Como fazer um currículo em inglês?

Algumas pessoas recentemente pediram para que eu desse aqui algumas dicas de como montar um currículo em inglês. Confesso que a ideia não me agrada muito. Afinal, acredito que fazer um currículo é uma coisa pessoal. Ou seja, depende muito de cada um.
Todo currículo é algo pessoal e cabe a cada um montar o seu da forma que achar mais interessante. Acredito que algumas dicas são válidas para todas as línguas: simplicidade, informações relevantes ao cargo pretendido e nada de mentiras.

No nosso caso, essa parte da mentira funciona assim: se você não fala inglês, nada de colocar no seu currículo que você fala. Outra coisa importante a saber é que os níveis são: básico, intermediário, avançado ou fluente. Se você colocar ‘inglês técnico‘ no seu currículo já estará queimando o seu filme.

Outra coisa que recomendo: se a vaga oferecida é de Gerente de Relacionamentos Internacionais e seu inglês é básico ou mesmo intermediário nem arrisque se candidatar para a vaga. Você perderá seu tempo e o dos profissionais que avaliarão seu currículo. Portanto, seja honesto [fale a verdade] e seja realista [se o cargo exige um nível de inglês que você não tem, é melhor ficar na sua!].

Recomenda-se também currículo com apenas uma página [talvez duas] e contendo informações relevantes ao cargo pretendido. Portanto, nada de escrever que você fez pré-escola, ensino fundamental, ensino médio e atualmente cursa Administração na faculdade tal. Pense bem: se você já está na faculdade, então já passou pelos demais. Economize páginas, seja direto e objetivo! Pergunte-se: a informação que desejo colocar é relevante para o cargo oferecido? As informações adicionais podem ser abordadas no momento da entrevista. Aproveito e convido você a ler também Dicas de Inglês para Entrevistas de Emprego.

Nada de colocar informações muito pessoais. Informe apenas o básico: nome, telefone e email. Cuidado com o email fornecido no currículo. Imagine você se candidatando a uma vaga de secretária executiva bilíngue e seu email de contato ser: [email protected]. Esse ‘gata louca‘ já te deixa fora da seleção. Prudência, por favor!

Dê ênfase nas sua educação [formação acadêmica]. Fale de modo rápido e especial que você ganhou um prêmio como melhor aluno da faculdade, foi eleito o aluno do ano por algum trabalho apresentado, sua monografia recebeu notas altas, os professores te deram cartas de elogio por seu desenvolvimento… Enfim, enfatize o lado educaCional. Isso é muito bem visto por recrutadores internacionais.

Você pode também apresentar uma Application Letter na qual você menciona as suas conquistas profissionais e demais conhecimentos relevantes ao cargo pretendido. Pode mencionar algum grande feito que realizou em uma empresa anterior e citar o nome da empresa. Enfim, na carta de apresentação, que deve ser muito bem redigida [sem erros e coisas do tipo], você pode vender o seu peixe um pouco mais.

Caso você queira ver um modelo de currículo simples em inglês é só clicar aqui. A tal da Application Letter vou ficar devendo por enquanto, mas prometo falar sobre ela em breve.

3 Comentários

  1. Olá Denilsobreves correções (em maiúscula) de alguns 'typos':"os professores Te deram cartas de elogio peLo seu desenvolvimento… Enfim, enfatize o lado educaCional. Isso é muito bem visto por recrutadores internacionais.""Enfim, na cartA de apresentação, que deve ser muito bem redigida [sem erros e coisas do tipo], você pode vender o seu peixe um pouco mais."Acrescentando ao post: Vender seu peixe em inglês = To sell yourselfp.s.: Chorei de rir com a 'gata louca'Cheers!

  2. Denilson, conheço seu blog há pouco tempo mas estou praticamente devorando todos os posts! provavelmente você ainda me verá muito por aqui, pois eu estou estudando inglês sozinha (mesmo com as pessoas criticando e estranhando muito essa minha decisão) e o seu blog está sendo crucial, além de um incentivo e um exemplo pra mim!a minha pergunta é: há como diferenciar, na conversa do dia-a-dia, quando eu quero dizer, com o verbo 'to be', ser ou estar!?exemplo:eu esbarro em alguém e peço desculpas pra ele:"i'm sorry. i'm so clumsy!"deduz-se que eu quis dizer que eu SOU desastrada, ou que eu ESTOU desastrada?há outra forma de dizer a mesma coisa sem usar o verbo 'to be'?thanks! e parabéns pelo seu trabalho!brunna

Botão Voltar ao topo