Pronomes Objeto em Inglês

O que são pronomes objeto? Quais são os pronomes objeto em inglês? Para que servem? Quando usá-los? Como aprendê-los? Encontre as respostas para essas dúvidas nesta dica.

Antes de falarmos sobre os pronomes objeto em inglês, é bom lembrar que temos também os Pronomes Sujeito (ou Pronomes Pessoais do Caso Reto) e sobre os quais já falei a respeito  na dica Personal Pronouns em Inglês. No entanto, para facilitar a vida, saiba que os Pronomes Sujeito em inglês são aqueles que fazem as coisas. Por exemplo, na sentença “I study English” (eu estudo inglês), a palavra “I” é o sujeito (o cara que faz a coisa), logo “I” é um Pronome Sujeito. Os outros Pronomes Sujeito em inglês são “you” (você ou vocês; tu ou vós), “he” (ele), “she”(ela), “it” (usado para várias coisas), “we” (nós ou a gente) e “they” (eles ou elas).

Os Pronomes Sujeito são sempre usados para dizer quem é o culpado por algo ter acontecido. É quem sofre a ação (a pessoa ou coisa que geralmente se ferra ou não) é o objeto da oração. Por exemplo, em “I study English”, a palavra “English” é o objeto (ela sofre a ação; aliás, a ação é o verbo “estudar”).

Pronomes Objetos em InglêsSe você não souber a diferença dessas coisas em português, é melhor nem se arriscar a entender em inglês. Afinal, você poderá se enrolar todo. Para te ajudar, vamos dar uma olhada em uns exemplos em português:

  • Ele quebrou minha perna.
  • Ela matou o namorado.
  • Nós demitimos o Carlos.

Pronto! Veja que nas três sentenças acima há um padrão gramatical: alguém faz algo a alguém. Em termos técnicos temos: Pronome Sujeito (quem faz a bagunça) + Verbo (ação) + Objeto (quem sofre as consequências). Assim, o Pronome Sujeito na primeira sentença é “ele”; depois temos o verbo, “quebrou”; e, finalmente o objeto que é “minha perna”. Nas outras duas sentenças a lógica é a mesma: Pronome Sujeito + Verbo + Objeto. Entenda bem essa lógica, pois você vai precisar dela para entender o uso dos Pronomes Objeto em inglês.

Vamos agora pegar outra sentença: “ela me ajudou”. À primeira vista, parece que a ordem lógica do parágrafo anterior foi bagunçada. Na verdade, ela foi mesmo. Isso se deve à mecânica da língua portuguesa em uso. Não se assuste! Pois, na sentença ainda temos o pronome sujeito (ela), o verbo (ajudou) e o objeto (me). A palavra “me” é um pronome, logo trata-se de um pronome objeto em português. Vale lembrar aqui que os Pronomes Objeto também são conhecidos como Pronomes Pessoais do Caso Oblíquo.

Espero ter ajudado você a entender o que é um Pronome Objeto: um pronome usado após um verbo ou preposição e que sempre indica quem sofreu a ação (em outras palavra, quem foi a vítima da ação). Assim, anote aí que os Pronomes Objeto em Inglês são:

  • me (me, mim)
  • you (lhe, o , a, te, ti, pra você)
  • him (lhe, o)
  • her (lhe, a)
  • it (lhe, o, a)
  • us (nos)
  • you (vos, lhes)
  • them (lhes, os, as)

Como em português, os pronomes objeto também são usados para indicar quem sofreu a ação e costumam aparecer sempre depois de um verbo ou uma preposição. Veja os exemplos abaixo. Note também as traduções, pois dependendo do contexto temos de traduzir do jeito popular ou do jeito formal.

  • I told him what to do. (Eu falei pra ele o que fazer. | Eu lhe disse o que fazer.)
  • I love you. (Eu te amo. | Eu o amo. | Eu a amo.) [Eu amo você]
  • He helped us. (Ele ajudou a gente. | Ele nos ajudou)
  • I met them at the mall. (Eu encontrei eles no shopping. | Eu os encontrei no shopping.)
  • She gave me a present. (Ela me deu um presente.)
  • They told me what had happened. (Eles falaram pra mim o que tinha acontecido. | Eles me falaram o que tinha acontecido.)

O grande problema dos Pronomes Objetos, em minha opinião, não está em inglês. Na verdade, a confusão está em português. Pois, como as pessoas não os usam corretamente, na hora de falar ou escrever inglês, fazem uma mistureba danada. Por exemplo, um aluno certa vez escreveu o seguinte:

  • I said to he that he is crazy.

Como falante de português, eu sei que o que meu aluno estava dizendo era “eu disse para ele que ele é louco”. Meu aluno simplesmente traduziu tudo da forma como ele achava que era: palavra por palavra. No entanto, “he” é pronome sujeito e não deve ser usado depois de preposição (a palavra “to” na sentença é a preposição). Logo, ao invés de “he”, meu aluno deveria ter usado um pronome objeto, que nesse caso é “him”. A sentença correta, portanto, seria:

  • I said to him (that) he is crazy.

Ou,

  • I told him (that) he is crazy.

Lembre-se: depois de um verbo ou uma preposição a pessoa ou coisa que sofre a ação é o objeto. Então, se tivermos de usar um pronome, esse deverá ser um Pronome Objeto. Se você entender bem essa ideia em português, certamente não terá problemas para compreender e usar isso em inglês.

Minha última dica é: leia exemplos, veja os usos, compare as duas línguas e com o tempo você estará mais do que craque nisso. Aqui no blog há outras dicas sobre pronomes, portanto use a ferramenta de busca para achar essas dicas. That’s all for today! Take care!

Artigos Relacionados
Comentários