10 Características do Bom Estudante de Inglês

Dias atrás, publiquei aqui a lista dos 10 Piores Tipos de Estudantes de Inglês. Muitos professores se manifestaram a favor do texto. Muitos estudantes de inglês se identificaram e prometeram mudar suas atitudes. Mas, várias pessoas pediram para eu publicar também uma lista com os 10 melhores tipos de estudantes de inglês.

O problema é que não dá para falar sobre esses 10 melhores tipos de estudantes. Isso porque os melhores estudantes de inglês possuem características que os tornam bons. Assim, na tentativa de ser justo e perfeito, cito abaixo as 10 características do bom estudante de inglês.

1. PACIÊNCIA

O bom estudante de inglês sabe que não aprenderá inglês da noite para o dia. Ele, portanto, é paciente. Ele sabe que mais vale aprender um pouco a cada dia do que aprender um monte de coisas em um só dia. Ele estuda pelo menos 30 minutos a cada dia da semana ao invés de estudar 3 horas em um só dia da semana. Ele sabe que é de grão em grão que a galinha enche o papo. Ele também sabe que ser fluente em inglês não é algo que acontecerá com em um passe de mágica.

2. ORGANIZAÇÃO

O Bom Estudante de InglêsOrganização não é tudo, mas sem ela o tudo se transforma em nada. O bom estudante de inglês sabe disso. Assim, ele se organiza para aprender de modo eficiente. Ele sabe o que estudar a cada dia. Ele estuda um pouco de pronúncia hoje, um pouco de gramática amanhã, alguns chunks of language no dia seguinte. Ele é organizado tanto no material que utiliza para aprender inglês quanto no tempo dedicado para aprender coisas novas diariamente e revisar  o que está apredendo.

3. COMPROMISSO

Aceitar a ideia de que seus próprios esforços são cruciais para progredir no aprendizado é algo que o bom estudante de inglês tem bem claro em sua mente. Assim, ele tem um compromisso com ele mesmo. Não é o contrato da escola, a obrigação imposta pelo mercado de trabalho, a obrigação de fazer um TOEFL que o faz estudar. Ele sabe que é ele mesmo quem realmente fará a diferença por meio de sua dedicação e aplicação aos estudos. Ele se comporta de modo responsável em relação a isso. O compromisso com ele mesmo é o que ajuda a mantê-lo no rumo certo.

4. FOCO

Manter o foco é uma máxima do bom estudante de inglês. Ele não se desvia da rota, dos objetivos. Por mais difícil que seja, ele não se distrai com desculpas, desânimo, dificuldades relacionadas a fatores externos e coisas assim. Quando ele percebe que está se desviando do objetivo principal, ele para, respira fundo, analisa a situação e se reajusta para voltar ao rumo estabelecido. Portanto, o bom estudante de inglês é focado e fará de tudo para chegar lá.

5. ALTRUÍSMO

Ajudar outros estudantes de inglês é uma marca registrada do bom estudante de inglês. Ele sabe que ajudar os outros, trocar ideias com os colegas de classe e cooperar com o professor são coisas que trarão benefícios a e ele e a todos no grupo de aprendizado. Portanto, o bom estudante de inglês compartilhará informações com os colegas ao aprender algo, descobrir um site legal, ler uma dica interessante, saber de um livro bacana. Ele não guardará o seu conhecimento para si mesmo, ele passará adiante na esperança de colaborar com o aprendizado dos demais.

6. HUMILDADE

O bom estudante de inglês não age como se fosse melhor que todo mundo. Ele sempre terá em mente que ainda há muito a aprender e que ele não sabe tudo nem nunca saberá. Ele tem humildade para ensinar os outros sem achar que os outros são burros e sabem menos que ele. Sua humildade faz com que os outros estudantes o admirem e não que tenham medo de pedir ajuda a ele. Pois, ele – o bom estudante – sabe que ele é apenas mais um instrumento de aprendizado para os demais. Ele ajuda sem se achar demais!

8. AUTOCONHECIMENTO

Isso pode parecer papo de livro de autoajuda, mas é quase isso! O fato é que o bom estudante de inglês se conhece. Ou seja, ele sabe do que é capaz. Ele sabe dos seus limites. Ele conhece seus pontos fracos e fortes. Assim, ele sabe muito bem o que fazer para melhorar cada vez mais e mais. Ele fortalece seus pontos fracos e usa seus pontos fortes para tirar proveito de cada oportunidade que aparece pela frente. Ele procurar saber o que o motiva, o que o ajuda a manter-se no rumo. Enfim, ele procura saber quais suas características como aprendiz de línguas e tira vantagens do que descobre.

9. CORAGEM

O bom estudante de inglês tem coragem para usar o que sabe. Ele não tem medo de cometer erros e arrisca a usar até mesmo aquilo que acabou de aprender. Ele não se preocupa se a sua pronúncia ainda não é perfeita. Ele sabe que com o tempo poderá melhorar. Ele não tem medo de cometer erros gramaticais; afinal, até mesmo os falantes nativos cometem erros gramaticais. Por causa dessa coragem de colocar em prática aquilo que aprende, ele consegue se desenvolver muito mais rápido do que aqueles que ficam esperando serem perfeitos para só então começarem a falar inglês.

10. POSITIVISMO

O Bom Estudante de Inglês 1Um hábito dos péssimos estudantes de inglês é a capacidade de reclamarem de tudo. Reclamam do material que não é bom. Reclamam da falta de material para estudar. Reclamam das atividades que devem fazer. Reclamam da falta de tempo para estudar. Reclamam do professor e da escola na qual estudam. Enfim, reclamam de tudo! Já o bom estudante de inglês encara tudo de modo positivo. Ele pode até achar que as coisas estão ruins, mas ainda assim dão um jeito de tirar proveito da situação e aprender o que der para aprender com ela. A atitude deles é positiva e não negativa e reacionária. Claro que eles não são bobos e ingênuos. Na verdade, eles encaram tudo como uma forma diferente de aprendizado e aproveitam cada oportunidade para saber como agir nas situações boas e nas más.

CONCLUSÃO

Claro que há outras características e qualidades dos bons estudantes de inglês. Mas, as descritas acima são aquelas que muitos autores e pesquisadores citam em seus livros. Claro que ninguém é perfeito. Há momentos em que dá vontade de chutar o pau da barraca e manda tudo para aquele lugar. Mas, o bom estudante de inglês logo se acalma e sabe que não pode colocar tudo a perder. Afinal, ele tem de fazer sua parte se quiser realmente aprender inglês.

Artigos Relacionados
Comentários