Collocations: você já ouviu falar?

Você sabe o que é collocation? Já ouviu seu professor ou professora falar a respeito? Já viu isto em algum lugar? Tem medo de saber o que é!? Não se preocupe collocation é uma ideia super bacana e simples. De forma bem resumida, collocations refere-se ao modo como uma palavra chave combina com outras palavras em uma língua.

Funciona mais ou menos assim: uma palavra sempre combina melhor com algumas palavras do que com outras. Não há uma lógia para explicar isso! Não há uma regras! Os falantes da língua simplesmente saber que é daquele jeito e ponto final. Deixe-me dar um exemplo.

Complete a sentença abaixo com a palavra que está faltando.

  • Se você acha que vou te ajudar, você está redondamente …….

Qual é a palavra que completa a sentença? Você consegue perceber que “redondamente” sempre combina com enganado? Nós não dizemos em português coisas como “redondamente linda” (imagine dizer isto para uma garota!), “redondamente caro“, “redondamente feio“, etc. Desta forma, “redondamente enganado” é um exemplo de collocation em português.

Mas, collocations não se refere apenas a combinações assim. Elas são de todos os tipos e ocorrem com todas as palavras. Por exemplo, pare por uns instantes e pense em palavras que combinam com a palavra “ideia“. Pense em alguns vermos e adjetivos que são comumente usados com a palavra “ideia“.

Collocations

Eu aqui, no momento, consigo pensar em “boa ideia“, “ideia fantástica“, “péssima ideia“, “idéia de jerico“, “ter uma ideia“, “amadurecer a ideia“, “dar uma ideia“, “trocar uma ideia” e por aí vai. Todas estas combinações são exemplos do fenômeno linguístico conhecido como collocation da palavra “ideia” na nossa língua.

O QUE ISTO TEM A VER COM INGLÊS!?

Tudo! Afinal, uma das maiores dificuldades de quem estuda inglês é combinar as palavras corretamente. Na maioria das vezes, nós queremos traduzir tudo palavra por palavra – como se isto sempre desse certo. Mas não é assim que funciona. Ou seja, “redondamente enganado” em inglês não é “#roundly mistaken#” ou “#roundly wrong#”. A combinação para eles desta forma não existe, em inglês o certo é combinar as palavras assim “completely mistaken” ou ainda “utterly mistaken“, “very much mistaken“, “sadly mistaken“, “profoundly mistaken“.

A QUEM ISTO INTERESSA!?

Há livros por aí que afirmam que isto é coisa para se ensinar lá pelo níveis intermediário e avançado. Eu discordo totalmente! Para saber combinar as palavras em inglês você precisa aprender as combinações corretas desde cedo.

Desta forma, alunos iniciantes deveriam aprender desde cedo que palavras combinam corretamente com tais palavras. Por exemplo, uma palavra básica como door deveria ser ensinada já com algumas combinações desde o início da carreira do estudante de língua inglesa. Veja algumas combinações:

  • shut the door – fechar a porta
  • slam the door – bater a porta com força, fechar a porta com força
  • lock the door – trancar a porta, passar a chave na porta
  • unlock the door – destrancar a porta
  • leave the door ajar – deixar a porta entre aberta
  • answer the door – ver quem está batendo (tocando a campainha)
  • get the door – ver quem está batendo (tocando a campainha)
  • knock on the door – bater na porta (para ver se tem alguém em casa, na sala, no escritório…)
  • break the door down – derrubar a porta, arrombar a porta

Além de verbos, você pode aprender também adjetivos que combinam com a palavra door:

  • big door – porta grande
  • great door – porta grande
  • huge door – porta grande, enorme
  • glass-panelled door – porta com vidro (não é a porta de vidro)
  • revolving door – porta giratória
  • automatic door – porta automática
  • sliding door – porta de correr

Aprender assim é muito mais divertido! Afinal, quando você pensar em dizer algo, já vai saber que palavras combinam e saberá também como usar tais combinações.

Leia também:

Há ainda aqui no blog outros texto com combinações de palavras comuns com outras palavras:

Artigos Relacionados
Comentários