Dicas Para Desenvolver a Fluência

Nosso post de hoje é mais uma Dica do Leitor. Desta vez, o texto é do prof. de inglês Eduardo Souto. Ele é também o responsável pelo site Você pode Falar Inglês. As dicas do prof. Eduardo ajudarão quem deseja desenvolver ainda mais a fluência. Aqui no Inglês na Ponta da Língua eu – Denilso – já escrevi bastante sobre isso, mas é sempre bom relembrar. No texto que segue as observações entre colchetes são minhas (Denilso). Faço isso apenas para dar minha opinião a respeito. Espero que gostem das dicas!

Olá leitores e leitoras do Inglês na Ponta da Língua, nessa dica eu – Eduardo Souto – pretendo mostrar a todos que não existe na verdade uma maneira “boa / certa ou simplesmente “ruim / errada” de se aprender um idioma. Existe, sim, aquela que atende a necessidade de cada inpíduo.

Logo, cabe a você encontrar o seu jeito. Ao encontrá-lo, mantenha-se firme nele. [Quando preciso for, reveja o que está sendo feito e se está gerando resultados. Se necessário, pare e repense os rumos sendo seguidos e os próximos a serem tomados]. Seguem as dicas:

  • Sempre estude inglês! Todos os dias, seja sábado, domingo, feriado, chuva ou sol, todos os dias! [Envolva-se com a língua. Você não precisa enfiar a cara nos livros o tempo todo, decorar regras de gramática o tempo todo, decorar listas de palavras o tempo todo; mas, você pode simplesmente envolver-se com a língua por meio da leitura, música, filmes, seriados, chats, etc. Envolver-se com a língua ajuda você a adquiri-la naturalmente.]
  • Olhe para o lado certo! Não se preocupe em decorar várias regras gramaticais, adquira um bom vocabulário. A língua não é composta por gramática vocabularizada, mas sim por vocabulário gramaticalizado! [Você pode adquirir a gramática de uso da língua inglesa por meio do aprendizado de chunks of language. Esse é um dos temas abordados em nosso curso Aprender Inglês Lexicalmente, cujas inscrições para a nova turma encerram-se hoje, e também no livro Gramática de Uso da Língua Inglesa.]
  • Ler faz a diferença! Mas, leia assuntos de seu interesse e para o seu nível, não adianta acessar o New York Times e tentar ler as manchetes sendo que você não entende se quer o título da notícia. [Portanto, Leia aquilo que está de acordo com o seu nível de conhecimento da língua e também com seu interesse. Portanto, se você gosta de futebol, certamente não lerá dicas de golf; se sua área é administração, poderá não entender nada de biologia.]
  • Tente assistir a muitos seriados, filmes, documentários entre outros materiais de vídeos; pois, é através deles que você conseguirá desenvolver um vocabulário rico e adquirido dentro do contexto correto. [Além disso, você também estará melhorando sua habilidade de listening, aprenderá expressões, gírias, linguagem corporal e muito mais. Quando mais você se envolver com vídeos, melhor. Não tem TV por assinatura!? Então use a internet: Youtube, Vimeo, CNN, BBC, etc.]
  • Ouça muita música em Inglês e se arrisque a cantar junto, isso vai ajudar muito sua pronúncia e também sua fluência oral na hora de se comunicar, sem contar a aquisição de vocabulário. [Sobre esse assunto leia a dica “Aprender Inglês com Músicas”.]

[Desenvolver a fluência é algo almejado por muitos estudantes. Claro que quem estuda deseja mesmo ser fluentes, mas para isso é preciso saber que fluência é algo que se desenvolve ao longo da vida e não acaba nunca. Ou seja, não importa a quantidade de tempo que você dedica aos estudos, o importante é a qualidade dos estudos ao longo da vida. Nas dicas abaixo você poderá ler muito mais dicas sobre  desenvolvimento da fluência.]

Se você também deseja compartilhar uma dica ou uma experiência com os demais leitores do blog, leia as orientações em Envie Sua Dica de Inglês.

Artigos Relacionados
Comentários