O que significa em português?

    O que é JUNETEENTH? O que é celebrado no JUNETEENTH?

    O que é JUNETEENTH? O que significa JUNETEENTH? O que é celebrado no JUNETEENTH? De onde veio essa palavra?

    Ok! Se você está fazendo alguma das perguntas acima, chegou a hora de encontrar as respostas. Você vai ler esta dica e entender de modo bem simples o que é JUNETEENTH.

    Então, vamos lá!

    O que é JUNETEENTH?

    Essa palavrinha começou a se tornar cada vez mais comum. Os noticiários americanos estão falando a respeito. Consequentemente, o mundo começa a tomar conhecimento do termo.

    Mas afinal, o que é JUNETEENTH?

    Para começar, JUNETEENTH é uma junção das palavras JUNE e NINETEENTH. Portanto, trata-se de do dia 19 de junho (June, 19th).

    Mas, o que tem de especial no dia 19 de junho na cultura e história americana?

    O que é celebrado nesta data?

    Mas, e aí!? O que é comemorado nesse dia?

    No site Share America, mantido pelo governo americano, nós lemos o seguinte:

    O dia 19 de junho, ou “Juneteenth”, é um feriado anual para comemorar as contribuições feitas por negros americanos, sua resiliência apesar de sua história de escravidão e a luta contínua contra o racismo sistêmico.

    Em resumo, o Juneteenth é o dia que marca o fim da escravidão nos Estados Unidos.

    Por essa razão, essa data é também conhecida como Juneteenth Independence Day, Freedom Day, Emancipation Day.

    Embora seja definido como um feriado, isso não quer dizer que o pessoal lá nos States não vá trabalhar. Trata-se de uma data para lembrar da importância na história dos negros americanos ao longo da história.

    O Juneteenth até pouco tempo não era uma data nacional. Ela era celebrada apenas em alguns estados americanos.

    Mas, após a morte de George Floyd, a pressão aumentou para que o congresso americano aprovasse uma lei de reconhecimento desta data como um feriado nacional. Esse reconhecimento aconteceu no ano de 2021.

    Mas, por que o 19 de junho foi escolhido como uma data em memória aos negros americanos?

    Por que Juneteenth?

    Em 22 de setembro de 1862, o presidente Abraham Lincoln emitiu sua Proclamação da Emancipação, um documento no qual declarava-se o fim da escravidão nos Estados Unidos.

    Mas, isso não foi tão simples assim!

    O estado do Texas, que era um estado confederado na Guerra Civil Americana, não aceitou a proclamação. Os texanos continuaram lutando por um bom tempo contra ela.

    Foi só no dia 9 de abril de 1865 que Robert Lee, chefe do exército da Confederação, assinou a rendição dos confederados e assim encerrando a sangrenta guerra.

    Mesmo assim, foram necessários dois meses para que os escravos de Galveston, no Texas, fossem informados de que a escravidão havia sido abolida e eles estavam livres.

    Esse comunicado aconteceu no dia 19 de junho de 1865 quando o major-general Gordon Granger do Exército da União chegaram ao Porto de Galveston no Texas a fim de fazer o comunicado aos texanos que os escravos estavam livres.

    Desde então, o dia 19 de junho se tornou uma data importante para os negros americanos e aqueles que lutaram pelo fim da escravidão.

    A origem da Palavra JUNETEENTH

    Não se sabe ao certo quando começaram a falar JUNETEENTH, mas o primeiro registro que se tem notícia é de 1890.

    No dia 22 de maio daquele ano, o Galveston Daily News tinha uma notícia com o seguinte parágrafo:

     O que é JUNETEENTH

    Ainda assim, essa nota aí era uma republicação do Beaumont, cujo proprietário era um ex-escravo.

    Para encerrar, saiba que esta dica está sendo escrita no dia 17 de junho de 2021, dia em que o presidente americano Joe Biden sancionou a lei que torna o dia 19 de junho, um feriado nacional em território americano.

    That’s all for now!

    Take care and keep learning!

    Etiquetas
    cultura americana o que significa

    6 Comentários

    1. Adorei a matéria Prof. Denilso! Muito obrigada por compartilhar e parabéns por tanto conhecimento!
      Luz e Paz!
      Roberta Violla

    2. Interessante esse documentário! Muito enriquecedor professor, parabéns!

    Botão Voltar ao topo
    Fechar