Gramática: “love to do” e “love doing”

Uma leitora perguntou via Facebook sobre o uso de “love to do” e “love doing”. A dúvida dela era sobre qual destas duas formas é a correta em inglês. Ela também queria saber se há alguma diferença entre uma forma e outra, caso as duas possam ser usadas. Portanto, vamos aproveitar o momento e falar sobre isso.

Acredito que muita gente que já estudou inglês (ou esteja estudando) deve ter ouvido um professor ou outro dizendo que o certo em inglês é sempre “love ~ing”. Portanto, seguindo este ponto de vista mais tradicional, as sentenças abaixo estão corretas:

  • I love learning English. (Eu adoro aprender inglês.)
  • She loves dancing. (Ela adora dançar.)
  • We love living here. (A gente adora morar aqui.)
  • They love travelling. (Eles adoram viajar.)

Livros mais antigos de ensino de inglês exigem descrevem “love ~ing” como a forma correta. No entanto, como uma língua sempre está sujeita a mudanças, é interessante notar que mais recentemente tem se tornado comum o dizer:

  • I love to learn English.
  • She loves to dance.
  • We love to dance.
  • They love to dance.

É interessante notar que para muitos gramáticos as duas formas estão corretas e não há problemas em usar uma ou outra. Portanto, tudo depende de uma questão de gosto e estilo. Os gramáticos também dizem que a forma “love ~ing” é muito mais comum no inglês britânico; e a forma “love to ~”, no inglês americano.

O fato real é que as duas formas estão muito bem espalhadas pelo mundo e muita gente nem percebe mais a diferença. Algumas gramáticas mais atuais da língua inglesa afirmam que não há diferença entre as duas formas. Portanto, você poderá usar tanto uma quanto a outra que dará tudo na mesma.

Para encerrar, tenho de dizer que o que foi dito acima vale também para os verbos “hate” (odiar), “like” (gostar) e “prefer” (preferir).

That’s all for today! Take care!

Artigos Relacionados
Comentários