Inglês Irlandês: Características e Curiosidades

Que tal aprender um pouco sobre o Inglês Irlandês, tecnicamente conhecido como Hiberno English? Embora não haja um inglês irlandês homogêneo, vale a pena aprender algumas das características mais comuns dessa variante da língua inglesa. Tem curiosidades a respeito? Então, continue lendo.

Antes, vamos nos localizar geograficamente.

Um pouco de geografia

Irlanda é o nome dado à ilha na qual encontram-se dois países: Irlanda do Norte (Northern Ireland) e Irlanda (Ireland). A Irlanda do Norte é país membro do Reino Unido e sua capital é Belfast. Já a República da Irlanda é um país soberano independente e tem como capital a cidade de Dublin.

Irlanda

» Aprenda mais: A diferença entre England, United Kingdom e Great Britain

A língua oficial dos dois países é o inglês. Mas, na Irlanda, o irlandês (gaélico) é também uma língua oficial. Essa língua, gaélico, influenciou e influencia de modo marcante o inglês falado nos dois países. Isso significa que ao longo dos tempos, os habitantes da ilha transferiram para o modo deles falarem inglês – pronúncias, vocabulário, estruturas gramaticais, etc. – características do gaélico.

Agora que isso está bem claro, seguem algumas curiosidades relacionadas ao Inglês irlandês.

Inglês Irlandês: vocabulário e expressões

As palavras, gírias, expressões, etc., do Inglês Irlandês pode varia muito de uma região para outra. Portanto, só mesmo estando em contato com pessoas que o falam para aprender e entender as palavras e o modo como elas são usadas. No entanto, aí vão algumas curiosidades.

Um irlandês pode se despedir dizendo apenas “After!”, que tem a mesma função do “Later!” de “See you later!” (até mais; até depois; até; até mais tarde).

A expressão “be after” é bem curiosa e ao estar inserido no universo irlandês você deve prestar muita atenção a ela. Veja os dois exemplos abaixo para ter uma ideia de como ela é usada:

  • I’m after winning the game. = I won the game. = Eu ganhei o jogo.
  • I was after winning the game. = I had won the game. = Eu tinha vencido o jogo.

Inglês IrlandêsExperimente perguntar as horas a um irlandês. Enquanto você espera ouvir “it’s 8 o’clock”, ele poderá dizer apenas “8 bells”.

Se em uma roda de amigos, você chegar e perguntar “What’s happening?”, alguém poderá dizer “Divil the bit!” (nada!). Tem ainda a expressão “What’s the craic?” (Quais as novas? Qual o babado?) que é considerada mais irlandesa do que britânica para muita gente.

“Your man” é a expressão usada quando você não quer mencionar o nome de uma pessoa em uma conversa. Essa pessoa pode ser um conhecido ou não. O contexto deixará claro sobre quem está sendo falado. Anote aí que caso a pessoa seja uma mulher a expressão será “your one”.

» Leia também: Gírias do Inglês Irlandês

Há na internet, inúmeros sites com listas de palavras relacionadas ao inglês irlandês. Seguem alguns para você se divertir:

» Irish English: Terms and Phrases
» Everyday English and Slang in Ireland
» The New Dictionary of Hiberno English

Inglês Irlandês: gramática

Não se assuste se achar que alguém esqueceu de usar a preposição “to” em uma sentença ou expressão. No inglês irlandês, “to” é geralmente deixado de fora: “I amn’t allowed go out on Saturdays” (I’m not allowed to…).

Esse “amn’t” aí é comum no inglês irlandês. Para eles, trata-se de algo lógico. Afinal, temos “aren’t” e “isn’t”, então qual o problema em ter “amn’t”?

As palavras “yes” e “no” praticamente não existem no inglês irlandês. Ao ser questionado sobre algo, basta repetir o verbo da pergunta.

– Can you drive?
– I can!

– Will you help us?
– I will!

– Do you speak Irish English?
– I don’t.

– Are you rich?
– I amn’t!

Em uma conversa informal, ao falar sobre tempo e distância é comum deixar tudo no singular: “five kilometer” (cinco quilômetros), “six time” (seis vezes), “three year” (três anos), “ten mile” (dez milhas).

Há também uma distinção entre “você” e “vocês”. Para o singular – você – eles dizem “you” ou “ya”. Já para o plural – vocês – não se assuste ao ouvir “yous”, “yee”, “yiz”. Isso dependerá de cada região.

Enquanto os livros de gramática dizem que é “errado” usar alguns verbos no Present Continuous, saiba que no inglês irlandês é muito comum. Assim, você poderá ouvir um irlandês dizendo “I was knowing what he did”.

Aprenda mais sobre a gramática do Inglês Irlandês no livro The Grammar of Irish English: language in the hibernian style.

Inglês Irlandês: pronúncia e sotaque

Hiberno EnglishA pronúncia das palavras pode variar muito de uma região para outra. Mas, há algumas curiosidades interessantes.

Uma dessas está relacionada aos sons do “th”, que é pronunciado como “t” ou “d”. Simples assim! Portanto, “thirty” será pronunciado como “tirty”, “three” como “tree”, “that” será “dat”, “this” será “dis” e assim por diante.

“Tuesday” soará como “chooseday”. “Tube” soará “choob”. “Due” soará como “jew”. “Car” e “garden” podem ser pronunciadas como “kyar” e “gyarden”. Vale mencionar que a pronúncia do “r” em palavras como “car” e “garden” será bem diferente do modo britânico e americano.

O sotaque irlandês é, sem dúvida, um tema à parte. Portanto, segue no fim da dica um vídeo no qual é possível ter uma ideia de como o Inglês Irlandês é falado em Dublin.

Como aprender o inglês irlandês?

Para finalizar, lembre-se que a melhor maneira de pegar o jeito de como o inglês é usado em uma região é ouvindo a língua sendo usada em vários contextos. Para isso, você pode ouvir materiais de áudio com aquela variante do inglês e estudar com afinco ou ainda viver na região e se enfiar de cabeça na cultura e no dia a dia das pessoas que falam a língua.

Há ainda muitas coisas interessantes a serem ditas sobre o Inglês Irlandês. Como não dá para falar tudo aqui, leia as informações dos sites abaixo:

» Inglês Irlandês na Wikipedia
» Inglês Irlandês no Quick and Dirty Tips
» How to Speak English Like the Irish

And that’s all for now, guys! I hope you’ve enjoyed this tip!

Inglês Australiano: Características e Curiosidades

Nos últimos anos as agências de intercâmbio informam que a busca pela Austrália tem aumentado consideravelmente. As pessoas finalmente descobriram outro país para aprender ou praticar inglês. As condições climáticas parecidas com a do Brasil, o dólar, a hospitalidade e mais uma série de fatores contribuíram por essa descoberta da Austrália como opção para estudos de inglês.

Mas, o que será que o inglês australiano que os demais não têm? Quais as diferenças quando comparadas com o inglês americano e britânico? Quais as características gramaticais e de pronúncia? Palavra, expressões, gírias? Enfim, o que que o inglês australiano tem? Vamos aprender um pouco a respeito na dica de hoje.

Muita gente acha que o inglês falado na Austrália é semelhante ao inglês britânico. Afinal, foi o James Cook, capitão na Real Marinha Britânica, quem reivindicou o território australiano para o império britânico em 1770. Foi ele também o responsável pelo processo de colonização da terra nova. Vale dizer que a Austrália no início de sua colonização era um colônia penal. Enfim, embora a predominância britânica em termos linguísticos fosse forte no início, já em 1788 algumas diferenças começaram a surgir. Em 1820, o inglês falado na Austrália foi reconhecido como sendo diferente do inglês britânico.

Inglês AustralianoEssas diferenças surgiram devido à mistura dos aborígenes, os índios que já estavam lá,  e dos ingleses ( e outros parceiros da coroa britânica), que foram chegando aos poucos. Essa mistura linguística deu à língua inglesa o termo “kangaroo”. Reza a lenda que “gangurru”, palavra da língua falada pelos nativos da Austrália, significa “eu não te entendo”. John Cook ao ver os animais perguntava aos aborígenes “what animal is that?” e os aborígenes respondiam “gangurru”. Cook, um cara esperto, achou que aquele era o nome do animal e registrou “kangaroo” em suas anotações. Ou seja, até hoje não sabemos ao certo qual o nome original do animal!

Fatos históricos à parte, é bom saber que devido às várias influências, o inglês australiano se distingue das demais variantes do inglês na pronúncia, principalmente na pronúncia das vogais. Felizmente, essas diferenças vocálicas não são assim tão notáveis para quem não é falante nativo da língua inglesa. Em outras palavras, somente sendo um linguista devotado à fonética e fonologia para perceber as diferenças. Porém, a produção de alguns sons são sim perceptíveis. Um desses é até famoso em piadas e brincadeiras. continue lendo e veja que som é esse.

Em algumas palavras o som /ei/ é pronunciado /ai/ no inglês australiano. Assim, a palavra “day” é pronunciada /dai/ e não /dei/ como na maioria das outras variantes. Consequentemente, a palavra “yesterday” é pronunciada /iesterdai/; “mate” (amigo, cara, parceiro) é pronunciada /mait/; “fate” soa /fait/. Para dizer “good day, mate” (bom dia, parceiro) a pronúncia será algo como “good eye might”.

O sotaque australiano também é bem diferente. A única maneira de aprendê-lo ou pelo menos percebê-lo é ouvindo o máximo que puder e envolvendo-se com os locais. Há no Youtube inúmeros vídeos de pessoas falando inglês australiano. Tem também vídeos de pessoas tentando fazer o sotaque australiano. Mas, cuidado! Nos comentários feitos a esses vídeos, os próprios australianos dizem que não é nada parecido; pois, eles não falam como o Crocodilo Dundee e a maioria das pessoas que tenta imitar o sotaque australiano está na verdade descrevendo o que eles chamam de “bogan”.

Inglês AustralianoO termo “bogan” é uma gíria, cujo significado é “pessoa que não faz nada da vida e só pensa em bebidas”. Falando em gírias, é bom saber também que o inglês australiano tem gírias que só eles entendem: “ankle biter” (child), “brekkie” (breakfast), “roo” (kangaroo), “servo” (gas station), “unit” (apartment). Para aprender mais gírias australianas, visite os sites abaixo. Porém, lembre-se que gírias só devem ser usadas quando você já tem mais intimidade com o grupo. Ou seja, não use gírias em todas e quaisquer situações.

Além das gírias, o inglês australiano também usa palavras diferentes para descrever objetos. No vídeo abaixo, um australiano fala sobre algumas dessas palavras. Ele diz como os americanos dizem e como eles dizem. Vale a pena assistir.

Em relação à escrita – ortografia – o inglês australiano, assim como praticamente todos os países de língua inglesa, não tem um órgão que cria regras e fiscaliza o modo como as palavras são escritas. Ou seja, eles não têm algo como a nossa Academia Brasileira de Letras. Para ter certeza sobre a escrita de uma palavra, os australianos recorrem ao Macquarie Dictionary, o dicionário oficial do inglês australiano. Não se preocupe muito! Afinal, no que diz respeito à ortografia, o inglês australiano é muito parecido com o inglês britânico. As diferenças são poucas e para aprendê-las é só ler jornais e revistas australianas para percebê-las.

E por fim, a gramática. O que será que a gramática australiana têm de diferente? Neste ponto, felizmente, a gramática do inglês australiano não é tão diferente do inglês britânico. Há sim diferenças em relação ao inglês americano, mas são as mesmas diferenças existentes entre o americano e o britânico: o uso do Present Perfect em algumas situações, o uso do artigo definido “the” em alguns casos, e outras nem tão grandes assim.

Em resumo, as principais diferenças estão na pronúncia dos sons, no sotaque e no vocabulário. Essas coisas você só aprende se envolvendo com a língua – o jeito australiano de falar e usar a língua. Você pode estudar isso também. Basta encontrar livros que abordem o inglês australiano. Editoras como Oxford, Cambridge, Pearson Longman, Macmillan e outras já desenvolvem materiais (livros, dicionários para estudantes, material de áudio, etc.) voltados para o inglês australiano. Uma visita em livrarias especializadas ajuda você a identificar esses materiais.

É isso por hoje! Caso você tenha alguma experiência com o inglês australiano, uma história, uma dica, qualquer coisa, deixe-a registrada aí na área de comentários. Suas experiências certamente ajudarão outras pessoas que escolhem a Austrália como destino todos os anos.