O que é o IELTS?

Ter um certificado de proficiência em língua inglesa reconhecido internacionalmente é algo que todo estudantes de inglês deveria estabelecer como objetivo. Já escrevi aqui sobre esse assunto e caso você não tenho lido, recomendo que leia o post “A Importância de uma Certificação Internacional”.

Além de escrever sobre essa importância, também já escrevi sobre os exames TOEIC e TOEFL bem como sobre os Exames de Cambridge. Hoje, porém, vamos falar um pouco sobre o IELTS,  International English Language Testing System, que é também um dos exames de Cambridge aplicado no mundo todo em parceria com o British Council e o IDP Education Australia.

O IELTS é o exame de proficiência aceito por um grande números de universidades no Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia, Irlanda, África do Sul e também um número cada vez maior de universidades nos Estados Unidos. Além das universidades, muitos órgãos governamentais e empresas estão cada vez mais dando preferência ao IELTS e deixando outros exames de lado.

Essa “troca” no mercado está acontecendo devido ao fato do IELTS ser um exame que avalia as quatro habilidades linguísticas do candidato: conversação (speaking), interpretação de textos (reading), redação (writing) e compreensão oral (listening). O IELTS possui dois módulos: Academic Module e o General Training Module.

O que é o IELTS?O Academic Module é exigido para ingressar nos cursos de graduação e pós-graduação nas faculdades que o reconhecem. Já o General Training Module é exigido como requisito para obtenção do visto de imigrante para Austrália, Nova Zelândia e Canadá bem como de qualquer um que queira fazer um estágio profissional nesses países e outros. [Visto de imigrante é o visto concedido à pessoa que deseja morar por tempo indeterminado em um país.]

O exame possui o seguinte formato:

  • Listening: composto por 40 questões que devem ser respondidas no período de 30 minutos; após esse período o candidato terá ainda mais 10 minutos para transferir suas respostas para o formulário de respostas.
  • Reading: composto por 40 questões e o tempo é de 60 minutos.
  • Writing: composto por duas redações que devem ser feitas no período de 60 minutos.
  • Speaking: dividido em três partes e leva cerca de 11 a 14 minutos para ser completado.

Você poderá fazer o download gratuito de modelos completos de cada parte do IELTS no site Cambridge ESOL – IELTS. Você pode ainda curtir a  fanpage oficial do IELTS no Facebook para ler dicas, curiosidades, quizzes, jogos e muita outras informações sobre o exame ao redor do mundo. E tem também o site oficial do IETLS. Caso tenha muitas dúvidas, você poderá entrar em contato direto com o British Council clicando aqui.

Se você tem intenção de prestar esse exame em breve, a minha dica é que você aprenda a mecânica dele. Faça vários simulados. Troque informações com outros candidatos. Envolva-se com a língua inglesa em todos os seus aspectos. Estude e leia inglês praticamente o tempo todo. Assim, você conseguirá vencer a ansiedade e conseguir bons resultados no exame. Para fazer esse exame aqui no Brasil você precisará no ato da inscrição os seguintes documentos:

  • 1 foto 3×4 (recente);
  • documento original de identidade e uma cópia;
  • formulário de inscrição preenchido;
  • pagamento do boleto referente à taxa de inscrição no valor de R$440,00 [em junho de 2012]

Para encerrar esse texto devo acrescentar aqui que recentemente – 14.05.2012 – o British Council anunciou que oferecerá 2 mil exames IELTS gratuitamente para estudantes de baixa renda inscritos no programa Ciência sem Fronteiras e que queiram estudar no Reino Unido. Eles também estão disponibilizando material gratuito para quem deseja se preparar para o exame. Para isso visite esse site.

Se você deseja obter uma bolsa de estudos no Ciência sem Fronteiras em uma universidade britânica e ter a chance de fazer o IELTS gratuitamente, precisará preencher os seguintes requisitos:

  • Comprovar renda familiar menor do que seis salários mínimos (R$ 3.732 em 2012);
  • Ser bolsista do ProUni ou beneficiário do Bolsa Família;
  • Ter empréstimo do Financiamento Estudantil (FIES);
  • Ter completado o ensino fundamental ou o médio em escola pública; ou ganho bolsa de estudo em escola particular.

Leia mais sobre essa parceria no próprio site do Ciência sem Fronteiras. Creio eu que com as informações acima, você poderá se inteirar muito mais sobre esse exame. Portanto, dedique-se a ele. Afinal, seu currículo agradece!

Artigos Relacionados
Comentários