Cursos de Inglês

Curso Intensivo de Inglês: vale a pena?

Já é bem comum essa coisa de curso intensivo de inglês aqui no Brasil. Basta chegar o período de férias – seja no meio ou fim do ano – várias escolas e cursos de inglês oferecendo curso intensivo de inglês para seus alunos e para os novos alunos. Mas, e aí!? Será que vale a pena fazer esse tipo de curso? Quais os prós e contras? Continue lendo para saber a respeito.

Uma coisa a ser dita logo de cara é que um curso intensivo de inglês não é o mesmo que um curso de férias. Qual a diferença?

O curso de férias é aquele oferecido pelas escolas de inglês no período de férias. Eles são oferecidos geralmente nos meses em que não há aulas regulares nas escolas. Esse tipo de curso é também conhecido como curso intensivo de férias. O números de aulas são maiores do que no curso regular. Geralmente, o aluno faz em duas ou quatro semanas – dependerá da carga horária – aquilo que ele teria de fazer em um semestre. São cursos para pular de livro ou de nível.

Já o curso intensivo de inglês é diferente. Algumas escolas oferecem esses tipos ao longo do ano. Os alunos frequentam aulas todos os dias em uma carga horária que pode chegar a duas ou três horas por dia ou uma média de oito horas na semana. Tratam-se de cursos puxados e oferecidos para quem tem pressa para aprender.

»»» Falando em Curso: participe do nosso curso Aprender Inglês Lexicalmente. Inscreva-se clicando aqui «««

Curso Intensivo de InglêsAs vantagens de se fazer um curso intensivo de inglês é que o estudante aumenta o tempo de contato com a língua. Nos cursos regulares a média semanal é de 2 a 4 horas por semana. Já nos cursos intensivos, como você viu, a carga horária é o dobro disso. Portanto, o cérebro vai ter muito mais contato com a língua e assim se acostumará mais rapidamente com ela.

Esse contato não será apenas em sala de aula, mas também fora dela. Afinal, todos os dias você terá (deverá ter) tarefas de casa para fazer, terá de fazer atividades de listening, terá de escrever, ler e tudo mais. Assim, as quatro habilidades de aprendizagem estarão integradas de modo mais intenso fazendo com que a aquisição/aprendizado da língua seja, teoricamente falando, mais rápido do que em um curso regular.

Do ponto de vista pedagógico, o curso intensivo de inglês é excelente. Pois, um dos principais fatores para a aquisição de uma segunda língua é o tempo de envolvimento com ela. Como nos cursos intensivos esse envolvimento (contato com a língua) é mais frequente, os benefícios para o aprendiz são, sem dúvida, inúmeros e imensos.

Já as desvantagens estão no preço e na disposição de cada um. Em relação ao preço, um curso intensivo de inglês podem custar algo entre R$400,00 a R$800,00. Esses valores podem variar dependendo da cidade, da escola (estrutura oferecida) e outros fatores.

Tendo condições para pagar, entra em cena a questão da disposição de cada um. Ou seja, para fazer um curso intensivo de inglês o aprendiz deve estar disposto a cumprir com o cronograma do curso e seguir as orientações dadas pelos professores. Se o aprendiz faltar a muitas aulas, poderá ter problemas para acompanhar depois. Portanto, é preciso conciliar muito bem a agenda para não furar com as aulas do curso.

Seguir as orientações dos profissionais da escola refere-se a fazer as atividades, ler os textos, participar ativamente das atividades em sala de aula, cumprir os prazos de entrega das atividades e o que mais a equipe pedagógica sugerir e exigir.

Como você pode ver um curso intensivo de inglês exige muito do aprendiz: tanto no quesito preço quanto nos quesitos motivação, dedicação e disposição.

Essas modalidades de cursos não são oferecidas por todas as escolas de idiomas. Portanto, caso você tenha interesse, o jeito é pesquisar.  Você certamente encontrará alguma escola aí em sua cidade que ofereça o curso intensivo de inglês. Ao encontrar uma, faça todas as perguntas que achar necessárias fazer: horários, número de alunos na turma, material, professores, eventuais problemas que possam ocorrer, encerramento da turma, sua desistência (o que diz o contrato) e coisas assim.

Lembre-se: escolher um curso de inglês é como comprar um carro. Você precisa saber de tudo antes de fechar o contrato para não ter dores de cabeça depois.

Essa dica ajudou você!? Você tem alguma dúvidas sobre curso intensivo de inglês!? Deixe um comentário abaixo! Seu feedback é muito importante para nós! Até a próxima!

Botão Voltar ao topo
Fechar