Phrasal Verbs: entenda e aprenda de uma vez por todas

Phrasal verbs!? Vamos falar sobre isso novamente!? Sim, mas desta vez é um podcast! Portanto, clique no player abaixo para ouvir. Ou você pode ouvir na plataforma que desejar: Spotify (clique aqui), Google Podcast (clique aqui) ou iTunes (clique aqui).

Agora que falamos isso, você pode continuar lendo ou ouvindo esta super dica para aprender tudo sobre como aprender phrasal verbs e muito mais! I hope you enjoy all this!

Phrasal Verbs: podcast

Hello, guys! This is Denilso speaking and welcome to another episode of Inglês na Ponta da Língua podcast.

Desta vez, quero bater um papo com vocês sobre phrasal verbs. Eu já escrevi muito aqui no site sobre isso. Lembro que o primeiro texto publicado a respeito é de 2007. Mas, esse assunto nunca deixa de ser um tormento para estudantes de inglês.

Então, eu vou meio que juntar todas as dicas que já dei aqui e falar a respeito. Por isso, eu também digo que esse aqui é o Guia Definitivo Para Você Aprender Phrasal Verbs.

Tudo o que eu vou falar aqui é praticamente tudo o que nós – pesquisadores, especialistas e linguistas – temos a dizer sobre phrasal verbs. Aqui vou responder as seguintes perguntas:

Vou dar ainda algumas informações relevantes para que você simplesmente mude a sua mente – o seu mindset – sobre como o que são e como aprender phrasal verbs em inglês.

Phrasal Verbs: entenda e aprenda de uma vez por todas

Lembrando que o texto deste podcast pode ser encontrado lá em nosso site. Então, acesse www.inglesnapontadalingua.com.br, procure pelo texto Phrasal Verbs: entenda e aprenda de uma vez por todas e você terá todo esse conteúdo para guardar e revisar sempre que quiser.

Para começar, vamos à pergunta que todos sempre fazem.

O que são phrasal verbs?

e modo bem simples, um phrasal verb nada mais é do que a combinação de um verbo com uma preposição ou um advérbio ou os dois e que juntos possuem um único significado.

Ou seja, não adianta traduzir – interpretar – o verbo e a preposição ou advérbio separadamente. Nós temos de interpretar o conjunto.

Portanto, “look down on” é um exemplo de phrasal verb. Pois, trata-se de da combinação de um verbo (look) e duas preposições (down on). Mas, não podemos traduzir (interpretar) isso palavra por palavra. Temos de ver como um conjunto. Esse conjunto tem um significado próprio.

Dessa forma, “look down on” significa “menosprezar”. Uma mãe pode aconselhar seu filho a never look down on people. Ou seja, nunca menospreze as pessoas.

Resumindo: phrasal verbs são pequenas combinações de palavras formadas por um verbo, um advérbio e/ou uma preposição que devemos aprender como se fossem uma coisa só e que possuem um significado próprio.

Em minha opinião, uma pessoa que deseja ser fluente em inglês não tem a obrigação de saber definir o que são phrasal verbs. Isso equivale a dizer que para falar português fluentemente, ninguém precisa saber definir o que são verbos defectivos, verbos anômalos ou verbos abundantes. Você certamente não sabe o que são esses verbos, mas mesmo assim fala e ouve português ao longo do seu dia sem o menor problema.

Saber a definição de phrasal verbs é algo para professores e linguistas. Já os alunos não precisam ficar sabendo desses detalhes técnicos. A não ser que realmente queiram.

O problema dos phrasal verbs

Essa explicação técnica é uma das maiores causas para que estudantes de inglês odeiem os phrasal verbs e também perpetuem a crença de que jamais aprenderão phrasal verbs.

Um outro problema é o fato da maioria dos phrasal verbs possuírem vários significados ou usos. Alguns são fáceis de aprender. Afinal, têm apenas um significado. Já outros possuem vários significados e isso causa revolta em muitos estudantes.

O phrasal verb “flag down” pode ser citado aqui como exemplo de phrasal verb com apenas um significado. “Flag down” significa “acenar para que o motorista pare seu veículo”. Veja o exemplo:

  • We’ve been trying to flag down a cab for hours. (A gente está tentando parar um táxi há horas.)

Lembrando que nesse caso, o aceno é feito com a mão. Imagine-se esperando por um ônibus. Quando você o avista, você acena – faz um gesto com a mão – para que ele pare e você possa entrar nele.

Até aí tudo bem! O problema é que a maioria dos phrasal verbs não são assim tão simples. Veja “look up” por exemplo.

Na sentença, “If you don’t know what ‘flabbergasted’ means, you can look it up in the dictionary”, “look up” nesse caso significa procurar uma palavra no dicionário.

Já ao dizer, “Things are looking up”, o sentido de “look up” é melhorar. Portanto, a sentença toda significa “As coisas estão melhorando”.

Em “I’ll look you up next time I’m in São Paulo”, o significado de “look up” é “visitar”. Logo, a tradução é “Eu vou te visitar na próxima vez que eu estiver em São Paulo”.

Acabei de mostrar 3 significados de “look up”: procurar em um dicionário, melhorar e visitar.

Muitos estudantes simplesmente não conseguem entender como uma só combinação de palavras pode ter tantos significados. Eles até dizem que isso é loucura.

Será mesmo loucura?

Quando eu escuto alguém dizendo isso, eu olho para a pessoa e digo que não é loucura. Isso é normal em qualquer língua. Em português, temos palavras que também possuem vários significados.

Um exemplo clássico disso é a palavra “manga”. Como você bem sabe, manga é uma fruta. Mas, temos ainda a manga de uma camisa. Na região norte do Brasil, se alguém diz “o João manga de todo mundo” o significado é “o João zoa todo mundo”, “o João tira sarro de todo mundo”. Em outras regiões manga pode ser uma chuva forte ou ainda um cercado que conduz o gado para o curral.

Ou seja, o fato de “look up” – e outros tantos phrasal verbs – ter três significados ou mais não é loucura. Afinal, em nossa língua também temos palavras com vários significados e usos.

Ao aprender uma outra língua, isso pode ser sim um problema. Mas, esse problema é causado pelo modo como nós fomos e continuamos sendo “ensinados” a aprender phrasal verbs.

Isso nos leva então à pergunta de um milhão de reais!

Afinal, como aprender phrasal verbs?

A maneira mais comum que todo mundo usa para aprender phrasal verbs é fazendo listas. Assim, você faz uma lista com 10 ou mais phrasal verbs e os decora. Depois, você faz mais uma lista com 10 ou mais phrasal verbs e os decora também. E assim você segue fazendo dia após dia. Certo? É assim que você faz?

Outra maneira comum é aquela de fazer uma lista de phrasal verbs com get e passar um tempo decorando. Depois, faz-se uma lista de phrasal verbs com take e passa-se um tempo decorando. Então, cria-se uma lista de phrasal verbs com cut e mais uma vez as decora.

Seja lá como for, o que a maioria das pessoas faz é LISTAS DE PHRASAL VERBS. Elas decoram 10, 20, 30, 40, 50, etc., phrasal verbs e acabam desistindo. Cria-se aí a crença de que aprender phrasal verbs é impossível.

Em meu primeiro livro, Inglês na Ponta da Língua – método inovador para melhorar o seu vocabulário –, eu escrevo que se você quiser esquecer alguma coisa, basta colocar em uma lista. No caso dos phrasal verbs, ocorre isso. Se você coloca vários deles em uma lista para decorar, depois de um tempo você terá esquecido boa parte deles.

Tem aí toda uma teoria sobre o estudo da memória para explicar o porquê disso acontecer. Mas, vamos deixar esse assunto para outro momento. Por ora, quero apenas que você saiba que se você está tentando aprender phrasal verbs por meio de listas, pode parar agora. Você só está criando motivos para desanimar e desistir de aprender inglês. Deixe-me te dar uma dica sobre como realmente aprender phrasal verbs.

Como realmente aprender phrasal verb?

A dica é a seguinte: você aprende phrasal verbs da mesma maneira como aprende palavras, gírias ou expressões novas em português. Sim! Eu disse português! Como assim?

Quando você encontra – lê ou ouve – uma palavra que nunca encontrou antes em português, o que você faz?

Eu acredito que você pergunta a alguém – ou procura no dicionário – o que significa. Você nunca leu ou ouviu aquilo; mesmo assim, você quer saber o que significa. Curiosamente, você começa a notar que seus amigos, familiares, pessoas em entrevistas, etc., estão usando aquela palavra, gíria ou expressão.

Seu cérebro começa a assimilar naturalmente o significado e o uso daquilo. Com o tempo, você se pega usando aquela palavra, gíria ou expressão naturalmente. Ou seja, ela acaba se tornando parte do seu vocabulário ativo.

Mas, como é em inglês?

Em inglês, acontece a mesma coisa. Quando você se depara com um phrasal verb, a primeira coisa a aprender é qual o seu significado dentro daquele contexto.

Assim, ao ler a sentença “If you don’t know what ‘flabbergasted’ means, look it up in the dictionary”, você aprende que “look up” significa “procurar”. Além disso, você também nota que o contexto é o de procurar por uma palavra em um dicionário. Logo, you look up a word in the dictionary. Esse “look up” não tem nada a ver com o procurar por algo que você perdeu. Vou repetir: o contexto de “look up” é o de procurar uma palavra no dicionário.

Você pode procurar mais exemplos de “look up” com o significado de “procurar” e aprender que além de “procurar em um dicionário”, pode também ser usado no contexto de procurar por algo em uma lista: seu nome na lista de aprovados do ENEM, por exemplo.

Com o tempo, você pode encontrar “look up” sendo usado com o sentido que não se encaixa naquele que você aprendeu. Isso significa que você precisa agora aprender esse outro uso de “look up”. Trata-se de algo natural: aprender novos significados para um phrasal verb já conhecido. É o mesmo que aprender que “manga” é outro nome que damos para uma peça de metal também conhecida como “bucha”.

É assim que aprendemos phrasal verbs!

Aos poucos, um de cada vez, e sempre dentro do contexto. Temos de aprender lendo exemplos. Temos de nos envolvermos com a língua e assim aquele phrasal verbs que lemos em um texto ou ouvimos em uma conversa vai se tornando parte de nosso vocabulário ativo. Com o tempo, estaremos tão acostumados com ele que nos pegaremos usando-o naturalmente sem o menor problema.

Não é preciso ter pressa e nem medo!

Sua pergunta agora deve ser a seguinte: “Denilso, a minha professora vai fazer uma prova semana que vem e ela disse que temos de decorar uma lista de 50 phrasal verbs que ela passou?”

Se esse for o seu caso, eu sinto muito! Se sua professora mandou e vai cair na prova, então eu desejo um bom teste de memória para você. Afinal, essa prova não é uma prova de inglês; mas, sim um teste de memória para saber se você é capaz de memorizar o maior número possível de itens colocados em uma lista. Repito: isso é um teste de memória e não uma prova de inglês. Boa sorte!

Tipos de Phrasal Verbs

Para deixar esse papo aqui mais completo, eu tenho de falar sobre os tipos de phrasal verbs. Afinal, esse assunto também complica a vida de muita gente. Então, vamos lá!

Os phrasal verbs podem ser divididos tecnicamente em duas categorias: separáveis e inseparáveis.

Lá no começo, a definição técnica que dei para os phrasal verbs é que eles são combinações de palavras formadas por um verbo, uma preposição e/ou um advérbio. Assim, “look up” e “look down on” são exemplos de phrasal verbs. O interessante é que “look up” é um phrasal verb separável. Já, “look down on” é inseparável.

Como assim?

O verbo “look” e a preposição “up” em “look up” pode ser separadas por outra palavra. Por exemplo, “Look this word up in the dictionary, if you don’t know it’s meaning”. Note que eu disse “Look this word up…”. Look e up estão separados por “this word”. Isso é natural em inglês. Você aprende isso naturalmente e sem complicações. Você observa isso aconteça e se acostuma de tanto ver.

Por outro lado, o phrasal verbs “look down on” não pode ser separado em momento algum. As três palavras que o forma – look, down e on – devem sempre estar juntas. O certo será sempre “Never look down on people”. Nada de dizer “Never look people down on” ou “Never look down people on”. “Look down on” é inseparável.

Como dito acima, isso você aprende naturalmente. Não precisa entrar em desespero achando que é complicado demais. Lembre-se: a gente aprende isso naturalmente e com o tempo ficamos com tudo isso na ponta da língua. O importante é não desistir. Fácil pode até não ser no começo, mas impossível não é!

Considerações Finais

Para encerrar, quero pedir para que você tome muito cuidado com as promessas feitas pela internet.

Tenho visto pelo Youtube, Instagram, Facebook, Twitter, etc., muita gente vendendo ebooks com os 100, 200, 600 phrasal verbs em inglês. Cuidado com isso!

O que esses materiais geralmente têm é uma lista de phrasal verbs aleatórios que o autor juntou e colocou dentro do ebook. Ou seja, trata-se apenas de uma lista com vários phrasal verbs que você vai querer decorar e no final o resultado será o mesmo: frustração por ter comprado mais um material que serviu para mostrar que você é simplesmente incapaz de aprender phrasal verbs.

Não encare esses materiais como soluções definitivas. Ele servem como referência de aprendizado. Mas, não como soluções milagrosas. Nada contra o material ou seu autor.tenho contra vender isso como água santa do Rio Jordão que resolverá seus problemas com os phrasal verbs.

Ufa! Acho que é isso! Caso você ainda tenha alguma dúvida sobre esse assunto, acesse o site e envie sua pergunta. Você pode ainda mandar sua dúvida pelo Facebook ou Instagram. Basta procurar por Inglês na Ponta da Língua nessas redes e você nos encontrará por lá.

Well, thanks a bunch for listening. So, take care and keep learning!

Como dizer será que em inglês?

Este é mais um episódio do Inglês na Ponta da Língua Podcast. Nele você aprenderá como dizer será que em inglês. Além disso, você aprenderá também como dizer “por que será que…?”, “onde será que…?”, “quem será que…?”,  “como será que…?” e  “o que será que…?”.

Para ouvir esse podcast, clique no botão abaixo. Se preferir, você pode ainda assistir ao vídeo logo abaixo do botão de áudio. Enfim, são várias as maneiras que você tem para ficar com seu Inglês na Ponta da Língua.

Chega de conversa e vamos à dica!

Será Que em Inglês (áudio)

Será Que em Inglês (vídeo)

Será Que em Inglês (texto)

Hello guys! Here we are again with another Inglês na Ponta da Língua Podcast. On this episode, I’ll be answering a question that I’ve been asked most often here on the blog: how can we say “será que” in English? To make it much more interesting, I’ll also teach you how to say “por que será que…?”, “onde será que…?”, “como será que…?”, “o que será que…?” e “quem será que…?”. So, sit up straight and pay attention! I hope you enjoy this tip.

Será que em inglês

In Portuguese, when we are not so sure about something, it is common to ask a question using the sentence “será que…?”. To give you an idea of what I’m talking about let me give you some examples:

  • Será que isso vai funcionar?
  • Será que ele vai vir pra festa?
  • Será que ela vai conseguir?
  • Será que eles já chegaram em casa?

Notice that the sentence “será que…?” is being used to express doubt about something or to show that you’re worried about something or someone. If you speak Portuguese, I’m sure you know how that works. But, what about in English? How do we say that in English?

This very same idea is usually expressed in English by using the expression “I wonder if…”. The interesting thing here is that in Portuguese, we ask a question: “será que…?”. But, in English, they just say “I wonder if…” and that it’s not a question.

So, the example sentences I gave above will be said as follow in English:

  • I wonder if that is going to work. (Será que isso vai funcionar?)
  • I wonder if he is coming to the party. (Será que vai vir pra festa?)
  • I wonder if she’s going to make it. (Será que ela vai conseguir?)
  • I wonder if they got home already. (Será que ele já chegaram em casa?)

As you can see, it’s really easy to say “será que…?” in English. All you have to say is “I wonder if…”. Before going on, I have to add here that some people also say “I wonder whether…”. There’s no difference between them. So, you can say, “I wonder if…” or “I wonder whether…”. The meaning will be exactly the same. However, “I wonder if…” is much more common than “I wonder whether…”.

Quem será que em inglês

Now let’s say you want to say “quem será que…?” What would you say? How do they say that in English? Pretty easy! Just say “I wonder who…”. No big deal, right? Just use the expression “I wonder” and the word “who”, which means “quem”, after it and that’s it. Listen to the examples:

  • I wonder who did that to her. (Quem será que fez isso com ela?)
  • I wonder who told him that. (Quem será que contou isso pra ele?)
  • I wonder who she’s going to get married to. (Com quem será que ela vai se casar?)

Por que será que em inglês

What about “por que será que…?”? How to say that in English? Well, think about it! All you have to do is to use the expression “I wonder” with the word “why”. So, you’ll have “I wonder why…”. Again, listen to the examples:

  • I wonder why they are crying. (Por que será que elas estão chorando?)
  • I wonder why he’s here. (Por que será que ele está aqui?)
  • I wonder why she did that. (Por que será que ela fez isso?)

Como será que em inglês

If you want to say “como será que…?”, just say “I wonder how…”. Notice that once more, we have the expression “I wonder” followed by the word “como” in English, which is “how”.

  • I wonder how they did that. (Como será que eles fizeram isso?)
  • I wonder how she’s getting on. (Como será que ela está se virando?)
  • I wonder how he got here first. (Como será que ele chegou aqui primeiro?)

Onde será que e O que será que

By now, I guess you already got the idea. What you have to do is to use the expression “I wonder” and change the wh-question word after it. So, to say “onde será que…”, use “I wonder where…”; “o que será que…?”, say “I wonder what…”.

  • I wonder where she is now. (Onde será que ela está agora?)
  • I wonder where they went to. (Onde será que eles foram?)
  • I wonder what she wants now. (O que será que ela quer agora?)
  • I wonder what she told him. (O que será que ela disse pra ele?)

In short

Pretty easy, right? The secret, if we can call it a secret, is to use the expression “I wonder” and the exact wh-question word after it. Nothing too hard, is it? To make it simpler, let me put all I’ve said so far in a different way:

  • To say “Será que say…?”, say “I wonder if
  • To say “Quem será que…?”, say “I wonder who
  • To say “Por que será que…?”, say “I wonder why
  • To say “Como será que…?”, say “I wonder how
  • To say “O que será que…?”, say “I wonder what
  • To say “Onde será que…?”, say “I wonder where

So, what do you think? Easy? Hard? Anyway, get used to these expressions. Use them whenever you have the chance to. Search the web for some more examples. Write your own examples on your lexical notebook. Make them part of your active vocabulary. I’m sure you’ll be using them naturally really soon.

Well, that’s it for today, boys and girls. Before saying goodbye, I want to invite you to download other episodes of Inglês na Ponta da Língua Podcast on www.inglesanpontadalingua.com. Just go there and learn much more. If you’re listening to our podcasts on iTunes, please let me know what you’re thinking about all that work here. Just give me some feedback so that I can make it better for you. Ok, then! See you next time with another Inglês na Ponta da Língua Podcast. Take care!