Forrando o estômago… enchendo o bucho…

Nossa língua portuguesa é repleta de expressões curiosas! Às vezes estamos tão acostumados com elas que nem ao menos as percebemos. “Forrar o estômago” é uma destas, na minha opinião! Durante o período de carnaval fui acampar e esta foi uma das expressões que mais ouvi durante 4 dias! Vira e mexe, alguém dizia “opa, tá na hora de forrá o estômago“, “vamos forrá o estômago, galera“. Outras vezes era algo mais enfático “hora de enchê o bucho” (sei que em alguns lugares no Brasil usa-se “a pança“, “a barriga“, “a panturra“, “as tripas“, “o tanque“). Enfim, todas são expressões para se referir ao simples fato de que está na hora de comer algo.

Forrar o estômago” é para mim sinônimo de “fazer uma boquinha“, “fazer um lanchinho rápido” e até mesmo de “enganar o estômago“. Ou seja, comer algo leve, apenas para se ver livre daquela pequena sensação de fome. Neste caso, sei que em inglês posso dizer:

  • have a (quick) bite
  • grab a (quick) bite
  • have a (quick) snack
  • eat a (quick) snack

Já comer muito, ou seja, “encher o bucho“, “empazinar-se“, “comer a não mais poder“, “empanturrar-se“, “entupir-se de comida“, “comer além da conta“, “encher o c* de comida” e sabe se lá quantas expressões o brasileiro é capaz de usar nestas horas dizemos:

  • to make a (real) pig (out) of oneself
  • to pig out
  • to stuff one’s face (with something)
  • to overeat
  • to gorge oneself (on/with something)

Agora vale dizer algumas coisas sobre as expressões acima. Primeiro, “to make a real pig out of yourself” é uma expressão bastante informal. Logo, evite usá-la em situações formais; o melhor é fazer uso dela apenas com pessoas mais achegadas, mais intimas, etc. Segundo, “pig out” também é bastante informal e refere-se ao fato de a pessoa comer mais do que o necessário. Terceiro, “stuff one’s face” é considerado como gíria, o que significa que seu uso também é restrito a situações mais informais. É possível dizer também “stuff oneself“, fazendo assim parceria com “gorge oneself“. A diferença é que com “stuff oneself” só é possível usar a preposição “with” e com “gorge oneself” você pode usar “with” ou “on” (tanto faz!). Finalmente, temos “overeat” que é termo neutro e não ofende ninguém; ou seja, pode ser usado em todas as circunstâncias para dizer “comer demais“.

Agora para facilitar mais ainda o aprendizado destas expressões, aí vão alguns exemplos:

  1. Let’s just grab a quick bite before we go! (Vamos só fazer uma boquinha rapidinho antes da gente ir!)
  2. Of course there are times that I make a real pig out of myself (Claro que tem vezes que eu encho o meu bucho)
  3. How many times a day do you overeat? (Quantas vezes por dia você come até não poder mais?)
  4. I ran into the mall next door and sutffed my face with a big, creamy slice of chocolate cake. (Fui até ao shopping mais perto de casa e me empanturrei com um enorme e cremoso pedaço de bolo de chocolate)
  5. We had gorged ourselves on burgers, so we couldn’t have the dessert. (A gente tinha enchido o c* de hamburgueres, então a gente não conseguiu comer a sobremesa)
  6. When she gets sad she pigs out on ice-cream. (Quando ela fica deprimida, ela enche a pança com sorvete.)

Acho que é isto o que tinha para hoje! O tema de comida é tão extenso que acho que vale a pena explorá-lo em outros artigos aqui no blog! Assim, fique experto, pois em breve teremos mais neste tema! Por enquanto, enjoy your meal and don’t make a pig out of yourself! It’s not healthy, you know…

Artigos Relacionados
Comentários