nutshell, always focus on the other word to be used with “make” or “do”. There are no magic rules. There are no magic tips. There is no magic at all. Noticing how words combine is the only thing which will really help you. That’s what’s going to make the whole difference.

That’s all for today. Have a nice day, guys. Take care!

22 Comentários

  1. Denilson seu blog é muito bom estou completamente viciada nele!Gostaria de te fazer uma pergunta: Quais são as matérias que um nível básico de inglês precisa dominar para passar para o intermediário?Obrigada.

  2. Juli, Obrigado pelo feedback. Ainda bem que esse é um vício não nocivo a saúde. Ou será que é? Enfim, obrigado pelo pelo feedback.Sua pergunta é difícil de ser respondida. Pois, se eu for responder do modo tradicional, vou ter de fazer uma lista de conteúdo gramatical a ser memorizado e também de palavras usadas em um contexto específico (os mais corriqueiros). Logo, isso é bem complicado.O ideal é eu tentar descobrir o que você deseja aprender? Quais seus objetivos? O por quê da pergunta? E assim identificar algo. É o que sempre falo em meus cursos e palestras. Enfim, do jeito como a pergunta foi feita não tenho o que dizer.Denilso de LimaCurta nossa fanpage no Facebook

  3. Thank you very much! Denilso, congrats for all. The tips are excellent,the listening are great.

  4. Ola Denilson, parabens pelo blog. Também gostaria de saber se você tem algum material voltado a marketing e negocios.Se por um acaso não tiver, tem alguma indicação?Procuro material explicando melhor os meios de comunicaçnao em ingles e portugues voltado a negocios, economia, marketing. Palavras e termos relacionados nessa área. Grata!!

  5. Ola Denilson, parabens pelo blog. Também gostaria de saber se você tem algum material voltado a marketing e negocios.Se por um acaso não tiver, tem alguma indicação?Procuro material explicando melhor os meios de comunicaçnao em ingles e portugues voltado a negocios, economia, marketing. Palavras e termos relacionados nessa área. Grata!!

  6. Great information! people try to translate the words/collocation just like the portuguese way. However, it doesn't really work that way. Many situation/cases you cannot really translate to portuguese exactly. We just have to learn the english way!

  7. O seu blog ajuda bastante as pessoas interessadas em aprender a falar, escrever, ler e ouvir o idioma de Shakespeare. Por falar em ouvir, eu, todos os dias, ouço inglês sem legendas. Ocorre que ainda não consigo compreender muito bem o que se fala. Como posso melhorar a minha compreensão. Carlos Tavares.

  8. Denilson, obrigada você!Assim eu fiz o livro 1 e 2 do CCAA quando eu tinha 15 anos e com 22 ano passado fiz novamente os dois livros, sendo assim liguei no CCAA e perguntei quantos livros era necessário para se acabar o nível básico e eles me responderam 3 ou seja livro falta o livro 3.Contudo não quero estudar mais no CCAA pois demora 5 anos para completar e quero ir para a Britsh and American, mas quero fazer o teste de nivelamento e pular o nível básico para o intermediário. Sendo assim gostaria de saber todas as matérias que precisamos saber para considerar que sabemos o nível básico, estou estudando muito em diversos sites e livros revendo o que estudei e gostaria de ter um foco nos principais assuntos que preciso estudar!Obrigada, tudo de bom!

  9. Juli,Nesse caso eu continuo sem saber o que te dizer. Pois cada escola no Brasil tem um programa diferente. Ou seja, não existe um padrão comum usado por cada escola para definir o que cada nível deve aprender.Há estudos feitos por especialistas na área de ensino de língua inglesa, mas o pessoal no Brasil não dá bola para isso. É por conta dessa falta de orientação e de cada um fazer o que bem achar melhor que o Brasil é essa bagunça em relação ao ensino de inglês.Sua pergunta, portanto, continuará sem resposta. Afinal, cada escola tem um programa específico. Além disso, o objetivo de cada escola é ter você com eles desde os níveis mais baixo. Com isso eles fazem duas coisas: 1) ganham seu dinheiro, e 2) denigrem a outra marca dizendo que te enrolaram durante anos e que agora você terá de começar tudo de novo. Ou seja, você como estudante (leia-se CLIENTE) não tem muito o que fazer.Por fim recomendo que você leia os textos abaixo:The Common European FrameworkThe Common European Framework: Descrição dos NíveisInglês: Nível Básico? Nível Intermediário? Nível Avançado?https://www.inglesnapontadalingua.com.br/2008/09/ensino-de-lnguas-e-os-tais-nveis.htmlPor fim, conheça o curso "Aprender Inglês Lexicalmente" e veja se não vale a pena aprender a aprender inglês e continuar a caminhada sozinha sem nenhum curso.Denilso de LimaCurta nossa fanpage no Facebook

  10. Obrigada Denilson, Vou continuar estudando muito até pq pretendo fazer somente 4 meses de curso aqui e ir fazer mesmo nos EUA… Obrigada e continuo acompanhando o blog sempre!

  11. Acho que é difícil avançar em listening e speaking sem ter contato com pessoas que falem inglês. Estudar sozinho ajuda a ler, mas conversar que é bom… muito pouco. Esse é meu problema.Gostaria de saber o que as pessoas que aprendem sozinhas fazem para melhorar a compreensão do inglês falado.

  12. Boa tarde,mas uma vez, parabéns! sempre com boas dicas!gostaria desta vez sugerir algo para o podcast em especial.classificar em níveis de dificuldade. principalmente pela velocidade da pronúncia, isso seria ótimo tanto para quem está começando e ainda percebe dificuldade em só ouvir quanto para quem já compreende sem a necessidade de leitura. é isso. até a próxima.

  13. Adorei as explicações dadas no podcast, pois sempre fico confusa na hora de usar make or do e agora entendo que realmente nem sempre as regras são cabíveis, dentro do contexto.Obrigada pela ajuda e sou uma fã ardorosa do "Inglês na ponta da língua".Thank you very much and congratulations.God bless you!

  14. Caraca velho, essa lição foi um tapa na cara da sociedade e dos métodos de ensino de alguns lugares ai.

  15. Muito bom, vou me dedicar um pouco mais e estudar com você. Obrigado pela iniciativa…

  16. Gostaria de saber se tem esse poste em português?tenho dúvida no uso dessas 2 palavras….

  17. Ótimos podcast, sempre me ajudam muito e eu os escuto no carro, em casa, na rua.

    Obrigado Denilso de Lima

Botão Voltar ao topo