Gramática: SOME e ANY (parte I)

Some ou Any!? Quando usar um ou outro!? Você já deve ter visto esse assunto espalhado por aí! Já deve ter estudado isso na escola! E com certeza já sabe que em inglês devemos usar o “some” em sentenças afirmativas e o “any” em sentenças negativas ou interrogativas. Nada de novo até aí, não é mesmo?

Mas, o que você dirá se eu falar que essa regra é falha? Que ela simplesmente não reflete o uso real da língua inglesa no dia-a-dia? O que você diria se visse uma sentença assim “I don’t like some music“? Pois bem! Um Linguista inglês, de nome Michael Lewis, escreveu sobre isso. Para ele a regra à qual todo mundo é apresentado é falha, é irreal, é uma meia verdade (ou total mentira!). Para provar isso, ele mostra que todas as quatro sentenças abaixo estão corretíssimas:

  • I don’t like some music.
  • I like some music.
  • I don’t like any music.
  • I like any music.

De acordo com Lewis a verdade é a seguinte: “some” é usado para referir-se sempre a uma parte. Ou seja, nas duas primeiras sentenças o sentido é de “algumas músicas” (apenas uma parte!); logo, “eu não gosto de algumas músicas” e “eu gosto de algumas músicas” é a tradução mais acertada para cada uma.

Já o “any” é usado para fazer referência ao todo, ao grupo, ao conjunto, ao completo, à amplitude imensa de coisas. Assim, “eu não gosto de nenhuma música” é a tradução da terceira sentença. Isto significa que de tudo quanto é música que existe eu não gosto de nenhuma.

Na quarta sentença a tradução é “eu gosto de qualquer música”. Eu gosto de tudo quanto é tipo de música existente.Veja que nos exemplos com “some” o uso se refere a uma parte apenas. Porém, no caso do “any” estamos nos referindo ao conjunto completo. O curioso nisso tudo é que é possível sim encontrar “some” sendo usado em sentenças negativas na língua inglesa. Isto nos ajuda entender que não depende de frases na negativa, na afirmativa ou na interrogativa para usar um ou outro. O que importa é saber do que estamos falando e como queremos falar.

Leia também a Parte II deste artigo!

Artigos Relacionados
Comentários