Como Falar Inglês Como Um Americano?

Espaço Publicitário

Quando alguém me pede dicas sobre como falar inglês como um americano, eu costumo perguntar o seguinte: o que realmente é o inglês americano? Pergunto isso pois o inglês falado dentro dos Estados Unidos muda de uma região para outra. Logo, é preciso tomar cuidado ao definir o tal inglês americano. Afinal, não é nada tão simples assim.

Mas, você não quer saber das discussões linguísticas sobre o que é ou deixa de ser o inglês americano. O que você quer é falar inglês como um americano. Ou seja, como é que seu jeito de falar inglês pode chegar o mais perto possível do modo como um americano usa a língua inglesa. O que fazer para chegar a este ponto? Seguem abaixo algumas dicas e recomendações.

1. Conheça o Standard American English (SAE)
Há nos Estados Unidos um tipo de inglês conhecido como Standard American English. Essa variante é considerada a forma padrão dos inglês americano. Trata-se do inglês usado pelas principais agências de notícias  órgãos governamentais americanos (principalmente os federais). Portanto, é a essa variante que você deverá focar sua atenção. Eu já escrevi sobre ela aqui, portanto leia O Inglês Americano Também Tem Forma Padrão para saber mais a respeito.

Como Falar Inglês Como Um Americano?2. Encontre Fontes com o SAE
Acesse os sites das principais agências americanas de notícias (ABC, Fox News, NBC, CBS, New York Times, Wall Street Journal, etc.) e salve-as como favoritas em seu computador. Acostume-se a ler e a assistir aos vídeos destes sites para ir se envolvendo com o inglês americano padrão. Quanto mais você se acostumar a acompanhar as notícias nesses meios, melhor será.

Além das agências de notícias, acesse também os sites dos órgãos governamentais americanos. Principalmente os órgãos federais como White House, Senado Americano, NASA, American Embassy, etc. Essas agências se comunicam com o mundo; portanto, o inglês por eles usados deve ser padrão. Uma dica extra: escute sempre e quantas vezes puder os discursos do presidente americano. Observe como ele usa a língua e você estará pegando o jeito do inglês americano padrão.

3. Compre Livros
Atualmente, há livros, gramáticas e dicionários voltados para o inglês americano. Alguns que recomendo são os que seguem abaixo. Você não precisa comprar todos de uma só vez, então vá com calma. Faça uma busca no Google para saber onde comprar estes livros no Brasil (de modo geral, as grandes livrarias podem tê-los ou podem encomendá-los para você).

  • Basic Grammar in Use
  • Fundamentals of English Grammar
  • Understanding and Using English Grammar
  • Merrian-Webster Dictionary
  • Collins Cobuild Advanced Dictionary Of American English
  • Longman Dictionary of American English
  • Dictionary of American Slang and Colloquial Expressions
  • Conversational American English

4. Adquira Material de Pronúncia
Além dos livros indicados acima, você deve também investir em material de pronúncia. A grande maioria de livros sobre a pronúncia americana disponíveis no mercado tem como base o inglês americano padrão. Portanto, pense em adquirir um dos seguintes (os dois primeiros eu recomendo de olhos fechados):

  • American Accent Training
  • American Accent Training: Grammar
  • Mastering the American Accent
  • The American Accent Guide
  • Perfecting Your English Pronunciation with DVD
  • Pronounce It Perfectly in English

Quando você achar que seu inglês está muito bom, faça um curso de redução de sotaque (accent reduction course). Os melhores cursos custam caro, mas você receberá avaliações (relatórios) de onde precisa melhorar e como melhorar. Vale a pena o investimento. Há várias cursos online ministrados por especialistas em pronúncia; portanto, pense em fazer um no futuro.

5. Escute o Máximo que Puder
Acostume-se a ouvir o inglês americano o máximo que puder. Ouça rádios e assista a noticiários. No início poderá ser difícil acompanhar tudo; mas, não desista. Com o tempo você começará a entender uma coisa aqui e ali e quando menos esperar estará entendendo muito mais. Não escute algo apenas uma vez. Tenha o hábito de ouvir a mesma coisa várias e várias vezes. Assim, você vai fortalecer as conexões neurais necessárias para entender o inglês falado (Leia: Por Que Listening é Difícil?)

6. Seja Paciente e Não Se Iluda
Tenha em mente que você não vai falar inglês como um americano da noite para o dia. Você deverá se dedicar sempre e sempre. Quanto mais você praticar e se envolver com o jeito americano de falar inglês, melhor você ficará. (Leia: Aprender Inglês é Para Sempre)

No entanto, não se iluda! Você talvez nunca conseguirá falar inglês como um americano. Perder o seu sotaque brasileiro e assumir um sotaque 100% americano é (quase) impossível. Os americanos sabem muito bem quando um estrangeiro comete um erro por melhor que que seja o inglês deste estrangeiro. Estes erros estão ligados aos seguintes pontos:

  • Vocabulário: uso das palavras em contexto, combinações (collocations), expressões, gírias, phrasal verbs, etc.
  • Gramática: uso de construções gramaticais não naturais no dia a dia de quem fala inglês nos EUA.
  • Pronúncia: word stress, sentence stress, entonação, liasions e outros aspectos comuns ao modo como o inglês americano padrão é pronunciado.

Quanto mais você se envolver com as fontes de inglês americano, melhor. Quanto mais você praticar, mais próximo você chegará ao de falar inglês como um americano. No entanto, não pense que isso será algo simples. Você deverá estudar, escutar, ler, escrever, falar, repetir e tudo mais que uma pessoa precisa fazer para alcançar seus objetivos.

Falar inglês como um americano não é nada fácil. Mas, também não é assim tão impossível. Basta você se dedicar. Mas, não seja tão exigente. Tenha sempre em mente que você precisará melhorar constantemente. O dia que você achar que já é capaz de falar inglês como um americano, começará a perder a oportunidade de continuar aprendendo e melhorando ainda mais em algum aspecto. E não desanime quando cometer um errinho. Por melhor que você seja uma hora ou outra acabará deixando escapar algo. Isso é bom pois fará  você se lembrar que você não é um americano, mas sim um brasileiro que fala inglês muito bem.

É isso! Boa sorte na sua caminhada para falar inglês como um americano.

Artigos Relacionados
Comentários
  • Vera

    Obrigada pelas dicas Denilso!!

  • Excelente as dicas Denilso, parabéns!

  • Antonio Marcio dos Santos

    Livros podem ser comprados na amazon americana. Porem recomendo o bookdepository que eh mais barato e nao cobra frete para o Brasil.

  • Excelentes dicas! Ajudou muito 😀

  • Adorei

  • denilsolima

    Pois Ana Clara, mas esse pensamento fechado também é irritante. Afinal, se você levar em conta que o nome do país é United States of America, perceberá que o adjetivo pátrio deles é formado com a palavra “America”, logo o mais lógico é “American”. Assim, ao traduzirmos, temos “americano”. Não vejo nada de errado em chamá-los de “americanos”; afinal, trata-se de uma convenção linguística muito velha. Aliás, já que você defende isso, por que nós falamos “português” para nossa língua quando na verdade deveria ser “brasileirês”? 🙂

    • SandroOliveiraJlle

      Você está de parabéns amigo.

      Se usássemos nossa irritabilidade e inquietude para cobrar as promessas feitas em campanhas por nossos representantes políticos, talvez o Brasil estivesse em melhores condições inclusive para proporcionar educação de qualidade.

    • Hugo Raphael

      Na verdade é Português Brasileiro, pois o Português ao qual conhecemos é o de Portugal.

  • Kaio Henrique

    Eu acho bem mais possível que o sotaque britânico, que é lindo, mas parece que eles falam com ‘algo’ na boca.

  • denilsolima

    Sim, Bruno! É possível! Mas, para isso é preciso muita prática! E, às vezes, uma pessoa mais bem informada em linguística certamente perceberá que você não é nativo. Afinal, isso envolve uma série de coisas: uso das palavras, sotaque, gramática internalizada, etc. 😉