Empathy ou Sympathy | qual a diferença entre essas palavras?

Quando usar empathy ou sympathy? Qual a diferença entre empathy e sympathy?

Se você tem dificuldades em entender o uso dessas duas palavras, keep reading to learn everything about them.

Empathy ou Sympathy?

Vamos por partes em relação a essas duas palavras. tenho certeza que você vai entender bem como e quando usar cada uma delas!

Empathy, Empathetic, Empathic e Empathize

Para começar, saiba que empathy significa o mesmo que empatia. O Cambridge Dictionary define assim essa palavra:

the ability to share someone else’s feelings or experiences by imagining what it would be like to be in that person’s situation

Portanto, empathy refere-se ao fato de uma pessoa entender o que outra pessoa está sentindo ou passando.

Assim, temos empathy como substantivo e empathetic ou empathic como adjetivos. Veja alguns exemplos.

  • He loves children and has a certain empathy with them. (Ele adora crianças e tem uma certa empatia com elas.)
  • She had great empathy with people. (Ela tinha uma empatia enorme com as pessoas.)
  • There are some programmes training doctors to be empathic. (Há alguns projetos que treinam os médicos para serem empáticos.)
  • She’s a kind and empathetic friend. (Ela é uma amiga bondosa e empática.)

Lembre-se que temos também o verbo: empathize (US) ou empathise (UK), cujo significado é ter empatia, sentir bem, ter sintonia, sintonizar, ter afinidade.

  • My mother died last year so I can really empathize with what he’s going through. (Minha mãe faleceu ano passado, então eu consigo sentir bem o que ele está passando.)
  • It’s very easy to empathize with the characters in her books. (É muito fácil criar uma sintonia com as personagens de seus livros.)

Sympathy, Sympathetic, Sympathize

Sympathy, por sua vez, significa compaixão, piedade, pena, comiseração. O adjetivo é sympathetic e podemos traduzir como solidário, compreensivo.

Aqui, todos os tradutores costumam sugerir que façamos algumas mudanças nas frases para mantermos o sentido sem a necessidade de fazermos traduções literais.

Outra coisa a ser notada é a seguinte:

  • have sympathy for = ter pena de
  • have sympathy with = apoiar, ser a favor de

Veja isso em algumas das sentenças abaixo.

  • I feel great sympathy for the homeless. (Eu sinto uma pena enorme dos sem-teto.)
  • I have a lot of sympathy for her; she had to bring up the children on her own. (Eu me solidarizo muito com ela; ela teve de criar os filhos sozinha.)
  • My sympathies are entirely with the rebels. (Estou totalmente do lado dos rebeldes. | Me solidarizo enormemente com os rebeldes.)
  • They were very sympathetic when my father died. (Elas foram muito solidárias quando meu pai faleceu.)
  • The press seems quite sympathetic to our policies. (A imprensa parece realmente apoiar nossa política.)
  • Most rich countries are sympathetic to the idea of giving aid to the Third World. (Grande parte dos países ricos é favorável à ideia de ajudar o Terceiro Mundo.)

Conclusão

Como dica final, eu recomendo que você sempre observe o uso dessas palavras em contexto. Além disso, note também as palavras que são usadas juntas com elas – collocations.

É lendo e observando como as palavras são usadas que você aprende a usá-las bem. Portanto, leia, ouça, envolva-se com o inglês e assim você ficará cada vez mais com seu Inglês na Ponta da Língua.

Caso queira ler mais sobre quando usar empathy ou sympathy, leia o artigo “Empathy” vs. “Sympathy”: Which Word To Use And When.

Take care and keep listening!

Etiquetas
qual a diferença uso das palavras em inglês vocabulário em inglês
Mostrar mais

2 Comentários

  1. Ola Denilso. Hei de confessar que este post foi um dos mais bem escritos e intrigantes ate hj (se eh que da para fazer comparacoes). Super bem explicado. Parabens! Vou levar a mensagem para meus alunos.Unica coisa que achei que deixou um pouco a desejar foi o final, no qual vc escreveu "empathy” e seus derivados (empathic e empathize) são também usados quando alguém realmente sente (vivencia) a situação da outra pessoa mesmo sem ter passado por algo semelhante. Nesse caso, trata-se de um nível elevado de sentimento possível de acontecer".Em algumas "simples linhas" vc acabou revelando outra maneira de uso para o "empathy" na qual vc acaba "indo contra" o que havia escrito no comeco de que o empathy refere-se que vc ja passou pela situacao que a pessoa esta passando (vamos dizer assim). Eh possivel vc aprofundar um pouco mais neste caso do empathy em que a pessoa sente o que a outra esta passando SEM ter passado por algo semelhante?E ai, qual eh entao a diferenca NESTE CASO entre o empathy e sympathy?

  2. Minha querida Patrícia,Muito obrigado pelos elogios. É sempre bom saber que um texto que aparentemente parecia ser tão simples, acaba causando um impacto positivo em quem lê.Confesso que sua decepção – so to speak – com o final do texto é a mesma minha como autor. Portanto, posso dizer que rola aí uma certa "empathy". :-)De acordo com alguns especialistas na área da Psicologia, algumas pessoas são extremamente emotivas e sensíveis à dor e sofrimento alheio. Por exemplo, minha esposa ao ver um mendigo nas frias noites do inverno de Curitiba entra em um estado de compaixão tão grande que parece vivenciar (sentir na pele) o que esse pessoal sente. No começo, quando ela falava que sentia o frio deles e sentia o sofrimento que deve ser para eles, eu achava estranho. Pois minha esposa nunca morou nas ruas. No entanto, ela somatiza (em um grau menor claro) esse sofrimento vivenciado pelos mendigos.Nesse caso, eu digo que minha esposa está sendo "empathetic". Pois, ela não sente apenas pena por esse pessoal. Ela simplesmente vivencia, por alguns instantes, essa situação de tal maneira ao ponto de deixá-la depressiva, pensativa e calada por alguns instantes. É nesse momento que a palavra "empathy" e seus derivados entram em cena. O nível de "sympathy" (compaixão) que ela sente é imenso e, portanto, não dá para dizer que ela está sendo apenas "sympathetic", mas ela vai além.Muitas pessoas são "sympathetic" em relação ao problema da fome nos países africanos. Nós entendemos a situação e sentimos dó (pena) das crianças que vivem lá e passam por isso. Outras pessoas, por outro lado, vão além da pena e se sentem como se estivessem vivenciando (experimentando) aquela privação, mesmo sem nunca ter passado por tal grau de inanição na vida. Essas pessoas são, portanto, "empathetic". Os sites que explicam isso para a população falante de inglês como língua nativa também se enrolam nas explicações. Mas, de acordo com os sites de Psicologia, essas seriam as diferenças e usos das palavras. Para quem gosta de ler sobre Inteligência Emocional (Daniel Goleman) isso pode parecer simples. Pois na teoria da Inteligência Emocional, a pessoa deve ter "empathy" ao se relacionar com as pessoas em determinada situação. Ou seja, temos de nos colocar no lugar da outra pessoa e procurar sentir o que ela está sentindo. Psicologicamente falando o conceito é bem estranho, mas faz sentido. Esperto ter conseguido me explicar melhor. Qualquer coisa, estamos por aqui.Denilso de LimaCurta nossa fanpage no Facebook

Botão Voltar ao topo
Fechar