Professor de Inglês Nativo ou o Brasileiro?

Quem é o melhor: o professor de inglês nativo ou o brasileiro? Você já se fez essa pergunta? Já teve essa dúvida? Afinal, é melhor ter aulas com um falante de inglês nativo ou com um professor brasileiro que fala inglês?

Acredite se quiser mas esse é um dos mais antigos mitos dentro da área de ensino de inglês. Mito criado por falantes nativos e que hoje é perpetuado aos montes por estudantes de inglês (principalmente no Brasil) e também por marqueteiros que se fazem valer dessa falácia para vender suas aulas.

Um Velho Mito

Houve uma época na qual os professores de inglês no Brasil não tinham acesso à quantidade de informações e materiais que temos hoje. Assim, a qualificação profissional era difícil e extremamente cara. Dessa forma, só eram tidos como excelentes professores de inglês o falante nativo, tendo ele qualificação ou não. Por outro lado, também eram tidos como excelente professores aquele brasileiro afortunado que passou uns tempos (um mês, três meses, seis meses, etc.) no Estados Unidos ou Inglaterra e voltava ao Brasil dizendo ser professor de inglês.

» Leia também: Professor Particular de Inglês – vale a pena?

Professor de Inglês Nativo ou o Brasileiro?Felizmente, as coisas hoje mudaram. Atualmente, temos acesso há muitos livros, muitas informações e, melhor ainda, temos contato com profissionais nativos e não-nativos no mundo todo. Profissionais que se rivalizam, mas se respeitam mutuamente e cuja preocupação é melhorar cada vez mais e mais em prol dos estudantes de inglês.

Portanto, a velha “guerra” professor de inglês nativo ou brasileiro simplesmente deixou de existir. Por quê?

Qualificação Profissional Constante

Os professores brasileiros que ensinam inglês – aqueles que são profissionais e se preocupam em se qualificar profissional – procuram melhorar cada vez mais. Procuram superar suas dificuldades e assim se tornarem grandes profissionais.

Já os professores nativos procuram também se qualificar profissionalmente e melhorar suas habilidades pedagógicas. Afinal, falar a língua não é a única coisa que torna alguém um professor de línguas. É preciso conhecer a teoria de ensino, a prática pedagógica, os caminhos que levam o aprendiz a um melhor aprendizado e muito mais.

No vídeo abaixo, eu – Denilso – falo um pouco mais sobre isso. Tento mostrar que esse mito do professor de inglês nativo ou o brasileiro simplesmente é uma lenda que não tem porque continuar existindo em pleno século 21.

Assista ao vídeo! Se gostar, curta! Se tiver algo a dizer, comente! Afinal, estamos todos aqui para aprender juntos e justos derrubarmos mitos que deveriam ficar lá no passado.

Professor de Inglês Nativo ou o Brasileiro?

E aí!? O que você pensa sobre isso tudo? Deixe seu comentário na área abaixo! That’s all for now! Bye bye, take care and keep learning!

Artigos Relacionados
Comentários