Dicas Para Aprender Inglês

Aprender Palavras em Inglês: indo além do básico

Todo mundo que decide aprender inglês sabe que uma das principais coisas a se fazer é aprender palavras. Ou seja, melhorar sempre e cada vez mais o vocabulário em inglês. Mas, como é que você pode aprender palavras em inglês de um modo mais natural, dinâmico, significativo? Como aprender palavras em inglês e sair do básico? Continue lendo para aprender.

Houve um tempo no qual aprender palavras em inglês se resumia a decorar uma lista de palavras e seus significados. Lembro-me que eu mesmo fazia isso. Decorava listas e mais listas de palavras corriqueiras: house (casa), bed (cama), tree (árvore), cloud (nuvem), beautiful (bonito), mustache (bigode), book (livro) e assim por diante.

Além das palavras corriqueiras, eu achava o máximo aprender coisas que muita gente não se dava ao trabalho de aprender: nit (lêndea), hamstring (parte de trás da coxa), ingrowing toenail (unha encravada), dandruff (caspa), okra (quiabo). Também adorava aprender palavras esdrúxulas, raras: fathom (entender), jentacular (algo relacionado ao café da manhã), avuncular (relacionado aos tios), anew (novamente), cumbrous (esquisito, estranho, inconveniente), ambsace (azar).

Para mim a diferença entre ser um estudante básico e um avançado estava na quantidade de palavras que eu sabia. Portanto, quanto mais palavras esquisitas eu aprendesse, mais avançado eu seria.

Aprender Palavras em InglêsMeu vocabulário era uma coisa de louco. No entanto, eu mal conseguia falar inglês. Sabia tantas palavras, sabia dar nome a tantas coisas, sabia cada coisa estranhas, mas ainda assim eu não conseguia me comunicar (falar e ouvir) bem em inglês. O sentimento de frustração era enorme.

Um dia – depois de muita leitura – comecei a perceber que o “segredo” não era decorar mais e mais palavras. Eu havia entendido tudo errado! O real segredo era saber usar bem as palavras básicas da língua inglesa. A diferença entre ser um estudante básico e avançado estava (e ainda está) em saber usar as palavras simples: entender seus outros significados, saber usá-las corretamente em outros contexto e, acima de tudo, aprender como essas palavras são usadas em parceria com outras.

Por palavras básicas (simples), estou me referindo a palavras como “way”, “point”, “just”, “only”, “line” e outras tantas. Para facilitar o que quero dizer, tomarei a palavra “line” como exemplo.

A maioria das pessoas ao ver “line” – assim sozinha no mundo – logo pensa que seu significado é “linha”. Os estudantes preguiçosos e acomodados nem se preocupam com “line”. Afinal, é um termo muito simples e básico. Até se parece com a palavra “linha” em português. Portanto, para que dar muita atenção à ela?

Este é o erro da maioria! Pois, há muito mais o que aprender sobre o uso de “line”. Perceba isso lendo as sentenças abaixo e suas equivalências em português:

  • I’m sorry, it’s a bad line and I can’t hear you. (Desculpe-me, a ligação está ruim e não consigo te ouvir.)
  • She hates standing in lines. (Ela odeia pegar filas.)
  • Sometimes, we have to draw the line. (Às vezes, precisamos estabelecer um limite.)
  • This was one of his favourite chat-up lines. (Esta era uma de suas cantadas favoritas.)
  • Rachel was reported to be in line for the job of team manager. (Disseram que a Rachel está prestes a conseguir a vaga de gerente de equipe.)
  • The company’s rapid success means it’s definitely on the right lines. (O rápido sucesso da empresa mostra que ela, sem dúvidas, está no caminho certo.)
  • I need to get a line on what’s really happening. (Preciso descobrir o que está realmente acontecendo.)

Pelos exemplos acima você pode notar que a palavra “line” vai além do simples significado de “linha”, não é mesmo? Podemos ainda aprender inúmeros outros usos da palavra “line”:

  • line of reasoning » linha de raciocínio
  • fishing line » linha de pesca
  • in the line of duty » em serviço, no exercício de suas funções
  • washing line » varal (para secar roupas)
  • drop somebody a line » escrever uma carta ou email para alguém
  • be on the line » estar na reta, estar em risco

Aprender palavras em inglês é uma atividade divertida. Aprender como usar as palavras em inglês em contextos diferentes é uma atividade ainda mais divertida. Além disso, é esse modo diferente de aprender palavras em inglês que fará você ir além do básico.

Saber palavras esquisitas, esdrúxulas e raras é legal. Mas, garanto a você que é ainda mais legal aprender os mais variados usos e significados das palavras simples, básicas, corriqueiras, frequentemente usadas em qualquer bate papo ou texto.

Por mais contraditório que possa parecer, o segredo para ser um usuário avançado da língua está simplesmente no aprendizado significativo das palavras básicas. Quando você aprender isso, seu inglês dará um salto.

Quer aprender mais sobre como aprender palavras de modo mais natural em inglês? Então, tenha em mão os livros “Inglês na Ponta da Língua – método inovador para melhorar o seu vocabulário” e “Combinando Palavras em Inglês – seja fluente em inglês aprendendo collocations“. Os dois estão disponíveis em todas as livrarias do Brasil e também em formato ebook para Kindle. Clique aqui e saiba mais a respeito.

Gostou desta dica!? Então, deixe seu comentário aí abaixo. Se achar que vale a pena, compartilhe-a no FacebookTwitter e/ou Google+.

14 Comentários

  1. Olá Denilso. Mal terminei de ler o seu post, a sua nova dica e vim aqui logo fazer um cometário. Estou aqui pra dizer que depois dessa dica, o meu estudo com esse idioma universal só vai ampliar mais ainda. Veja bem. Há pouquíssimos dias atrás, comecei a entender como funciona os “Phrasal Verbs”. Comei a entender do que se trata esse assunto. Antes quando comecei a estudar inglês, antes assim que eu diga… comecei no mês de Junho mais ou menos, me deparava demais com esse assunto, era tudo tão explicadinho, tudo tão evidente, mas continuava sem entender nada!
    Como eu disse, há pouquíssimos dias atrás é que tudo isso começou a fluir rapidamente de uma forma que eu nem sei explicar.
    Você disse algo muito importante hoje, que com certeza vai me ajudar muito muito muito mesmo. Quando a pessoa aprende uma nova palavra e com um significado simples, a pessoa já pensa que está seguro sobre aquela palavra. “Ah, se é só isso então tá beleza”. Mas não é. Tiro como exemplo também o uso do “Can”. Nossa fiquei impressionado como têm várias formas de usar.
    Então, cara muito obrigado mesmo, essa dica de hoje me ajudou pra caramba, e olhe que só precisei ler o comecinho do texto, e duas simples formas de usar “line”. Bom então e isso. Acho que enrolei demais aqui. rsrs Abraços.

    1. Thanks, Bala Bass! Bom saber que esta dica e as demais são úteis no seu aprendizado de inglês. Há várias dicas sobre como aprender Phrasal Verbs aqui no blog, portanto você certamente poderá aprender muito com elas também. 😉

    2. E ai Bala, poderia me dizer por qual material você tá estudando?

      1. Olá Oliveira. Bom, estudo o seguinte. Todos os dias recebo “phrasal verbs” no e-mail com sentenças de um programa legal que é do Rubens Queiroz de Almeida. Há 6 meses quando comecei a estudar Inglês e fazer minhas pesquisas, tive a sorte logo de encontrar as dicas do Denilso, English Experts e do Rubens. Mas vamos lá! Sempre que vejo a junção de palavras, “phrasal verbs” vou vê-las como ficam em outras situações. Veja como faço isso. Vou lá twitter, escrevo por exemplo um phrasal verb assim na pesquisa “to go on” daí vai ter várias formas diferentes de aplicar o exemplo. Outra maneira legal que eu faço é, pegar um phrasal verb e ir no site “fraze it”, essa é uma das maneiras que eu gosto mais, lá você escreve a palavra, têm o significado, o áudio e de onde foi tirado aquela oração. Pratico também com músicas. Quando vejo algo novo, vou atrás de alguma canção que tenha o exemplo que acabei de ver. Nas músicas o interessante é que você não aprende só aquilo que você estava querendo, mas sim outros exemplos também. Espero que eu tenha me saído bem na explicação Oliveira, sou péssimo pra passar as coisas à alguém (rsrs).
        Espero que goste. Abraço

  2. Acho que isso era tudo que estava precisando ler ! obrigado por compartilhar seu conhecimento =)

  3. Hi Denilson, how are you?

    I think that reading is the key to develop our vocabulary range.

    I’ve already got frustrated about not be capable of understanding what is was told when i was watching movies or when listening to musics.

    Now I’m more confident about it, and my listening get much better, but I guess there’s one point i need to improve, and is knowing how to use simple words in different ways as you shown for us.

    Thanks my friend!

  4. assim com algumas palavras em português pode ter vários significados nas, no ingles elas também tem, estou adorando e anotando todas a dicas. Gostaria de saber se posso confiar nas traduções do Google tradutor, pois tenho usado bastante ele ultimamente. Obrigada e abraço!

    1. Olá, Juliana! Obrigado por seu comentário.

      O Google Translator não é 100% confiável. Portanto, todo cuidado é pouco.

      😉

  5. Hi! I’m Mary, an English teacher in Portugal! Although my name is English and I was born in Canada, I’m a Portuguese descendant and I’ve been living in Portugal since I was 6. Besides teaching the language in regular schools, I also teach English courses to adults or other teachers who want to know more about the language. I find your site very interesting, because it answers to all the things I also consider important when we are learning a language: collocations, phrasal verbs, the sounds and interjections ( I put my students pronouncing every English sound) They laugh when I tell them that they have to pronounce the sound “th” as if they had lisp! 🙂
    And the tips are so useful! Congratulations for your work, which will be of great use!

    1. Hello, Mary! Thank you so much for your message. It’s awesome to get messages from people from other countries who enjoy the tips here on Inglês na Ponta da Língua and better yet when teachers from other countries make use of them. That’s really fantastic. Thank you so much again! 🙂

  6. É esse o meu problema,decorar tantas palavras e no fim não conseguir entender a frase toda,e sim apenas algumas palavras.

  7. Obrigada, ótima dica, por um tempo eu fiquei nessa de decorar apenas palavras, e no meu caso, percebi que saber apenas a palavra solta e um ou dois significados dela não estava adiantando de muita coisa pra mim =p.
    Quando comecei a ouvir rádios canadense de talk show, percebi que palavras simples são muito mais utilizadas que aquelas ditas ‘difíceis’, acabei por perceber o mesmo ao ler artigos acadêmicos e afins, as diferenças são coisas bem especificas que podem ser facilmente achadas. Claro que posso estar completamente enganada em minha compreensão. Chego a dizer algumas vezes, que sempre há um jeito simples de se dizer as coisas em inglês. Não meu inglês não é avançado, mas espero que ele se torne brevemente xD.

Botão Voltar ao topo
Fechar