Preocupações com a Pronúncia em Inglês

Então você é daqueles estudantes de inglês que se preocupa ao extremo com a pronúncia. Você é tão fissurado em pronúncia que parece não haver nada mais para estudar em inglês. Enfim, você é daqueles pedantes que acha que para falar inglês deverá falar como se fosse a rainha da Inglaterra ou mesmo o melhor palestrante que os Estados Unidos já teve. Tenho um recado para você: reveja seus conceitos!

A British Library [Biblioteca Britânica] realizará um estudo no Reino Unido para avaliar como o inglês falado está mudando entre eles mesmos. Só para você ter uma ideia, tem britânico que pronúncia a letra ‘H‘ de modos diferentes. A simples palavrinha ‘ate‘ também está sendo pronunciada de modos distintos. ‘Says‘ é outra que já apresenta formas diferentes também. Quer ouvir as diferenças? Então assista ao vídeo sobre o assunto no site da BBC clicando aqui.O que isso significa para você que estuda [ou ensina inglês]? Que há muito mais coisas com as quais se preocupar. Ou seja, falar outra língua significa se comunicar naquela língua; o objetivo é expressar ideias, sentimentos, fatos, etc. Conheci uma pessoa certa vez que se preocupava tanto em articular todos os sons da língua inglesa de modo correto que até mesmo falantes nativos se cansavam de ouvir a pessoa. Esteja certo que se você falar “there are ten men outside” não haverá dúvidas de que o “men” estará no plural. Isso porque a palavra “ten” [dez] indicará que não há apenas um homem, mas sim dez homens. Se você falar “I spent the weekend at the beach” e estiver incerto sobre a pronúncia de “beach“, não se preocupe! Afinal, todo mundo entenderá que você foi à praia.

Claro que isso não é desculpa para você não se dedicar ao estudo da pronúncia. Muito pelo contrário! No entanto, estudar pronúncia [os sons da língua inglesa] pode [e deve] acontecer de modo prazeroso; não pode ser visto como um monstro ou algo inalcançável. Quanto maior o seu nível de conhecimento na língua, maior deverá ser a sua dedicação para aprender os sons corretamente. Mas não se iluda! É bem provável, infelizmente, que alguns sons você jamais conseguirá produzir corretamente. Para saber mais sobre isso leia o postPor que Aprender a Pronúncia do Inglês é Díficil?“.

Tenha ainda em mente que a língua inglesa é hoje uma língua internacional. Ela é usada por praticamente a maior parte da população mundial. Logo, você escutará vários sons, sotaques, entonações e vozes diferentes. Cada falante mundial terá algo ainda mais diferente. O curioso é que mesmo com essas diferenças, todos se comunicam em inglês. Portanto, não se enlouqueça no sonho desvairado de querer falar inglês com o mesmo sotaque e desenvoltura de um americano ou britânico. O segredo é se comunicar em inglês. Depois você pode se aperfeiçoar nos sons!

Artigos Relacionados
Comentários