Were ou Was?

Quando usar were ou was? Embora, muita gente saiba que isso tem a ver com o verbo to be no passado, o tema causa dúvidas. Portanto, continue lendo para aprender que em inglês há momento que o certo – de acordo com a gramática – é dizer I were e não I was.

[Este texto foi atualizado em janeiro de 2017]

Were ou Was?

Todo estudante de nível básico de inglês aprende logo cedo que were e was  são as forma do verbo to be no passado. Assim, nós dizemos:

  • I was
  • you were
  • he was
  • she was
  • it was
  • we were
  • you were
  • they were

Por exemplo,

  • I was single when I lived there. (Eu era solteira quando morei lá.)
  • Were you there last night? (Você estava lá ontem à noite?)
  • She wasn’t home. (Ela não estava em casa.)
  • They weren’t good students. (Elas não eram boas alunas.)

Nesse caso, o uso de were ou was não é anda complicado. Afinal, é só lembrar que se trata do verbo to be no past simple.

Were ou Was: uma pequena dúvida

Were ou Was?O que você viu acima é algo bem básico e não tem como errar. Mas, conforme você vai avançando nos estudos de inglês, encontrará  sentenças como as que seguem abaixo:

  • I wish he were here. (Eu gostaria que ele estivesse aqui)
  • If I were you, I would…” (se eu fosse você, eu…)
  • Don’t you think if I were wrong I’d know it (Você não acha que se eu estivesse errado eu saberia?).

Veja que nas sentenças acima, escrevemos “he were” e “I were“. Será que isso está certo? se a gente aprende que,

O verbo to be no Past Simple possui duas formas: was e were. Sendo que “was” é usada com os pronomes I, he, she e it. E a forma “were” por sua vez é usada com we, you e they.

Portanto, por que as sentenças – “I wish he were”, “if I were you…” e “if I were wrong…” – não seguem essa regra? Por que nelas usamos “were” com os pronomes “he” e “I”. O certo não deveria ser “was”?

Use sempre WERE nesses casos

Assim como em português, a língua inglesa também tem o que chamamos de Modo Subjuntivo (Subjunctive Mode). Esse modo do verbo serve para expressar a ideia de que algo é irreal, é uma possibilidade, é um desejo, é uma opinião, etc. O tal subjuntivo em inglês pode ser expresso no passado (Past Subjunctive) ou no presente (Present Subjunctive).

Dito isso, anote aí que

o verbo “to be” no Past Subjunctive será sempre “were” independentemente da pessoa (pronome, sujeito).

Assim, ao dizer “I wish he were here”, a pessoa está expressando um desejo (a palavra “wish” indica isso). Podemos traduzir a sentença de várias formas: “eu gostaria que ele estivesse aqui”, “quem dera se ele estivesse aqui”, “como eu queria que ele estivesse aqui!”, “oxalá estivesse ele aqui!”. Note que mesmo em português percebemos que a situação expressa um desejo. Ele não está aqui, mas eu desejo que estivesse. Logo, temos de usar o Past Subjunctive do verbo “be”: were. Veja outros exemplos:

  • I wish I were rich. (Quem dera se eu fosse rico.)
  • Wish you were here. (Gostaria que você estivesse aqui.) [Título da música do Pink Floyd]
  • She wishes her mom were there with her. (Ela adoraria que a mãe dela estivesse lá com ela.)
  • I wish I were there with you. (Quem dera se eu estivesse aí com você.)

Na segunda sentença, “if I were you…”, a pessoa expressa uma ideia irreal. Nesse caso muita gente aprende isso como Second Conditional, um sentença que expressa uma ideia de condição irreal. Em português traduzimos por “se eu fosse você…”. Novamente o verbo “be” deve estar no Past Subjunctive, “were”.

  • If I were you, I’d say something. (Se eu fosse você, diria algo.)
  • If she were my child, I’d ground her. (Se ela fosse minha filha, eu a colocaria de castigo.)
  • If he were there, he’d get really nervous as well. (Se ele estivesse lá, ele também ficaria muito nervoso.)
  • If you were at the meeting, you’d contribute a lot. (Se você estivesse na reunião, contribuiria muito.)

A terceira sentença, também está expressando uma ideia irreal. Portanto, segue a mesma ideia da sentença acima.

Mais casos com WERE

Alguns casos mais comuns nos quais o verbo “be” deve aparecer no Past Subjunctive são com as palavras: “if” (second conditional), “as if” (ou “as though”), “wish” e “suppose”. Abaixo seguem exemplos com “as if” e “suppose”:

  • She acts as if she were the boss. (Ela age como se fosse a chefe.)
  • He talks as though he were there with us. (Ele fala como se estivesse lá com a gente.)
  • Suppose you were very rich, what would you do? (Vamos supor que você seja muito rico, o que você faria?)
  • Suppose she were here, what would you say? (Vamos fazer de conta que ela estivesse aqui, o que você diria?)

Mas, eu já vi IF I WAS…

É claro que você vai encontrar músicas, filmes, seriados, etc., nos quais alguém diz “IF I WAS”. E aí!? Como é que fica!? Será que eu – Denilso – estou errado!?

Nada disso! Tudo é uma questão de estilo. Ou seja, formal e informal. Em um estilo mais formal as pessoas devem sempre usar WERE e no mais informal, WAS.

O uso de WAS nesses casos – if I was, I wish she was, Suppose your mom was etc. –  é considerado errado por muitas pessoas. Mas, claro que tudo dependerá do contexto: ao escrever um email de negócios, uma dissertação de mestrado, um artigo jornalístico, uma palestra em uma faculdade etc., a pessoa terá de usar o jeito formal; já em uma conversa com amigos, uma imagem para descontrair, uma brincadeira qualquer e coisas assim, a pessoa poderá usar o jeito informal sem problemas.

Há ainda mais coisas a serem ditas sobre este assunto. Mas, acho que com o que foi dito acima você já consegue  entender por que usamos “were” com I, he, she e it em alguns casos especiais. Portanto, vamos parar por aqui! Até a próxima e keep learning! 😊

Artigos Relacionados
Comentários
  • Unknown

    Dai vem o Justin Bieber e faz me confusa: "if I was your boyfriend…"

    • Rafael

      Verdade, será que ele não seguiu a regra, ou é comum errar assim mesmo Denilso?

      • Diego Ferreira

        É só uma música. Onde você mais encontrará erros, são em músicas!

  • Muito interessante a dica Denilso!E vale ressaltar que também existe o subjuntivo do presente (não sei exatamente as denominações gramaticais). No subjuntivo do presente o verbo não acrescenta aquele "s" no final para as terceiras pessoas e o verbo "be" se mantém "be".I suggest that he come earlier tomorrow.She insists that the room be very clean before her arrival.Por favor, me corrija, se eu tiver falado besteira!

  • Meu Blog, Nossas id&

    Hey, mas nesse casa do musica do JB não é nem um desejo dele (ele não expressa isso) nem um pensamento irreal como "if I were you…"

  • Eduardo Souto

    Ótima postagem Denilso!Venho através desta singela mensagem lhe anunciar uma posição no Compartilhando Conhecimento desta semana!Meus parabéns pelo ótimo trabalho e ótima postagem que você têm feito!Se quiser conferir a página da premiação é só acessar Denilso:http://www.vocepodefalaringles.com.br/2012/08/compartilhando-conhecimento-025.htmlForte abraço!

  • Joel Guilherme Velte

    Parabéns Denilson. Very good all your explanations. I have a question for you.When do I use IF and Whether. Thanks a lot.Joel GuilhermeVelten – [email protected]

  • Júnior Gon&cc

    Excelente essa dica! Não imaginava que poderia haver esse tipo de exceção à regra.Ah!… parabéns pelo seu livro "Inglês na Ponta da Língua: método inovador para melhorar o seu vocabulário em inglês", comprei-o recentemente e estou adorando a leitura.Abraços,Júnior Gonçalves

  • Hello Júnior, Obrigado pelo comentário sobre o livro!Denilso de LimaCURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

  • Andreza de Ara&uacut

    Na música do Justin Bieber ele expressa um desejo sim!Ele ñ é namorado dela,"se ele fosse namorado dela,ele…."Ele queria/desejava que ela fosse sua namorada,mas ela ñ é!Então,acho que o certo seria "If I were your boyfriend" e ñ " If I was your boyfriend". A não ser que, esse "If I was" em vez de "If I were" seja no inglês informal.Explica aí Denildo!

  • Bruna Iubel

    Andreza,A questão aqui é que 'if I was…' é considerado gramaticalmente 'errado'. No entanto, muita gente no dia a dia [língua falada e língua escrita informalmente] prefere dizer 'if I was…'. Por outro lado, o 'if I were…' é o gramaticalmente correto. Trata-se da forma que aquele pessoal muito apegado à Gramática Normativa prefere usar e exige que todos usam. Lembre-se apenas que a diferença está no estilo. Ou seja, formal [if i were] ou informal [if I was].Abraços,Bruna.Curta o Inglês na Ponta da Língua no Facebook

  • JSS_TUC

    Procurando uma coisa, achei outra. E aprendi ambas.
    Ôta coisa boa!

    Valeu Denilso e pessoal.

  • Ricardo

    Também tenho essa dúvida sobre o uso do condicional. O Elton John também usa uma frase na música "Your Song": If was as sculptor…

  • Ricardo

    Também tenho essa dúvida sobre o uso do condicional. O Elton John também usa uma frase na música "Your Song": If was as sculptor…

  • João Badiali

    Mas temos uma ressalva aqui.
    Apesar de ser gramaticalmente errado, o uso do verbo "to be" conjugado na terceira pessoa do singular (was) representa um uso coloquial enquanto o uso com "were" representa um uso formal.
    Esta diferença é vista e, inclusive, ensinada em algumas escolas de idioma.
    Acho que as diferenças de usos do coloquial X formal nestes casos dariam um bom post, Denilso.
    Bom post.
    Sigo o blog diariamente e adoro as publicações.
    Agradeço o trabalho que vem fazendo para os fãs, professores, alunos e apreciadores do idioma.
    Abraços

  • Ricardo K Almeida

    Two twins are talking. Joe, did you impersonate me in Jeniffer's party? No Jim. If I WAS you, I'd talk to her. A while ago I just said hi, you see? (Well, I'd've talked sounds better).

  • Anne Caroline

    Estou a adorar seus textos e a devorá-los! Vc tem algum post, ainda não tive tempo de ver todos sobre memorização? Tenho dificuldades de memorização, entender regras é facil, mas na hora de decorar as palavras, tem sido muito dificil para mim! Desculpe e obrigado. Caroline

  • denilsolima

    Lilian,

    No texto acima falo justamente sobre isso. O correto – de acordo com a regras gramaticais – é “If I were…” afinal na Second Conditional (que é o mesmo que If-clause) o verbo deve estar no Subjuntivo. Logo, o subjuntivo do verbo to be para todas as pessoas é WERE. Assim, if I were, if he were, if she were, etc.

    Mas, como o texto acima diz, no inglês informal as pessoas dizem “If I was…”. Portanto, na canção, temos apenas o uso informal da língua.

    No texto acima isso tudo está explicado em detalhes.

    😉

  • Nati

    E a frase your luggage was taken ou your luggage were take
    ? To mt confusa! Valeeeeu 😉

  • denilsolima

    Jéssica,

    Infelizmente, em inglês (ou qualquer outra língua), as coisas não são como na matemática, onde 1+1 será sempre 2. Ou seja, em línguas nem sempre as coisas serão como as regras gramaticais que vemos em livro dizem que devem ser.

    Você aprendeu as regras dos Conditionals, mas não aprendeu (pois, quase ninguém ensina isso) que na vida real aquelas regras nem sempre são aplicáveis e que existe uma coisa chamada de Mixed Conditionals. Isto é, na vida real os Conditionals podem se misturar fazendo com que todas as regras gramaticais que aprendemos nas escolas não sirvam para nada (ou apenas para fazer provinhas).

    Para simplificar, posso te dizer que esse “If this would be…” é uma espécie de frase pronta em inglês. Veja mais exemplos:

    » If this would be case, I would…
    » If this would be all you have to say, they would…
    » If this would be implemented, the company would…
    » If this would be a good option, I would…
    » If this would be worth doing, we would…

    Portanto, o melhor a fazer é aprender isso e nem ao menos questionar o porquê. Afinal, trata-se de algo comum em inglês e que é usado por praticamente todos os falantes (sejam eles letrados ou não). 🙂

  • Leonardo Braga Barcelos

    Estou fazendo uma atividade em quem tenho que completar o xô o verbo, a questão é a seguinte: why _________ your vacation bad? (Was/Were). Na hora coloquei o were, pelo fato do sujeito ser “you” mas a resposta hoje é “was” por quê? Alguem me explica, é o inverso do que explica matéria acima.

    • denilsolima

      Olá, Leonardo!

      A matéria – texto acima – se refere ao uso de were com todos os pronomes quando a frase (sentença) estiver no Subjuntivo. Note que isso está em destaque no texto para evitar confusões:

      “Dito isso, anote aí que o verbo “to be” no Past Subjunctive será sempre “were” independentemente da pessoa (pronome, sujeito)”.

      Veja a palavra PAST SUBJUNCTIVE ali.

      Se a frase (sentença) não estiver no subjuntivo, então tudo volta ao normal.

      Agora sobre sua frase – why ….. your vacation so bad? – veja que o sujeito não é “you”, mas sim “your vacation”. Usando o que aprendemos sobre os pronomes sujeito em inglês sabemos que “your vacation” em inglês pode ser substituído por “it”; portanto, “was it” é como fazemos a pergunta, consequentemente temos de dizer “why was your vacation bad?”.

      Infelizmente, você interpretou a sentença de modo errado e assim acabou errando na resposta.

      🙂

  • Danilo Martins

    I have always wondered such question and no one had answered me clearly so far, but now I got it… Thank you. 🙂

    • denilsolima

      You’re welcome, Danilo! glad to know you learned that from us! 🙂

  • Taysen Caroline Modzinski

    Muito boa a explicação, para quem estuda gramática com frequência entende. “If clauses” é uma delas, que usa o modo Subjuntivo.

  • denilsolima

    Olá, Gabrielle! Na sentença em seu livro o tempo verbal sendo usado é o Past Continuous; portanto, o correto é dizer “I was ~ing”. Para usar o “were” com o pronome I é preciso que se trate do subjuntivo e não de um tempo verbal como o Past Continuous. São coisas diferentes! 😉

    • A questão é conseguir identificar qual é o tempo verbal em questão!

  • gabriela stanck

    Bom dia, tenho uma duvida. no meu livro tem uma frase que diz “my family WAS home Saturday night. Por que ele usa was, não seria were ?

    • Josiel Vasconcelos

      Como ele fala no texto, were se usa para expressar algo imaginário, “My family was home” quer dizer que minha família estava em casa, se você quisesse expressar a ideia de “se minha família estivesse em casa sábado a noite” ai sim você deveria usar “If my family were home saturday night”.

  • Aline Marlen

    Denilson, você me confundiu. No começo você disse que se usa “were” com I, she, he e it apenas no Past Subjunctive para dizer algo irreal, não é? Mas no final você disse que é questão de ser formal ou informal. Hãn? Então mesmo se não for uma idéia irreal eu posso usar were em uma conversa informal?
    Bjs, ótimo texto.

    • Vinicius Silva

      Aline Marlen ele disse que se deve usar sempre “WERE” com I, she, he e it no Past Subjunctive, para dizer algo irreal. Formalmente WERE é o correto para essa situação, mas em uma conversa com amigos e conhecidos, você poderá usar o jeito informal, acho que ninguem irá te corrigir por utilizar “WAS”.

      • Chico Costa

        Então, inclusive na música “Mr.Jones” da banda Counting Crows há a frase “I wish I was beautiful”, que, creio, tem esse sentido “quem dera eu fosse bonito ou Ah!Como eu queria ser bonito”…

  • XOW!

    Cara, eu gostaria de saber se posso usar “ain’t” ao invés de Wasn’t ou Weren’t.

  • Leonardo da Luz

    erro de logistica: se eu for ler um textão a cada nova palavra vou terminar de aprender ingles lá pelo ano 3000. Fui em outro site, li uma pequena tabela e ja entendi tudo sem precisar deste textão todo ai.

    • Thomas Hooker

      Que bom cara, mas, eu prefiro este texto bem explicado.

    • Boa sorte com a dica super resumida! Uma das coisas que eu prezo é pela qualidade do conteúdo! Portanto, não tenho o hábito de resumir as dicas apenas para chamar a atenção de leitores. Gosto de dar detalhes, pois esses detalhes fazem uma grande diferença na hora de você fazer uma prova, concurso, falar corretamente e coisas assim. Enfim, cada um aprende com o que achar melhor, não é verdade? A diferença está apenas em quem se destacará com o conteúdo de melhor ou pior qualidade! 🙂

      • O Velhinho in:

        PARABÉNS, E OBRIGADO POR TUDO, EM NOME DAS PESSOAS GRATAS E INTELIGENTES!

      • Leonardo da Luz

        sim

      • Leonardo da Luz

        Boa sorte pra vcs que vão levar até o ano 3000 complicando as coisas. Bom pro dono do site que está contando visualização, matéria, bastante texto pra dar bom Ranqueamento no Google.

    • Eric Lamorte

      Se você só queria ler rápido era só dar mais atenção ao que está em negrito e sublinhado.

  • O Velhinho in:

    Ignorante existe em qualquer idioma!… A desinteria cerebral de preguiçososretardados mentais inventaram o “textão” para esconder sua ignorância de analfabeto funcional em lerescrever e descaracterizar a competência de quem tem capacidade de escrever. Essa ralé de vocabulário curto ainda quer aprender outro idoma, se mal sabe o próprio!
    MUITO OBRIGADO, DENILSOM, EM NOME DAS PESSOAS GRATAS E INTELIGENTES, POR SEU GRANDE TRABALHO DE UTILIDADE PÚBLICA, POR SEU DESPRENDIMENTO E BONDADE EM PASSAR DE GRAÇA O QUE SE COBRA TÃO CARO POR AÍ!…. DEUS TE PAGUE!

    • hopeja

      you should do an AMA on r/iamverysmart

    • hopeja

      you should do a AMA on r/imverysmart

    • Toledo

      Só para constar: é “disenteria”.
      “quem tem telhado de vidro, não atira pedra”.