Schwa Sound: o que é e sua importância? (com áudio)

Schwa sound!? Ao longo dos seus estudos de inglês, você já ouviu falar sobre isso? Faz ideia do que seja esse tal schwa sound ou som schwa? Será que é mesmo importante saber o que é e como fazê-lo?

Se você está em busca de respostas a essas perguntas, continue lendo este texto. Nele vou falar tudo e mais um pouco sobre o schwa sound.

O que é o Schwa sound?

O som schwa – também conhecido em português como xevá ou xuá – é um som vocálico muito frequente na língua inglesa. Por ser muito frequente, você realmente precisa saber a respeito dele.

Embora muita gente (professores) trate esse som como se fosse um monstro – algo como os sons do TH em inglês –, saiba que não é nada monstruoso e nem mesmo complicado. Você certamente faz esse som ao falar algumas palavras em inglês. Afinal, ele é um som muito simples.

[Clique no play abaixo para ouvir esta dica!]

Nos dicionários, você encontrará o schwa sound sendo representado por ə (um e de cabeça para baixo). Algumas palavras onde esse som aparece são:

  • about /əˈbaʊt/
  • banana /bəˈnɑnə/
  • original /əˈrɪdʒənəl/
  • problem /ˈprɑbləm/
  • camera /ˈkæmərə/

Schwa SoundEnfim, pegue um dicionário de inglês e você verá como o som schwa aparece em praticamente todas as palavras. Isso porque ele é o som vocálico de praticamente todas as sílabas átonas, aquelas sílabas que não são enfatizadas dentro de uma palavra.

Há algumas outras tecnicalidades sobre esse som. Mas, como você não quer ser um linguista, vamos deixar essa parte técnica de lado. O que importa é que você agora já sabe que som é esse. Mas, continue lendo para saber por que esse som é importante no inglês falado.

Qual a importância do som schwa?

Se você leu com atenção o que foi escrito na primeira parte deste texto, já sabe que o schwa sound em inglês é extremamente importante. Ele aparece em um grande número de palavras. Portanto, você tem de se acostumar com ele tanto ao falar quanto ao ouvir inglês.

No inglês falado (spoken English), o schwa sound acontece praticamente o tempo todo. Ele é o que faz com que algumas palavras praticamente sumam nas conversas em inglês. Por exemplo, você já deve ter se enrolado com a pronúncia de can e can’t em certos momentos. Veja as sentenças abaixo:

  • I can speak English.
  • I can’t speak English.

É comum estudantes de inglês não entenderem essas sentenças quando ditas naturalmente. Isso porque acham que há apenas uma pronúncia para can. Mas, se aprenderem que can tem duas pronúncias, então fica mais fácil de perceber a diferença. Vamos ver isso!

O som schwa na pronúncia de can

O modal verb can é pronunciado de duas maneiras: /kən/ e /kæn/. Isso nos leva à pergunta, quando usar uma pronúncia ou outra?

Em uma dica anterior, eu falei sobre sentence stress – que resumidamente podemos dizer que se trata da palavra que recebe a maior ênfase dentro de uma sentença. Assim, a pronúncia de can será de acordo com o que eu quero realmente comunicar. Levando em conta o que você aprendeu sobre sentence stress, você pode dizer:

  • I can speak English. (ênfase no pronome, pois quero deixar claro que sou EU)
  • I can SPEAK English. (ênfase em speak, pois quero deixar claro que FALO)
  • I can speak ENGLISH. (ênfase em English, pois quero deixar claro que é INGLÊS e não coreano, chinês, alemão ou outra língua)

Nesses três casos que você acabou de ver (ouvir), a pronúncia de can é feita com o schwa sound: /kən/. Can não é a palavra que quero enfatizar dentro da sentença. Caso eu queira enfatizar o CAN e deixar claro que eu sei, eu sou capaz, eu posso fazer algo, então eu uso a pronúncia /kæn/.

  • I CAN speak English. (ênfase em can, pois quero deixar claro que eu SEI fazer algo)

O schwa sound se torna extremamente importante nesses momentos. Pois, algumas palavrinhas possuem duas pronúncias possíveis. Assim, na hora de usarmos o inglês de verdade na vida real (o spoken English), saber isso faz toda a diferença.

Para deixar um pouco mais claro, vamos voltar a um outro assunto tratado aqui recentemente: content words e function words. Recomendo que leia a dica e assista ao vídeo para relembrar isso. Quero aqui ficar apenas nas function words.

 O schwa sound e as function words

De modo bem simples e direto, preposições, verbos auxiliares, artigos, pronomes e conjunções são function words. Na maioria das vezes, essas palavras – dentro de uma sentença – raramente são enfatizadas. Assim, algumas delas praticamente somem no inglês falado. Isso acontece porque elas são frequentemente pronunciadas com o schwa sound e não com o som que aprendemos desde cedo nos estudos de inglês. Por exemplo,

  • to é mais pronunciado como /tə/ do que como /tuː/ [leia também: A pronúncia de CHEW e TO]
  • for é mais pronunciado como /fər/ do que como /fɔːr/
  • of é mais pronunciado como /əv/ ou /ə/ do que como /ɒv/
  • have como verbo auxiliar é pronunciado /həv/ ou /əv/ ao invés de /hæv/
  • has como verbo auxiliar é pronunciado /həz/ ou /əz/  ao invés de /hæz/

Enfim, a grande maioria das function words costumam ter duas pronúncias: uma fraca e outra forte. A fraca é geralmente feita com o schwa sound. Já a forte será sempre com a vogal tônica que estamos acostumados. Esse assunto, no entanto, merece ser abordado em uma outra dica. Então, aguarde! Ela sairá em breve!

Por enquanto, eu acredito que você já começou a ter uma ideia da importância do som schwa na pronúncia da língua inglesa. Veja ainda que todos esses assuntos acabam se relacionando.  Assim, clique nos links desta dica para juntar tudo e assim ficar cada vez mais com seu Inglês na Ponta da Língua.

Aprenda mais sobre o som schwa no vídeo abaixo. Inscreva-se em nosso canal no Youtube.

 

 

Artigos Relacionados
Comentários
  • winny alves

    Olá Denilso de Lima, estou teclando de Angola, graças ao seu site eu e meus colegas estamos nos dando muito bem no inglês!!! Um abraço de Angola e Cabo Verde!

    • Hello, Winny! Muito obrigado por seu comentário. Fico feliz em saber que estou ajudando você e seus amigos aí e, Angola e Cabo Verde. Espero um dia poder conhecer esses cantos do mundo e assim trocar muitas experiências. Abraços! 🙂

      • winny alves

        Garanto-lhe que se um dia cá vier não vai se arrepender. África tem muita coisa boa para oferecer e muita gente com sede de aprender :)!!! e aqui em Angola a língua inglesa nos tem ajudado bastante.