Vocabulário Específico: Condomínio

Na dica que dei sobre o significado da expressão “in good standing mencionei a palavra “condomínio”. Várias pessoas então resolveram perguntar como é que se diz isso em inglês. Portanto, vamos aproveitar para falar um pouco sobre esse tema. Na dica de hoje, você vai aprender também como dizer “pagar o condomínio”, “condômino” e “síndico” e coisas do tipo. Assim, we kill many birds with one stone.

Para início de conversa, anote aí que em inglês temos a palavra “condominium”. De acordo com o Logman Dictionary of Contemporary English, há duas definições para essa palavra:

  1. one apartment in a building with several apartments, each of which is owned by the people living in it (um apartamento em um prédio com vários apartamentos, sendo que cada apartamento é propriedade das pessoas que nele mora)
  2. a building containing several of these apartments (um prédio com vários apartments desse tipo)

Portanto, você pode dizer “I live in a condominium” ou apenas “I live in a condo”. Isso aí equivale a dizer que você mora em um prédio residencial. Aqui no Brasil também temos os tais “condomínios fechados”, que não são prédios, mas sim uma área aberta na qual há casas cercadas por um único muro  e com entrada controlada. Esse tipo de condomínio é amplamente conhecido como “gated community”: She has a house in a gated community (Ela tem uma casa em um condomínio fechado).

Condomínio em Inglês

Para ampliar ainda mais o seu vocabulário, anote aí que para dizer “pagar a taxa do condomínio” o que você precisa saber é a expressão “pay the condo fee”. Essa “condo fee” é a “taxa do condomínio”, também conhecida como “maintenance fee” ou “service fee”. Essa taxa é paga para ajudar na manutenção do prédio (maintenance of the building), pagar os salários (pay the salaries) dos porteiros (concierges), zeladores (groundskeepers) e outros funcionários que o condomínio tenha e também para manter alguns luxos como piscina (pool), academia (gym), salão de festas (party hall, banquet hall), playground, etc.

Os “condôminos” são chamados de “dwellers”. A palavra “dweller” pode também ser traduzida como “morador” em outros contextos. O sujeito que administra (gerencia) o prédio (condomínio) é chamado de “manager” (síndico). Esse pessoal todo é quem decide as regras do condomínio. Essas regras são registradas em um documento conhecido como “Estatutos do Condomínio”, que em inglês é Covenants, Conditions and Restrictions (CC&Rs).

O estatuto do condomínio estabelece regras sobre “animais” (pet ownership), “barulho” (noise level), “reformas” (remodeling projects), “locação” (renting)  e outros pontos considerados essenciais para  que todos convivam em harmonia dentro do condomínio.

Por fim, vale falar um pouco sobre alguns funcionários de um condomínio. Algumas pessoas traduzem “porteiro” e “zelador” como “doorkeeper” e “janitor”. De certa forma, não há nada de errado nisso. No entanto, o problema está no contexto.

De acordo com os dicionários e inúmeros falantes nativos da língua, o “doorkeeper” é responsável apenas por abrir e fechar a porta principal de um prédio para que as pessoas entrem ou saem. No caso dos condomínios, o porteiro não fica apenas cuidando da porta. Ele cuida do entra e sai de pessoas, dá recados para os moradores, faz a entrega de correspondências (se preciso) e outras coisas mais. Logo, a palavra em inglês será “concierge”.

Já o “janitor”, ou “caretaker” no inglês britânico, é, em geral, o zelador de escolas e hospitais.  Em um condomínio esse funcionário cuida da limpeza do pátio e de algumas outras partes do prédio. Portanto, o melhor termo, de acordo com a National Association of REALTORS® (Associação Nacional de Corretores de Imóveis) é “groundskeeper”.  Alguns condomínios também tem um “handyman”, que é o famoso “faz-tudo” ou “quebra-galho”. Trata-se do sujeito que resolve os perrengues mais emergenciais do prédio (encanamento, eletricidade, pintura, consertos de paredes, etc.).

É isso por hoje! Acho que agora você já tem um pouco mais de noção sobre como falar sobre condomínio em inglês.

Artigos Relacionados
Comentários