EMBEDDED QUESTIONS – Fazendo Perguntas em Inglês

Você sabe o que são embedded questions? Nunca ouviu falar a respeito!? Então, continue lendo esta dica, pois nela vou mostrar a você que – apesar do nome feio! – esse negócio de embedded questions é muito fácil de entender e de usar.

Primeiro, deixe-me explicar o que significa embedded? Que palavrão é esse?

O termo embedded pode ser traduzido para o português como embutido, incorporado, inserido, encaixado. Assim, embedded questions são perguntas (questions) inseridas, encaixadas, incoporadas (embedded) dentro de uma outra sentença.

Calma! Você não precisa dessa explicação estranha e complicada para saber o que são embedded questions. O que você realmente precisa são de exemplos. Mas, antes vamos entender um pouco mais sobre essa coisa de fazer perguntas em inglês.

» Leia também: Fazendo Perguntas Informalmente em Inglês

Você já deve saber que ao conversar com alguém, você pode simplesmente fazer perguntas à outra pessoa da seguinte maneira:

  • How old are you? (Quantos anos você tem?)
  • What do you do for a living? (O que você faz da vida?)
  • What time is it? (Que horas são?)
  • What’s your mother’s name? (Qual o nome da sua mãe?)
  • Where were you last night? (Onde você estava ontem à noite?)
  • Why doesn’t she like me? (Por que ela não gosta de mim?)
  • Is she right? (Ela está certa?)
  • Did he go to the party? (Ele foi à festa?)

embedded questionsEssas perguntas são feitas de modo direto! Bem à queima-roupa!

Nada de errado em fazer perguntas assim. Mas, digamos que você não queira ser tão direto. Você quer fazer a pergunta mas quer dar uma suavizada no modo como faz a pergunta. Ou seja, você que fazer a pergunta de modo indireto. E aí!? O que fazer?

Simples! Basta colocar a pergunta dentro de uma outra sentença. Fazendo isso, você está colocando em prática essa coisa de embedded question. Ou seja, você vai inserir (embed) sua pergunta (question) dentro de uma outra sentença para assim dar uma maneirada no tom. Ao fazer isso, a outra pessoa verá você como uma pessoa mais legal, menos direta, mais educada e coisas assim.

Ok! Você já entendeu para que serve esse negócio de embedded questions; mas, como é que isso funciona na prática?

A primeira coisa a aprender é que algumas frases são bem comuns quando queremos deixar um pergunta bem menos direta. Abaixo estão algumas delas:

  • Can you tell me…? (Você pode me dizer…?)
  • Would you mind telling me… (Você se importaria de me dizer…?)
  • Do you know… (Você sabe…?)
  • Could you please tell me… (Você poderia me dizer…?)
  • Do you think…? (Você acha que…?)
  • Does anyone know…? (Alguém sabe…?)

Agora, tudo o que você tem de fazer é juntar as duas partes. Ou seja, as perguntas diretas que você viu acima serão inseridas dentro dessas frases que você acabou de ler. Veja:

  • Can you tell me how old you are? (Você pode me dizer quantos anos você tem?)
  • Would you mind telling me what you do for a living? (Você se importaria em me dizer o que faz para ganhar a vida?)
  • Do you know what time it is? (Você sabe que horas são?)
  • Could you please tell me what your mother’s name is? (Você poderia por favor me informar qual o nome de sua mãe?)
  • Do you think she’s right? (Você acha que ela está certa?)
  • Can you tell me where you were last night? (Você poderia me dizer onde você estava ontem à noite?)
  • Does anyone know why she doesn’t like me? (Alguém pode me dizer por que ela não gosta de mim?)
  • Do you know if he went to the party? (Você sabe se ele foi à festa?)

Veja que a pergunta continua sendo feita, mas agora ela sai de modo mais indireto, menos abrupto, menos à queima-roupa. É por isso que muitos traduzem o termo embedded questions por perguntas indiretas.

Mas, anote aí que esse negócio de embedded questions pode acontecer também dentro um sentença não interrogativa. Aí, como você poderá notar, vai depender mais especificamente do que você quer dizer. Em outras palavras, isso é o tipo de coisa que você aprende na prática: envolvendo-se com a língua inglesa.

  • I don’t know how old she is. (Eu não sei quantos anos ela tem.)
  • I guess you haven’t told me how old you are. (Eu acho que não me disse quantos anos você tem.)
  • I’ve been wondering how old you are. (Estou aqui imaginando quantos anos você tem.)
  • I want to know how old you are. (Eu quero saber quantos anos você tem.)
  • Please tell me how old you are. (Por favor, diga-me quantos anos você tem.)
  • I still have to find out why she doesn’t like me. (Eu ainda tenho de descobrir por que ela não gosta de mim.)
  • I wonder what they’re doing right now. (O que será que elas estão fazendo agora?)

» Leia também: Como dizer Será Que em inglês?

Enfim, a ideia por trás das embedded questions é justamente a de suavizar uma pergunta. Deixá-la menos direta e assim dar um tom menos invasivo à conversa.

O nome – embedded question – pode até ser feio; no entanto, o modo como a colocamos em prática não é nada complicado assim. Conforme você vai se envolvendo com a língua inglesa, você acaba aprendendo isso naturalmente. Eu mesmo aprendi o nome disso bem depois de já estar falando inglês pelos cotovelos.

Uma coisa que você deve notar nesse assunto é como fica a ordem das palavras:

  • How old are you? [Pergunta Direta]
  • Can you tell me how old you are? [Pergunta Indireta]

Veja que na pergunta direta, o verbo “are” foi colocado antes do pronome “you”. Isso é algo bem básico em inglês. Já na pergunta indireta, nós não fazemos essa inversão pelo simples fato de não precisar. Afinal, o “can you tell mell…?” já indica que se trata de uma pergunta. Leia mais sobre isso na dica Pergunta com Pronomes Interrogativos.

Ok! I guess you now know what embedded questions are. So, all you have to do is to keep learning. 😉

dica de inglês

Present Subjunctive em pedidos e sugestões

Present Subjunctive em pedidos e sugestões!? Que assunto é esse!? Para ficar mais fácil, observe as duas sentenças abaixo e diga qual delas em sua opinião está correta:

  • We recommend that YOU ARE prepared.
  • We recommend that YOU BE prepared.

E aí!? Qual delas você acha que está correta? A primeira onde temos o you are ou a segunda onde temos you be?

Se você for como a grande maioria, certamente vai dizer que a primeira sentença é a correta. Afinal, quando aprendemos a conjugar o verbo to be no presente, sabemos que o certo é you are. Portanto, parece óbvio que a primeira sentença é a correta.

Bom! Parece! Pois na verdade, a correta é a segunda e a culpa disso é que precisamos usar aí o subjuntivo em inglês. Para ser mais preciso temos de usar o present subjunctive. Então, vamos aprender isso.

O que é o Present Subjunctive?

De acordo com as gramáticas pedagógica, o Subjunctive em inglês é usado em várias maneiras. Ele aparece nas Conditional Sentences. Aparece também ao expressarmos desejos em inglês. Ainda aparece ao fazermos pedidos ou sugestões.

Present Subjunctive em Pedidos e SugestõesO Present Subjunctive portanto é a forma do verbo usado nesses caso. Mas, ele não muda o verbo. Ou seja, devemos manter a forma base do verbo sempre: be, have, do, go, take, sing, etc. Mesmo quando temos a terceira pessoa do singular em inglês (he, she, it), o verbo não muda.

Calma! Isso não é tão complicado assim de entender! Continue lendo!

Present Subjunctive em Pedidos e Sugestões

A regra aqui é a seguinte:

requests and suggestions use the present subjunctive

Até aí, tudo bem! Mas, como é isso na prática?

Lembre-se disso: todas as vezes que você usar um verbo que expressa um pedido ou uma sugestão seguido da palavra that use o Present Subjunctive.

Exemplos

Seguem abaixo alguns exemplos para você entender isso melhor.

  • He asked that she drive more slowly. (Ele pediu para que ela dirigisse mais devagar.)
  • They insisted that the work be finished on time. (Eles insistiram para que o trabalho fosse concluído no momento previsto.)
  • We recommend that he arrive early. (Nós recomendamos que ele chegasse cedo.)
  • The government has requested that she send more documents. (O governo solicitou que ela enviasse mais documentos.)

Os verbos ask, insist, recommend e request são verbos que expressam uma sugestão ou pedido. Portanto, após o that o verbo que segue deverá ser escrito de forma normal. Não os alteramos. Nos exemplos, veja que não escrevi she drives, the work is, he arrives, she sends. Como temos aí verbos que expressão sugestão ou pedido, devemos escrever o outro verbo no Present Subjunctive (nós não os alteramos).

Portanto, nas duas frases dadas no início dessa dica a correta é a segunda. Veja-as novamente.

  • We recommend that YOU ARE prepared.
  • We recommend that YOU BE prepared.

O verbo recommend entra na lista de verbos que expressam sugestão ou pedido. Logo, o verbo to be deve ser mantido em sua forma base – you be – e não o conjugamos – you are.

Verbos que Expressam Sugestão ou Pedido

Seguem abaixo alguns dos verbos mais comuns que geralmente se enquadram nessa situação:

  • ask (pedir), decide (decidir), demand (exigir), insist (insistir), intend (pretender), order (ordenar, mandar), propose (propor, sugerir), recommend (recomendar), request (pedir, solicitar), require (exigir, requerer), suggest (sugerir), urge (encorajar, estimular)

Claro que esses são apenas alguns. Conforme você for se envolvendo mais e mais com a língua inglesa, você vai aprendendo outros verbos de modo natural.

Mais exemplos

  • We suggest that he stay home for a couple of days. (Nós sugerimos que ele fique em casa por alguns dias.)
  • They proposed that Mike buy a new car. (Eles sugerem que o Mike compre um carro novo.)
  • My sister required that my father help her with her homework. (Minha irmã exigiu que meu pai a ajudasse com a tarefa.)
  • They are suggesting that she teach English. (Eles estão sugerindo que ela ensine inglês.)

Para sentenças na negativa, você deve usar not antes do verbo:

  • We recommend that you not be late for classes. (Nós recomendamos que você não se atrase para as aulas.)
  • I demand that Maria not come here anymore. (Eu exijo que a Maria não venha mais aqui.)
  • Her father suggested that her brother not leave the house. (O pai dela sugeriu que o irmão não saísse de casa.)
  • He asked that she not drive so fast. (Ele pediu para que ela não dirigisse tão rápido.)
  • We recommend that he not arrive late. (Nós recomendamos que ele não chegue atrasado.)

O uso de SHOULD nesses casos

Curiosamente, esse tipo de sentença também pode ser formado usando a palavra should:

  • They insisted that the work should be finished on time.
  • We recommend that he should arrive early.

É isso! Espero ter deixado essa coisa de Present Subjunctive em Pedidos e Sugestões mais clara agora. Afinal, como você pode notar, não é nada assim tão complicado, não é mesmo? So, byte bye, take care, and keep learning.