A Diferença Entre Uso e Forma

Na semana passada, comecei a escrever algumas dicas sobre a diferença entre o Past Simple e o Past Participle. Como não poderia deixar de ser, os dois textos acabaram gerando dúvidas e consequentemente a necessidade de mais dicas sobre o assunto.Ao ler comentários, emails e conversas com alguns leitores via nossa página no Facebook, notei que a grande maioria dos leitores se confunde com a diferença entre duas coisas importantes na gramática da língua inglesa: Forma e Uso. Assim, decidi escrever sobre isso e ajudar a esclarecer um pouco mais as coisas. Afinal, entender a diferença entre Forma e Uso é primordial para que você entenda os tempos verbais em inglês. Vamos lá então!

Sempre que você aprende um tempo verbal em inglês, os professores (e livros) costumam dar muita atenção à forma. Ou seja, o foco geralmente fica no modo como o tempo verbal é formado. Esse estilo de ensino é o que chamamos de “focus on form teaching” ou “focus on form method”. Para exemplificar isso, vamos usar o famoso Present Perfect.

Ao pegar um livro de gramática, apostila de curso, etc., você certamente encontrará algo assim: “para formar o Present Perfect em inglês você precisa do verbo auxiliar ‘have’ seguido do Past Participle do verbo principal”. Para facilitar, alguns livros até resumem isso a uma fórmula matemática: have (Present Simple) + verbo (Past Participle) = Present Perfect.

A intenção nessas explicações é a de mostrar apenas o modo como o tempo verbal Present Perfect é formado. Ou seja, o objetivo é a de ensinar a forma do tempo verbal. O foco está na formação do tempo verbal (focus on form). No caso do Present Perfect, a intenção é a de mostrar que a forma dele será “have/has + Past Participle de outro verbo”. Por exemplo:

  • I have walked
  • You have walked
  • She has walked
  • He has walked
  • We have walked
  • They have walked

O significado (o uso) do Present Perfect nas “frases” acima não me interessa nem um pouco. O que me interessa é saber que estou usando “have/has + Part Participle do verbo walk (walked)”. Meu foco está na formação (forma) do Present Perfect. Só isso e nada mais! Note que para formar o Present Perfect foi preciso escrever o verbo “have” (has) seguido de “walked” (que é o verbo ‘walk’ escrito no Past Participle). Essa é a formação (forma) – o jeito como escrevemos – o Present Perfect em inglês.

Já o uso é outra coisa. Quando falamos de uso, estamos nos referindo ao modo como o tempo verbal é usado na prática. Assim, ao dizermos que o Present Perfect é usado em tal e tal situação, estaremos nos referindo ao uso dele e não à forma.

Aprender a formação (forma) de um tempo verbal é muito mais fácil do que aprender seu uso. Nas escolas, os professores geralmente focam muito mais na forma; já o uso muitas vezes é deixado de lado. Por isso, você tem a sensação (ou mesmo a certeza) de saber escrever o Present Perfect em inglês, mas não ter a menor ideia de como usá-lo na prática.

Lembre-se: Forma e Uso são coisas bem diferentes. Você pode saber tudo sobre a forma de um tempo verbal, você pode saber como escrevê-lo, você até o reconhece em textos; mas, em se tratando do uso (de colocá-lo em prática) você pode ficar completamente perdido e sem rumo.

Uma coisa que tentei deixar claro nos textos anteriores é que o Past Participle é apenas um jeito de escrevermos os verbos em inglês. O Past Participle ajuda na formação (forma) de outros tempos verbais (ou estruturas gramaticais específicas).

O Past Participle serve para formar tempos verbais como o Present Perfect, mas não se relaciona em nada ao uso (significado) do Present Perfect. O que tento dizer nos textos anteriores é que o Past Participle é apenas o Past Paticiple e nada mais. O Past Participle é um acessório que ajuda na formação (forma) de estruturas gramaticais específicas.

Assim, saiba que ao aprender um tempo verbal em inglês (ou alguma estrutura gramatical), você tem de entender que há uma forma e vários usos possíveis. O Past Participle está mais ligado à forma do que ao uso.

Espero ter deixado isso mais claro. Agora, recomendo que você releia os dois textos anteriores a para entender melhor a diferença entre Past Simple e Past Participle. Creio que as coisas começarão a fazer um pouco mais de sentido. Prometo voltar ainda com mais dicas sobre esse assunto e assim esclarecer as coisas um pouco mais.

Para encerrar, tenho de dizer aqui que essa questão de forma e uso é a diferença principal entre a minha Gramática de Uso da Língua Inglesa e as demais gramáticas de inglês que há no mercado. No livro Gramática de Uso da Língua Inglesa o foco está muito mais no uso das estruturas verbais do que na forma. Na minha gramática você aprende a usar o Present Perfect, Present Simple, Past Participle, etc., na prática e não para fazer análises gramaticais apenas.

Artigos Relacionados
Comentários