Vocabulário de Inglês

    Chunks of Language: como identificá-los

    Já escrevi aqui no blog alguns post falando sobre chunks of language. Para quem não os leu recomendo que leiam. São eles:

    Este último trata-se dos slides da minha apresentação sobre chunks of language apresentada na XXV JELI, evento organizado pela APLIESPem meados deste ano.Além deste já escrevi também um post falando sobre uma habilidade muito importante para o aprendizado/aquisição de chunks of language: Desenvolva sua habilidade de Noticing. Neste post eu dou dicas de como você pode identificar os tais chunks of language. A sua habilidade de noticing [também conhecida como chunking] deve ser desenvolvida desde o início do seu curso de inglês. Algumas pessoas acham que isto é extremamente complicado, porém é a coisa mais simples do mundo.

    Chunks of Language

    Em termos bem simples, para identifica [notice] os chunksvocê precisa fazer o seguinte:

    1. Ao ler um texto [curto] grife [ou circule] algumas palavras que você considerar essenciais. Não marque todas as palavras do texto. Vá com calma! Marque entre 5 a 10 palavras apenas.
    2. Depois observe as palavras que estão próximas às palavras que você grifou. Veja as duas palavras antes dela e as duas palavras após ela. Grife-as também. Pronto você certamente já tem os chunks of language marcados.
    3. Feito isto, veja se você compreende a sequência completa da palavras. Encontre a equivalência [tradução] para estas sequências [chunks] que você marcou.
    4. Anote-as em seu caderno de vocabulário e siga as dicas dadas no postHow about organizing a Lexical Notebook?“.

    Se você seguir estas dicas com certeza logo observará uma melhora e tanto no seu vocabulário em inglês. Lembre-se que o importante não é ficar decorando palavras isoladas a torto e a direito. O segredo é aprender chunks of language. Afinal, é assim que o cérebro funciona.

    Para saber mais sobre como aprender vocabulário em inglês e melhorar neste quesito, recomendo o livro “Inglês na Ponta da Língua – método inovador para melhorar o seu vocabulário“.

    that’s all for now, folks! Have a nice weekend you all!

    3 Comentários

    1. Olá Denilso, seu blog é muito bom mesmo.Sou aluno de mestrado em Linguística, aquisição e processamento linguístico. Estou escrevendo sobre léxico, entradas e como se armazenam na mente. Vejo que você também é lexicalista e não há como não ser. Morei em Houston TX sete anos, estudei no Lone Star college, mas vou te dizer uma coisa, seu método é muito, muito bom cara. Continúo aperfeiçoando meu broken english e agora sou um seguidor deste blog. Parabéns!Alcimar

    2. Olá Denilso, existe alguma diferença entre "idioms/ idiomatic expressions" e "chunks of language"?

      1. Jak,

        De modo geral, nós dizemos que “todo idiom é um chunk of language, mas nem todo chunk of language é um idiom“. Como assim?

        A expressão idiomática kick the bucket é uma expressão idiomática e também um chunk of language. Todo idiom é um chunk of language. Já a sentença “how are you?” é um chunk of language, mas não é um idiom. Ou seja, nem todo chunk of language é um idiom.

        Lose one’s mind” é um idiom e também um chunk of language. Mas, “if I were you, I would…” é um chunk of language, mas não é um idiom. Uma combinação de palavras como “very much mistaken” é um tipo de chunk of language conhecido como collocation, mas não é um idiom.

        Aqui no site há uma série de textos sobre item lexicais (chunks of language) que aborda os diferentes tipos de chunks of language. Há ainda várias outras dicas sobre o assunto. Para encontrar mais dicas, faça uso da nossa ferramenta de busca conforme descrita na dica do link abaixo:

        Como fazer buscas no blog?

        😉

    Botão Voltar ao topo
    Fechar