Dica de Inglês do Leitor

Ouça Inglês o dia TODO!

Essa dica vem do professor Eduardo Souto, administrador do blog Você Pode Falar Inglês.  Na dica, ele dá algumas dicas para quem quer melhorar o listening, uma das habilidades mais difíceis de ser dominada por estudantes de inglês. Vamos ver o que ele tem a nos ensinar! Espero que goste!

Todos nós sabemos que nos Estados Unidos as crianças começam a ter um bom nível de inglês logo cedo. Por que será? Simples e óbvio! Lá eles vivem em contato diário com o idioma, assim como nós assistimos nossos desenhos de criança em português, as crianças lá assistem todos os desenhos deles em inglês. Além disso, eles também escutam/ouvem pessoas se comunicando sempre em inglês. Enfim, eles estão em contato com o inglês o tempo todo.

Pesquisas mostram que todas as pessoas são capazes de aprender um novo idioma. Não se trata de um  dom que apenas poucas pessoas nascem com ele. Tudo depende de muito estudo, por menor que seja a parcela de tempo que você emprega nos estudos, o envolvimento diário com a língua será essencial no desenvolvimento da tão sonhada fluência.

Imagine que uma criança nos Estados Unidos esteja aprendendo Português. Digamos que ela tenha apenas duas horinhas de contato com a língua portuguesa. Será que a fluência dela se desenvolveria bem? Claro que não! Seria um caminho tortuoso, demorado e até mesmo frustrante.

Portanto, saiba que você precisa encontrar tempo para ouvir em inglês o máximo que puder. Você provavelmente conhece alguém que fez um intercâmbio de seis semanas ou mais e voltou falando um bom inglês, correto? Isso aconteceu porque essa pessoa ficou ouvindo inglês o dia todo e se envolveu com a língua de modo natural. Esse é o segredo para desenvolver a fluência e se motivar para aprender cada vez mais e mais.

Saiba que para falar um idioma você precisa ouvir, ouvir e ouvir!

Assim como um bebezinho que não está estudando, não está lendo livros, está apenas deitado no berço ouvindo músicas, conversa dos adultos e coisas do gênero. Depois de um tempo e de uma certa repetição das palavras, ele passa a entender as palavras (e combinações mais complexas) e em seguida passa a reproduzi-las naturalmente. Assim como esse bebê, você tem o mesmo dispositivo a seu favor!

Em outra palavra, não dê folga ao seu ouvido, ouça músicas, seriados, filmes, podcasts e outros tantos materiais disponíveis no mercado. Se você está lendo esta dica significa que você tem acesso à internet; logo, use um período de tempo para que você possa ouvir inglês. Se começar a ouvir inglês com certa frequência no seu dia a dia, você conseguirá se comunicar muito mais rápido do que alunos que fazem apenas aulas duas aulinhas por semana.

Espero que este texto sirva como um conscientizador de que você necessita entrar mais em contato com o idioma que você quer aprender, caso contrário, você estará nadando contra a corrente! Para saber mais sobre como melhorar o listening, leia as dicas abaixo e lembre-se que seu aprendizado e desenvolvimento depende apenas de você mesmo. So, do something!

15 Comentários

  1. Realmente, depois que comecei a assistir filmes e seriados e como nos últimos anos as músicas em inglês vêm me atraindo, vejo que meu inglês se desenvolveu de uma forma extraordinária, mantenho conversas com pessoas de outros países, tanto em inglês quanto em espanhol e fica cada vez melhor. Ótima dica!

  2. É óbvio que as crianças nos Estados Unidos têm um bom nível de inglês cedo, pois é a língua materna deles; assim como as crianças no Brasil têm um bom nível de português, pois é nossa língua materna.

  3. Tento fazer isso sempre que possível…Youtube, por exemplo, tem vários materiais (conversação) e outros sites com podcast têm disponíveis para download. Infelizmente, não tenho como ir para fora do país, então aproveito essas ferramentas (incluindo o Skype) para desenvolver o listening…tem sido muito valiosa e produtivas essas experiências.

  4. Sr. Denilso

    Tenho 59 anos e dificuldades com o listening e acreditava que isso era devido a minha idade. Aqui observo que não estou sozinha. Vou seguir seus conselho e espero em um futuro próximo escrever aqui dizendo que progredi no "listening".
    Grata

  5. Eu sou carteiro aqui nos EUA e escuto podcasts, o rádio e até filmes brasileiros enquanto trabalho pelo meu iPhone a fim de aprender português. Tecnologia é demais! 20 anos atrás nada disso teria sido possível.

    1. Isso é verdade, Kevin! Lembro-me que 20 anos atrás eu sofria para aprender inglês. Encontrar material era muito difícil (e/ou caro). Tínhamos de nos virar com o que tínhamos. Hoje em dia, a tecnologia facilita muito. Aos aprendizes cabe apenas a tarefa de tirar proveito de toda essa tecnologia em prol do seu aprendizado. Infelizmente, nem todos se dedicam tanto assim e acabam usando os recursos que há gratuitamente para outros fins. 🙂 Take care and Keep Studying Hard!

  6. Felizmente não tenho problemas com o listening. Acho que como sempre gostei de música internacional (vejo suas traduções e até tento traduzir por conta prrópia), assisti filmes e seriados legendados, tenho uma percepção melhor do que a do "aluno 2 vezes por semana".

  7. Eu evito o portuguese sempre que posso (e consigo a maioria das vezes, se alguém fala que fez ou esta fazendo um curso, eu só falo em inglês com essa pessoa), como? simples: assistos filmes em inglês sem legendas, seriados, ouço músicas, leio livros em inglês, estou sempre pegando dicas de site para ajudar e converso com os meus amigos nativos no skype. Tenho um nível bem avançado em inglês e se depender de mim essa FOME nunca irá morrer.

  8. Estou seguindo sua dica. Baixei um áudio de 4minutos de um assunto que muito me interessa e já ouvi dezenas de vezes….no começo só consegui entender pouca coisa, daí quanto mais eu ouvia entendia muitos mais. Obrigado Denilso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar