O que significa RUNNER UP?

Se você acompanhou as notícias sobre o Miss Universo 2015, deve saber que o apresentador Steve Harvey fez a maior lambança ao anunciar a vencedora do concurso. Pelo visto a culpa toda foi da palavra RUNNER UP. Portanto, continue lendo para saber o que significa RUNNER UP e assim não se confundir também.

Indo direto ao assunto, a palavra RUNNER UP (plural RUNNERS UP) geralmente significa SEGUNDO COLOCADO ou SEGUNDA COLOCADA em uma competição ou ainda VICE-CAMPEÃO (VICE-CAMPEÃ). Assim, você tem o vencedor ou vencedora – winner – e imediatamente após esse o(a) runner up. Veja a definição dada pelo Merriam-Webster à palavra RUNNER UP:

the competitor that does not win first place in a contest; especially: one that finishes in second place

Veja que RUNNER UP se refere geralmente ao segundo colocado (vice-campeão). Sem problemas, certo!? Continue lendo!

o que significa runner up?Curiosamente, em inglês podemos usar as seguintes combinações caso queiramos ser mais específicos na classificação: “the third runner up”, “the second runner up” (o terceiro colocado), “the first runner up” (o segundo colocado). E aí!? Como é que você traduz isso? Antes que você faça confusão, as traduções são:

  • the third runner up » o quarto colocado
  • the second runner up » o terceiro colocado
  • the first runner up » o segundo colocado 

Estranho, não é mesmo!? Algumas pessoas precisam de tempo para assimilar essa ideia! Logo, não é de estranhar que esse uso estranho das combinações com RUNNER UP e os números ordinais em inglês tenha dado um nó na cabeça do apresentador Steve Harvey.

Na imagem abaixo, você vê o cartão que ele tinha em mãos ao anunciar a grande vencedora do Miss Universo 2015.

runner up

Veja que no cartão, lemos que a 2nd Runner Up (terceira colocada) é a Miss USA, a 1st Runner Up (segunda colocada) é a Miss Colombia e a grande vencedora é a Miss Phillipines.

Não sei o que houve! Mas, acredito que o apresentador, tomado pela emoção e nervosismo do momento, acabou se enrolando com sua própria língua e entendeu tudo errado. Ou seja, ao ler “1st runner up”, ele pode ter achado que aquela era a grande vencedora do concurso. Ignorando assim a informação que estava no canto inferior direito do papel. Acredito que o uso da palavra RUNNER UP tenha sido a grande culpada pela confusão.

[ATUALIZAÇÃO 1] No site Reddit, há um thread no qual os falantes nativos (americanos) estão discutindo o assunto. Vários usuários concordam com a hipótese de que ele confundiu tudo ao ler 2nd Runner Up e 1st Runner Up. Para verificar isso, é só clicar aqui.

Enfim, o fato real é que a grande lição dessa história é a seguinte: se até mesmo um falante nativo consegue cometer uma gafe deste tamanho, por que é que nós estudantes e professores de inglês como língua estrangeira não podemos vez ou outra cometer um errinho? Herrar é umano, não é mesmo? Então, temos que aprender com esses erros.

Falando em aprender com os erros, aí está outra grande lição: você certamente não se confundirá com a palavra RUNNER UP em textos; afinal, com um erro desse tamanho você já deve ter aprendido o que significa RUNNER UP.

Só para encerrar a dica, anote aí que RUNNER UP pode ser escrito também com hífen: RUNNER-UP (plural RUNNERS-UP).

É isso aí, pessoal! Espero que tenham entendido bem o significado de RUNNER UP e assim não se enrolem como o Steve Harvey se enrolou. Se a o uso das palavras pregou uma peça nele, nunca saberemos. Mas, pelo menos serviu para aprendermos algo. Até a próxima e keep learning! 🙂

[ATUALIZAÇÃO 2] Segue abaixo o vídeo da confusão toda para quem ainda não viu. 🙂

Had Better: significado e uso

Hello, guys! Informo que tem dica nova em nosso canal no Youtube. No novo vídeo, explico em apenas dois minutos o significado e uso da expressão HAD BETTER.

Portanto, se você tem dúvidas sobre essa expressão ou se acha que ela está relacionada à gramática da língua inglesa, recomendo que assista ao vídeo. Para isso é só clicar aqui. ou assistir ao vídeo no fim desta dica.

Se você quiser aprender mais sobre HAD BETTER, recomendo que leia também as dicas do link abaixo:

Com a dica do vídeo e as dicas dos links acima, você vai aprender que HAD BETTER não é nenhum bicho de sete cabeças assim. Tudo o que você precisa é saber quando usá-lo no contexto correto. Portanto, não perca tempo. Assista ao vídeo, leia as dicas e fique com seu Inglês na Ponta da Língua.

Por fim, conheça nosso canal no Youtube e se gostar dele inscreva-se! Afinal, a maioria de minhas dicas passarão a ser dadas por lá. Isso para facilitar o aprendizado. Conheça também o Inglês na Ponta da Língua Premium, uma área exclusiva para quem realmente quer conteúdo de qualidade para aprender inglês.

That’s it! 🙂

Acrônimos e Abreviações em Inglês

Acrônimos e abreviações são recursos bem comuns em qualquer língua do mundo. Portanto, nesta dica você aprenderá alguns acrônimos e abreviações em inglês que são usadas com certa frequência tanto na fala quanto na escrita.

Sem muita enrolação vamos à lista. Se quiser, leia depois a dica Gírias da Internet em Inglês e continue aprendendo sobre acrônimos e abreviações em inglês.

RSVP

Essa abreviação já é bem conhecida de muitos brasileiros. Ela vem do francês Répondez s’il vous plaît e significa “responda, por favor”. Costuma ser usada em convites e trata-se, claro, de uma forma educada de pedir à outra pessoa que confirme sua presença no evento para o qual está sendo convidado. Em inglês, nós devemos falar isso usado o som das letras do alfabeto em inglês.

A.M. e P.M.

Todo estudante de inglês já se deparou com essas duas abreviações . Mas, o que elas realmente significam?

A.M. (ou ainda am) é a abreviação de Ante Meridien, expressão latina cujo significado é “antes do meio-dia”). Já, P.M. é a abreviação de Post Meridien, cujo significado é “após o meio-dia”. Como você bem deve saber essas duas abreviações são geralmente usadas em relação às horas: 8 a.m. (8 da manhã), 8 p.m. (8 da noite), 12:30 p.m. (12:30 da tarde) etc.

BC e AD

BC refere-se ao período Before Christ (Antes de Cristo) e AD refere-se a Anno Domini  (algo como o nosso depois de Cristo).  Uma coisa interessantes é que o termo BC. é sempre colocado após o ano: 545 BC. Já no caso de AD, ele será colocado antes dos anos 1 a 999: AD 35, AD 412, AD865. Menos comum que AD, há ainda – em alguns locais – a abreviação AC para se referir ao anos after Christ (depois de Cristo). Portanto, não faça confusão caso encontre a abreviação AC sendo usada em algum lugar! Essa opção existe pois para algumas pessoas (historiadores, por exemplo) a sigla AD refere-se apenas ao período no qual Cristo estava presente em vida aqui na terra: ano 1 aos ano 33. Depois de sua morte, essa turma prefere usar o termo AC. Enfim, essa é uma discussão boba; mas que pode ajudar você a entender um texto quando estiver lendo.

ASAP

A boa e velha abreviação de As Soon As Possible – o mais rápido possível. O curioso de ASAP é que algumas pessoas a dirão soletrando as letras separadamente – A, S, A, P. Já outras pessoas a dirão como se fosse uma palavrinha mesmo – asap.

DIY

Esse tal de DIY se tornou conhecido em muitas partes do mundo. Afinal, o número de pessoas que passaram a fazer pequenos consertos em casa sem ter de recorrer a um profissional qualificado aumentou. Essas pessoas são adeptas do “Faça Você Mesmo”, que em inglês é Do It Yourself. As pessoas que fazem isso (e não são profissionais) são conhecidas como “do-it-yourselfers” ou “DIYers”.

B.Y.O.B.

Essa aqui é a favorita de muita gente que conheço. Também costuma aparecer em convites para um get-together (encontro, churrasco, festinha) na casa de amigos. B.Y.O.B. é a abreviação de “Bring Your Own Bottle” ou “Bring Your Own Booze” – ou seja, traga a sua própria garrafa, traga sua própria bebida. Nem preciso falar mais nada; acho que você já entendeu.

ETA

Também usada para se referir a tempo (horários). ETA significa Estimated Time of Arrival, isto é, “tempo estimado de chegada” ou “horário provável de chegada”. É usada para informar às pessoas o horário que um avião, trem , carro, ônibus, metrô etc., chegará ao destino. O oposto de ETA é ETD, Estimated Time of Departure, horário estimado de partida.

i.e. e e.g.

Mais duas abreviações que surgiram do latim. São geralmente usadas em textos acadêmicos ou textos mais formais. A abreviação i.e. vem de “id est”, cujo significado é “ou seja”. Em inglês menos formal a gente pode dizer “that is” ou “in other words”. Já e.g. é a abreviação de “exempli gratia” e aparece para indicar os exemplos que serão dados; no inglês menos formal o comum é usar “for example” ou “for instance”. Vale a pena aprender a diferença entre i.e. e e.g.; afinal, tem muito falante nativo de inglês que se enrola com o uso dessas duas. Portanto, aprenda para ensinar a eles quando tiver a oportunidade.

Pronto! Acabamos de ver alguns acrônimos e abreviações em inglês que costumam ser usados com frequência. Agora continue lendo para saber a diferença entre acrônimo e abreviação.

Acrônimo ou Abreviação?

Acrônimos e Abreviações em InglêsUm acrônimo é uma abreviação que virou uma palavra normal dentro da língua. Por exemplo, a palavra RADAR tem sua origem nas iniciais de RAdio Detecting And Ranging. Ninguém fala RADAR soletrando as letras separadamente; RADAR é sempre dita como se fosse uma palavra. Portanto, RADAR é um acrônimo.

Já CNN e BBC são exemplos puros de abreviações. CNN é a abreviação de Cable News Network e BBC de British Broadcasting Company. Nos dois casos, nós soletramos as letras que formam o nome das empresa: CNN e BBC. Portanto, tratam-se de abreviações e não de acrônimos; pois, o acrônimo é uma abreviação que virou uma palavra.

Assim, podemos dizer que todo acrônimo é uma abreviação, mas nem toda abreviação é um acrônimo.

O termo ASAP, visto acima, é um exemplo de algo que para alguns é um acrônimo, mas para outros uma abreviação. Como dito acima, algumas pessoas falam ASAP como se fosse uma palavra – algo como eicép; já outras pessoas preferem falar apenas soletrando as letras individualmente: ei, és, ei, pi.

Acho que é isso! Agora você já está por dentro do mundo dos acrônimos e abreviações em inglês. Portanto, até a próxima!

P.S.

Essa abreviação nada tem a ver com Pronto Socorro (E.R. em inglês – Emergency Room). P.S. vem da expressão latina “post script” e é usada no final de um email ou correspondência para acrescentar uma informação extra (algo que deveria ter sido dito anteriormente, mas o autor esqueceu e só lembrou no fim). Tem também P.P.S., post post script. Colocado após o P.S. para acrescentar outra informação após o P.S.

Os 10 Verbos Irregulares Mais Usados em Inglês

Esta dica não tem o objetivo de apenas ser uma lista dos verbos irregulares mais usados em inglês. Acima disso, o objetivo é dar a você uma ideia de método de estudo para você saber como aprender e usar esse verbos naturalmente em inglês. Afinal, o que você quer é aprender inglês para fins comunicativos e não para fazer análise gramatical, não é mesmo? Então, continue lendo!

» Leia também: Verbos Irregulares e Verbos Regulares 

Hoje em dia, nós temos como pesquisar quais são as palavras mais usadas tanto no inglês falado quanto no escrito. Portanto, quando dizemos que a palavra mais usada no inglês escrito é o artigo definido the, significa que fizemos uma análise do uso da língua para chegar a essa conclusão. Para saber mais sobre como isso é feito, leia a dica Linguística de Corpus.

Assim, por meio dessas pesquisas, é possível compilar duas listas dos verbos irregulares mais usados em inglês. Mas, cada uma delas tem um diferença tremenda no que diz respeito à dica de método de estudo que vou ensinar aqui.

As duas listas foram feitas levando em conta: 1) apenas a forma base dos verbo (o modo como eles são escrito sem conjugação alguma); e, 2) as formas irregulares mais comuns.

Dessa forma, ao pesquisarmos apenas a forma base dos verbos os 10 verbos irregulares mais comuns são:

  1. have
  2. think
  3. be
  4. get
  5. go
  6. mean
  7. see
  8. say
  9. take
  10. put

Verbos Irregulares Mais Usados em InglêsO problema da lista acima é que ela se refere ao verbos em suas formas naturais: sem conjugação. A lista é composta de verbos irregulares, mas se referindo apenas ao uso deles dessa maneira: sem ser a forma irregular propriamente dita.

Se observarmos apenas a forma irregular, a lista ficará um pouco diferente:

  1. was
  2. had
  3. got
  4. were
  5. did
  6. been
  7. said
  8. put
  9. went
  10. done

Nessa nova lista, temos as formas irregulares mais comuns dos verbos. Veja que agora a primeira palavra é was e não have como na anterior.

Mas, para que serve isso? Qual é a vantagem de saber disso? Em que isso mudará o seu aprendizado de inglês?

Se você está aprendendo inglês para fins comunicativos, saiba que saber isso fará uma grande diferente nos seus estudos. Caso seu desejos seja falar e entender inglês, use essa segunda lista para saber como cada uma dessas palavras palavras é usada naturalmente no dia a dia de quem fala inglês. Foque seus estudos nas expressões, collocations, phrases e estruturas gramaticais com essas palavras (verbos).

Vamos colocar essa teoria na prática e assim entender melhor a ideia.

Na lista acima, vemos que was é a forma irregular mais frequentemente usada em inglês. Saber apenas isso não é o suficiente. Você pode ir além e estudar como essa palavrinha é usada em inglês. Isso é o que chamamos de aprender a gramática de uso da língua inglesa. Isso significa que você não aprende apenas o fato de que was é a forma irregular do verbo to be no Past Simple. A ideia não é analisar a língua tecnicamente; mas, pegar a palavra was e começar a usá-la naturalmente e dentro de seus contextos.

Para aprender isso, você precisará ter um bom dicionário de inglês e  se envolver com a língua inglesa o máximo possível.

Você pode anotar em seu lexical notebook algumas informação sobre os significados e usos da palavra was.

» WAS = estava

  • I was at home. (Eu estava em casa.)
  • She was studying English. (Ela estava estudando inglês.)
  • Was he at the party? (Ele estava na festa?)
  • It was raining. (Estava chovendo)
  • Who was there? (Quem estava lá?)
  • Márcio wasn’t very happy. (O Márcio não estava muito feliz.) [wan’t » was not]

» WAS = foi (foi feito)

  • This house was built in 1975. (Esta casa foi construída em 1975.)
  • Paper was first used in China. (O papel foi usado pela primeira vez na China.)
  • The Mona Lisa was painted in 1506. (A Mona Lisa foi pintada em 1506.)

WAS = estivesse ou fosse (em sentenças com if)

  • If I was rich, I’d buy a new house. (Seu eu fosse rico, eu compraria uma casa nova.)
  • If she wasn’t a bad girl, I’d help her. (Se ela não fosse uma má garota, eu a ajudaria.)
  • If it wasn’t for you, I don’t know what I’d do. (Se não fosse por você, eu não sei o que faria.)

[Vale lembrar que de acordo com a gramática forma da língua inglesa, o correto é dizer “if I were…”, “if she were…”, “if it were” etc. Leia mais em “Was ou Were?]

Claro que algumas dessas informações você aprenderá ao longo dos seus estudos. Não será tudo de uma vez. Contudo, garanto que é bem melhor do que ficar decorando a teoria gramatical. Fazendo assim, você estará aprendendo a gramática dos verbos irregulares do inglês de modo mais natural.

Com o tempo você aprenderá também algumas expressões (phrases) comuns com was:

  • I was born [in Paraná]. » Eu nasci [no Paraná].
  • Where was she born? » Onde ela nasceu?
  • Where was he born? » Quando ele nasceu?
  • I wish I was there. » Quem dera se eu estivesse lá.
  • As I was saying… » Como eu estava dizendo…
  • [Sandro] was telling me… » [O Sandro] estava me dizendo que…

Essa é uma abordagem bem diferente para você aprender os verbos irregulares em inglês. Ao invés de decorar a tabela de verbos irregulares, que tal começar a aprender os significado e usos de cada forma como visto acima?

Pode parecer que dá mais trabalho aprender assim. Mas, saiba que será muito mais divertido, produtivo, comunicativo, natural. Muito melhor do que decorar algo como:

  • be | was/were | been
  • have | had | had
  • get | got | got/gotten
  • do | did | did
  • say | said | said

É para isso que serve essa lista dos verbos irregulares mais usados em inglês. Embora sejam apenas 10 verbos, saiba que você pode aprender muito sobre eles. Sem contar que você estará aprendendo o uso natural de cada palavra e não apenas decorando aquela teoria gramatical sem sentido. Você está aprendendo gramática, mas a gramática de uso. Experimente!

» Leia também: Para que servem os verbos irregulares?

That’s all for now, guys! Gostou da dica!? Quer deixar um comentário!? Então, é só escrever na área de comentários aí abaixo! Caso tenha alguma dúvida, registre aí abaixo também. Estou aqui para ajudar você a ficar cada vez mais com seu Inglês na Ponta da Língua. Até a próxima! 😉

Already, Still e Yet com o Present Perfect

Muitos estudantes de inglês fazem uma grande confusão com o uso de already, still e yet com o Present Perfect. Na maioria das vezes, a confusão se dá pelo simples fato de se apegarem muito às regras gramaticais. Saiba que o segredo para aprender isso está apenas no uso natural da língua. Portanto, leia esta dica para aprender quando usar corretamente as palavras already, still e yet com o Present Perfect.

Ah! Se quiser aprender mais sobre o Present Perfect e entenda-lo de uma vez por todas, considere adquirir o ebook PRESENT PERFECT: desvendando os segredos (com áudio). Saiba mais, clicando aqui.

Ok! Vamos agora aprender sobre essa coisa de already, still e yet com o Present Perfect. Mas, para ficar tudo bem fácil, imagine que alguém faça a seguinte pergunta para você:

Have you seen The Martian yet?

Already, still e yet com o present perfectVeja que temos aí o Present Perfect na interrogativa e a palavra yet no final. Nesse caso, a pessoa que faz a pergunta supõe que você está planejando ver o filme (tem a intenção de assití-lo) em algum momento. Se ela perguntar com um simples “Have you seen The Martian?”, ela quer apenas um sim ou não como resposta. No entanto, ao colocar yet no final, ela demonstra que quer puxar mais conversa.

Diante da pergunta, você poderá responder de três maneiras distintas. Cada uma dessas maneiras expressa uma ideia um tanto quanto diferente. Então, vamos por partes!

A primeira resposta poderá a que segue:

Yes, I’ve already seen it.

Aqui você informa que já viu o filme. Portanto, você e a outra pessoa (caso ela tenha assistido) poderão falar sobre o filme sem se preocupar comem estragar a história um para o outro. Poderão dizer o que gostaram e o que não gostaram no filme. Caso a outra não tenha visto, ela certamente falará que ainda não viu. Aí, o rumo da conversa será outro. Antes que eu me esqueça, saiba que você também pode falar assim: “Yes, I’ve seen it already”. Note a posição de “already” no final.

» Leia também: Quando usar ever ou already?

Você pode ainda dar a seguinte resposta à pergunta:

No, I haven’t seen it yet.

Ao falar assim, você deixa claro que ainda não viu o filme, mas planeja vê-lo. A palavra yet é usada aí para passar a ideia de ainda não. Aliás, uma informação extra: yet em 83% de seus usos no inglês falado ocorre em sentenças negativas e apenas 17% em sentenças interrogativas. Logo, você a ouvirá muito mais em sentenças negativas.

» Leia também: Qual a diferença entre already, yet e ever?

A terceira resposta que você pode dar é a seguinte:

No, I still haven’t seen it.

Agora a ideia que você passa para quem pergunta é que você já se planejou para ver o filme, mas algo sempre acontece e impede a sua ida ao cinema. Ou seja, faz dias que você quer ir ver o filme, mas por algum acaso ainda não conseguiu. a palavra still em sentenças negativas ocorre com muita frequência nesse caso e a ideia é justamente de dizer que você já planejou algo, mas ainda não conseguir realizar o que queria. Isso, claro, sempre com o Present Perfect.

» Leia também: O uso de STILL em sentenças negativas

Acima, eu usei o contexto de cinema. No entanto, saiba que essas observações servem para qualquer contexto no qual você tenha de usar already, still e yet com o Present Perfect. Veja:

  • Have you talked to him yet? [acredito que você queira e talvez esteja planejando isso]
  • I’ve already talked to him. | I’ve talked to him already. [já falei e está tudo certo]
  • I haven’t talked to him yet. [ainda não falei, mas planejo falar em breve]
  • I still haven’t talked to him. [já planejei tudo aqui, mas ainda não tive a oportunidade para isso]

E outra situação:

  • Have you bought the car yet? [acredito que você queira e talvez esteja se planejando para comprar o carro]
  • I’ve already bought the car. | I’ve bought the car already. [já comprei e ele está guardadinho ali na garagem]
  • I haven’t bought the car yet. [ainda não comprei, mas planejo comprar em breve só falta juntar mais uma graninha aqui]
  • I still haven’t bought the car. [já tenho a grana, já está quase tudo certo, mas como não estou com pressa ainda não fechei o negócio]

Sei que isso pode parecer algo bem esquisito! Mas, saiba que o uso das palavras e das estruturas gramaticais em inglês sempre expressam algo a mais do que aquilo que os livros de regras gramaticais dizem. Em outras palavras, nem sempre as coisas são como os livros dizem ser.

Gramatica de Uso da Lingua InglesaNo geral, esse é o tipo de coisa que você aprende se envolvendo com a língua inglesa. Portanto, o melhor a fazer é tirar a cara dos livros de regras gramaticais e partir para o uso da língua propriamente dito. Ou se preferir, tenha o livro Gramática de Uso da Língua Inglesa e aprenda a gramática do inglês sem as regras complicadas.

Esse livro está à venda em todo Brasil (basta pedir por ele em uma livraria em sua cidade) ou adquiri-lo em sites de vendas de livro como o Submarino. Aliás, se quiser verificar os preços e condições no Submarino, clique aqui.

That’s all for now, guys! Lembre-se: aprender o uso de already, still e yet com o Present Perfect exige tempo e paciência. Então, vá com calma! 😉

A diferença entre INSIDE e WITHIN

Recebi um email no qual o leitor pergunta qual a diferença entre inside e within. Isso porque as duas podem ser traduzidas como “dentro”. Então, para tirar essa dúvida e saber quando usar inside e within em inglês, escrevi a dica abaixo. Fiz até uma atividade para você testar os conhecimentos.

Para ficar tudo mais fácil de entender, vamos ver o uso inside e within separadamente. Depois, no final, a gente tenta juntar tudo. Vamos lá!

INSIDE

Inside é uma palavra fácil de entender. Basta lembrar que ela se refere a “dentro” ou “dentro de” algum ambiente, objeto etc.:

  • What’s inside that box? (O que tem dentro daquela caixa?)
  • The keys were inside. (As chaves estavam dentro.)
  • It was raining. So, we had to go inside. (Estava chovendo. Então, tivemos de ir para dentro.)
  • There was a huge bat inside the room. (Tinha um morcego enorme dentro do quarto.)

Veja que não é nada tão complicado! Trata-se de um termo simples com um uso também simples. Portanto, vamos à próxima!

WITHIN

A Diferença entre Inside e WithinA palavra within é usada para se referir a período de tempo ou distância. Veja:

  • An ambulance arrived within minutes. (Uma ambulância chegou em minutos.)
  • She was back within the hour. (Ela voltou em menos de uma hora.)
  • The hotel is within a mile of the airport. (O hotel fica a menos de uma milha do aeroporto.)
  • The station is within walking distance . (Dá pra ir à pé até a estação.)

Nos casos acima a palavra within passa a ideia de que algo acontece dentro de um determinado período de tempo ou distância.

Portanto, quando alguém diz “within the hour” podemos interpretar como “dentro de uma hora” ou “menos de uma hora”. O mesmo vale para “within two kilometers”: “dentro de dois quilômetros” ou “menos de dois quilômetros”.

De modo geral, essa é a diferença entre inside e whithin com o sentido de dentro. Mas, vale ainda ficar sabendo que o termo within pode ser usado formalmente para se referir a “dentro de” um ambiente, espaço:

  • The changes within the department were really necessary. (As mudanças no departamento foram extremamente necessárias.)

Lembre-se que esse uso de within é algo formal. Logo, não tem como confundi-lo com inside, que é a palavra de uso mais comum e amplo.

COLLOCATIONS: INSIDE e WITHIN

Para não ficarmos apenas nisso, saiba que inside e within também possuem algumas combinações (collocations) que valem a pena serem aprendidas. Então, vamos a elas.

» Assista no Youtube: O que são collocations?

  • the inside » o lado de dentro, o interior
  • inside out » do avesso
  • turn something inside out » virar algo do avesso ou revirar algo
  • know something inside out » saber algo de trás para frente
  • my insides (informal) » meu estômago (também: your insides, his insides, her insides etc.)
  • an inside pocket » um bolso interno (um bolso do lado de dentro)
  • the inside lane » a pista da esquerda
  • inside information » informações confidenciais (obtidas dentro da própria instituição, empresa, grupo etc.)
  • within the law » dentro da lei

Para aprender melhor esses collocations, recomendo que você procure por exemplos com eles e os anote em seu caderno de vocabulário.

ATIVIDADE: INSIDE e WITHIN

Complete as sentenças abaixo com inside ou within. Observe o uso de cada uma e também as collocations.

  1. The company has acted ……………… the law
  2. Is there anything ……………… that package?
  3. The rooms ……………… the building have just been painted.
  4. Payment must be made ……………… 28 days.
  5. Little is known of events ……………… this mysterious country.
  6. You just don’t understand how I feel ………………
  7. Things will change ……………… a month.
  8. His T-shirt was ……………… out.
  9. Sheila is a strange girl. You never know what’s going on ……………… her head.
  10. The ……………… of the car was filthy.
  11. Why take a cab? The mall is ……………… walking distance.
  12. She knows the business ……………… out.
  13. The ……………… pages of the book were all blank.
  14. We live ……………… four miles of each other.
  15. Let’s go ……………… – it’s cold.

Antes de ler as respostas, aprenda só mais uma coisinha a respeito de inside e within.

Em algumas regiões onde o inglês é falado, é possível encontrar o uso de “inside” para se referir a tempo: “We’ll be there inside an hour”. Mas, isso é apenas em alguns locais. Portanto, continue usando “within” nesse caso pois é o que a maioria uso.

No mundo literário (poesias, romances, dramas, ficção e outros tipos de livros do gênero), a palavra within pode ser usada para se referir às partes internas do corpo ou mente de alguém: “A feeling of happiness grew within her”. Isso é só no contexto literário! Já no dia a dia, as pessoas certamente usarão “inside” nesse caso.

Agora, as respostas:

  • complete com inside as sentenças 2, 3, 5, 6, 8, 9, 10, 12, 13 e 15. As outras complete com within.

That’s all for now! Espero que você tenha entendido a diferença entre inside e within. Até a próxima! 😉

Need to do ou Need doing?

Depois do modal verb need devemos usar o próximo verbo com to ou ~ing? Ou seja, devemos escrever algo como need to do ou need doing? Se você tem dúvidas sobre esse assunto, continue lendo esta dica. Afinal, essa é uma das coisas que confunde muitos estudantes de inglês.

Para começar, vale dizer que need é um dos nove modal verbs em inglês. Caso queira saber um pouco mais sobre os modal verbs, assista ao vídeo “O que são modal verbs?” em nosso canal no Youtube. Você vai entender que essa coisa de modal verbs não é tão complicada o quanto parece.

Mas, é aí!? Quando devemos usar need to do ou need doing?

De modo geral, o modal verb need geralmente é seguido por um verbo com to. Para entender melhor, veja os exemplos abaixo:

  • They need to do something about it. (Elas precisam fazer algo a respeito.)
  • I need to change my tire. (Preciso trocar o pneu do carro.)
  • She needs to see you. (Ela precisa ver você.)
  • Do you need to talk about this right now? (Você precisa falar sobre isso agora?)
  • We don’t need to help them. You know that! (Não precisamos ajudá-los. Você sabe disso!)

Need to ou Need doing?Veja que em todos os exemplos acima, após o modal verb need, nós escrevemos o verbo seguinte com “to”: need to do, need to change, need to see, need to talk, need to help. Portanto, saiba que essa é a maneira mais comum de usar need em inglês.

No entanto, há um momento no qual podemos dizer need doing. Mas, não se preocupe pois isso é a coisa mais fácil que tem para se aprender sobre o uso do modal verb need. Vejamos!

Quando dizemos que algo precisa ser feito (need to be done), temos duas maneiras para expressar a ideia. Veja:

  • The TV needs to be fixed.
  • The TV needs fixing.

As duas formas estão corretíssimas e são comuns em inglês. No que diz respeito ao significado, não há diferença entre elas. Tratam-se apenas de maneiras diferentes para dizer a mesma coisa: a TV precisa ser consertada (ou, a TV precisa de conserto).

Essa forma com ~ing – need doing – só acontece quando podemos dizer que algo need to be done (precisa ser feito):

  • My room needs to be cleaned. » My room needs cleaning.
  • The screen needs to be adjusted. » The screen needs adjusting.
  • Her car needed to be washed. » Her car needed washing.
  • This T-shirt needs to be sewed. » This T-shirt needs sewing.
  • Does the piano need to be tuned? » Does the piano need tuning?
  • My cell phone needs to be recharged. » My cell phone needs recharging.
  • Maybe the filter needs to be cleaned. » Maybe the filter needs cleaning.

Jamais use essa estrutura – need doing – para se referir a algo que você vai fazer. Portanto, nada de dizer:

  • I need improving my English.

Nesse caso, não fará muito sentido. Pois é como se você estivesse dizendo “I need to be improved my English” (eu preciso ser melhorado meu inglês). Mas, saiba que você pode dizer assim:

  • My English needs improving.

Pois aí, seria como se você estivesse dizendo “My English needs to be improved” (meu inglês precisa ser aperfeiçoado, melhorado).

Para concluir, lembre-se:

  1. geralmente o modal verb é seguido por to: need to do, need to go, need to know, need to get etc.
  2. se puder trocar por need to be done, então você poderá trocar usar need doing

» Leia também: O uso de TO como preposições e infinitivo do verbo

That’s it! Acredito que agora você tirou suas dúvidas sobre quando usar need to ou need doing. Agora para ficar com isso na ponta da língua, você só precisa criar alguns exemplos e colocar isso realmente em prática. Portanto, keep learning! 🙂

O que significa travesty?

Se você leu a dica Texto em Inglês: Obama on Gun Violence, deve ter visto lá o uso da palavra “travesty”. Embora, eu tenha colocado a tradução, muitas pessoas perguntaram o que significa travesty. Portanto, se você também tem essa dúvida, continua lendo esta dica.

» Leia também: O que são falsos cognatos?

Antes, vale dizer que travesty nada tem a ver com travesti em português. Se sua intenção for a de expressar a ideia de travesti; então, use os termos transvestite ou cross-dresser. Sendo que transvestite é um termo formal; logo, no dia a dia o termo cross-dresser é mais comum. Tem ainda tranny, mas esse é considerado um termo pejorativo. Cuidado!

Mas afinal, o que significa travesty?

Vejamos a definição dada pelo dicionário Merriam-Webster:

something that is shocking, upsetting, or ridiculous because it is not what it is supposed to be

O que significa travesty?Em bom português: “algo que é revoltante, perturbador ou ridículo pois não é aquilo que deveria ser”. A tradução para travesty em português é: farsa, arremedo, imitação, zombaria grotesca, imitação grotesca, absurdo.

Para ficar bem fácil de entender, vou citar aqui  uma situação recente da política brasileira. Em Brasília foi lido e aprovado o relatório da CPI da Petrobrás. O relator da CPI não acusou nenhum político e faltou dizer que o escândalo da Petrobrás é fruto da imaginação dos oposicionistas.

Nesse caso, algumas pessoas podem dizer que o CPI toda foi uma travesty. Ou seja, uma grande farsa, uma marmelada, uma palhaçada, uma zombaria grotesca. O resultado final foi revoltante, perturbador e ridículo. A CPI da Petrobrás não foi aquilo que muitos esperavam ser.

» Leia também: Como dizer acabar em pizza em inglês?

É nesse contexto que usamos a palavra travesty em inglês. Será que ficou fácil de entender assim?

Veja abaixo alguns outros exemplos:

  • This is a travesty! (Isso é uma farsa! | Isso é uma palhaçada!)
  • The whole trial was a travesty of justice. (O julgamento inteiro foi uma farsa.)
  • It’s a travesty that someone who still has all of that in him isn’t able to communicate it. (É um absurdo que alguém que ainda tenha tudo isso dentro de si não seja capaz de passar em frente.)
  • The whole thing was a travesty! (A coisa toda foi uma farsa! | Foi uma tremenda marmelada!)
  • It is a travesty and a tragedy that so many people would be denied the right to vote. (É revoltante e uma tragédia que tantas pessoas sejam negadas o direito ao voto.)

» Leia também: Exemplos de Falsos Cognatos em Inglês

Agora que você já sabe o que significa travesty, nada de confundir com transvestite, cross-dresser, tranny. São palavras com usos bem diferentes.

Mas, calma aí! Os usos podem ser diferentes, mas o que dizer da origem delas? Será que elas compartilham algo em comum? Vejamos!

Travesty era, em 1670, usado para se referir a um trabalho literário que era cópia de um outro trabalho. Geralmente, uma cópia mal feita (uma farsa, um arremedo, uma imitação barata). Essa palavra teve origem no francês travesti cujo significado era algo como “vestido para enganar”, “vestido disfarçado”. Foi do francês que a palavra também chegou em português com o significado que conhecemos hoje: travesti. No entanto, em inglês, manteve o significado lá de 1670 que é o que você aprendeu acima.

Já o termo transvestite entrou na língua inglesa (lá em 1922) por vias alemãs. Transvestite vem do alemão transvestit usado, desde 1910, para se referir a uma pessoa (homem ou mulher) que tem o forte desejo de se vestir com roupas do sexo oposto. A origem da palavra está no latim: trans (outro), vestire (vestir-se). Logo, “vestir-se como o outro (sexo)”.

Pronto! E assim você aprende o significado de travesty e também um pouquinho da história dessa palavrinha que pode enganar muita gente ao ler um texto em inglês. Tenho certeza que você não será mais uma dessas pessoas.

Como dizer FICAR SEM em inglês?

Se você acha que para dizer ficar sem em inglês basta traduzir por stay without, saiba que você pode estar cometendo um erro. Pois, ficar sem em inglês não é stay without. Portanto, continue lendo para aprender o jeito certo!

Indo direto à resposta, anote aí que para dizer ficar sem em inglês, o mais natural é dizer:

go without

Trata-se de um phrasal verb que vale a pena você ter na ponta da língua. Então, para ajudar você a entender melhor seu uso, aí vão alguns exemplos:

  • Three villages have gone without water for three day. (Três vilarejos ficaram sem água por três dias.)
  • I didn’t have enough money to buy a new coat so I went without. (Eu não tinha dinheiro o suficiente para comprar um novo casaco, então fiquei sem.)
  • The children went without any shoes for several months. (A crianças ficaram sem sapatos por vários meses.)
  • Did you pay for health insurance on your own, or did you just go without? (Você mesmo pagou por um plano de saúde ou você ficou sem?)
  • I’d rather go without food than work for him. (Eu prefiro ficar sem comida a ter de trabalhar para ele.)
  • I’ve known what it is like to go without food for days. (Eu sei como é ficar sem comida por dias.)
  • I like to give my children what they want, even if I have to go without. (Eu gosto de dar aos meus filhos o que eles querem, mesmo que eu tenha de ficar sem.)
  • Seriously, how long can you go without your cell phone? (Sério mesmo, quanto tempo você consegue ficar sem seu celular?)
  • We were not well off but never went without a meal. (Não éramos bem de vida mas nunca ficamos sem comer.)
  • Well, if you can go a day without talking to me, go a couple more. I’m good. (Bom, se você consegue ficar um dia sem falar comigo, fique mais alguns.)

Como dizer FICAR SEM em inglês?Pronto! É assim que você falar ficar sem em inglês. O phrasal verb usado é go without; portanto, nada de sair por aí dizendo stay without nesses casos.

Mas, calma! Ainda não acabou. Tenho mais algumas coisinhas para ensinar a você.

Digamos que você queira dizer “ficar dias sem algo”, “ficar anos sem algo”, “ficar horas sem algo”. Enfim, você quer expressar o tempo. Como fazer?

Simples! Basta dizer “go days without”, “go years without”, “go hours without” e assim por diante. Vai depender, claro, da quantidade de tempo a ser informada. Vamos ver alguns exemplos:

  • They went thee months without having junk food. (Ele ficaram três meses sem comprar lanches, sanduíches e essas porcarias.)
  • My sister went for a month without eating chocolate. (Minha irmã ficou um mês sem comer chocolate.)
    I’m not a heavy drinker, I can sometimes go for hours without touching a drop. (Eu não sou um bebum descontrolado, às
  • vezes consigo ficar horas sem tomar uma gota.)
    Those guys can go for hours without coming up for air. (Aqueles caras conseguem ficar horas debaixo da água sem respirar.)

Se você é daqueles estudantes observadores, deve ter notado que os verbos após a palavra “without” são sempre escritos com o gerúndio (~ing). Se ainda não faz ideia do porquê disso, está na hora de ler a dica O Gerúndio no Inglês.

Para finalizar, anote aí que para dizer “não conseguir ficar um dia sem”, o ideal é que você dica “can’t go a day without”:

  • I just can’t go a day without reading Inglês na Ponta da Língua tips. (Eu simplesmente não consigo ficar um dia sem ler as dicas do Inglês na Ponta da Língua.)
  • She said she can’t go a day without thinking about you. (Ela disse que não consegue ficar um dia sem pensar em você.)
  • Name five things you can’t go a day without. (Liste cinco coisas que você não consegue ficar um dia sem.)

Se a ideia for dizer isso no passado, então é só trocar o can’t por couldn’t.

Ah! Esqueci de dizer que para dizer ficar sem em inglês também é possível usar o phrasal verb do without. Como não temos mais tempo, o jeito vai ser falar sobre esse “do without” em outra dica.

That’s all for now! Take care!

Os Adjetivos em Inglês | English Adjectives

Assim como em português, os adjetivos em inglês são aquelas palavras usadas para descrever pessoas, lugares, coisas, ideias, comportamentos etc. Palavras como beautiful, hot, ugly, expensive, cheap, big, small, cold, fat, thin, cool, awesome, weird e muitas outras são exemplos de adjetivos em inglês.

Até aí, tudo bem! A função é a mesma em português. Logo, não há segredos nisso. O problema é que os adjetivos em inglês possuem algumas diferenças de uso, so to speak, em relação ao português. É justamente sobre essas diferenças que vou falar nesta dica.

» Leia também: As Classes Gramaticais em Inglês

Gênero e Número

Diferentemente do português, os adjetivos em inglês não têm nem gênero e nem número. Ou seja, não tem sexo (masculino ou feminino) e nem mesmo quantidade (plural ou singular).

Calma! Você não precisa entrar em desespero com isso. As sentenças abaixo darão um exemplo do que as palavras estranhas do parágrafo acima querem dizer.

  • He is very rich. (Ele é muito rico.)
  • She is very rich. (Ela é muito rica.)
  • They are very rich. (Eles são muito ricos.)
  • Maria and Carla are very rich. (Maria e Carla são muito ricas.)

Veja que em inglês, a palavra rich permanece inalterada em todas as sentenças. Já em português, seu equivalente mudou de acordo com o sexo e a quantidade de pessoas sendo descritas: rico, rica, ricos, ricas. Tecnicamente, os adjetivos em inglês não possuem gênero e nem mesmo número. A palavra será sempre a mesma independentemente do sexo e da quantidade sendo descrita.

  • He owns a very expensive car. (Ele tem um carro bem caro.)
  • He owns a very expensive bike. (Ele tem uma bicicleta bem cara.)
  • He owns very expensive cars. (Ele tem carros bem caros.)
  • He owns very expensive bikes. (Ele tem bicicletas bem caras.)

Ordem dos Adjetivos em Inglês I

Outra diferença comum entre os adjetivos em inglês e em português é a ordem na qual eles são usados.

Em português, é muito comum dizermos casa bonita, menino inteligente, restaurante chique, dia frio. Ou seja, em português o adjetivo costuma ser colocado depois do substantivo. Já em inglês, devemos fazer o contrário: colocar o adjetivo antes do substantivo. Logo, as combinações que você acabou de ler ficarão assim em inglês:

  • beautiful house
  • intelligent boy
  • posh restaurant
  • cold day

Veja que os adjetivos – beautiful, intelligent, posh e cold – estão antes dos substantivos. Veja mais alguns exemplos:

  • naughty boy (menino danado)
  • excellent professional (profissional excelente)
  • English teenager (adolescente inglês)
  • interesting books (livros interessantes)
  • interesting stories (estórias interessantes)
  • sunny day (dia ensolarado)
  • cold night (noite fria)

Ordem dos Adjetivos em Inglês II

Uma coisa bem louca acontece com os adjetivos em inglês quando eles resolvem aparecer de monte em uma sentença. Por exemplo, digamos que você queira dizer o seguinte em inglês:

  • Ela tem um velho espelho chinês.

Veja que na sentença a palavra (substantivo) espelho tem duas qualidades (dois adjetivos): velho e chinês. Será que podemos dizer “She has an old mirror Chinese”? Podemos simplesmente traduzir as palavras e mantê-las na mesma ordem que temos em português?

Não! Não podemos!

Em inglês, os adjetivos costumam “respeitar uma ordem”. Portanto, a sentença acima deverá ser dita assim em inglês:

  • She has an old Chinese mirror.

Se formos traduzir palavra por palavra, ficaria “Ela tem um velho chinês espelho”.

Ok! Por que em inglês é assim?

Porque sim! Lembre-se que português é português e inglês é inglês. Essas duas línguas possuem origens e histórias bem diferentes. Não tem como elas serem iguais. Infelizmente, essas diferenças existem e nós temos de aprendê-las (nos acostumarmos com elas!).

Então, qual é a ordem dos adjetivos em inglês? Como eu sei qual usar primeiro?

Alguns gramáticos (e linguistas também) notaram que há um padrão, uma lógica (ou regras, se você preferir chamar assim). Essa lógica pode ser observada na imagem abaixo.

Ordem dos Adjetivos em Inglês

Nela você nota que se tiver mesmo de usar um monte de adjetivos para se referir a um objeto, pessoa, lugar etc., deverá seguir a seguinte ordem:

número (quantidade) » opinião (o que você acha) » tamanho/peso » idade » formato » cor » como foi feito (verbo/particípio) » origem (de onde veio) » material

Logo, você pode tentar dizer algo como o que segue:

  • I bought three beautiful big old round brown carved Italian wooden tables. (Sinto muito! Eu simplesmente me recuso a traduzir isso!)

Agora, as chances de alguém dizer uma monstruosidade dessa na vida real é a mesma chance que você e eu temos de ir à Lua amanhã de manhã. Ou seja, essa frase aí só existe mesmo para nós podermos dar aos estudantes de inglês uma ideia da ordem dos adjetivos em inglês.

Ok! Então, como é que uma pessoa normal diria tudo aquilo ali sobre a mesa?

Há várias maneiras, a minha (se é que sou normal!) seria mais ou menos a seguinte:

I bought three beautiful round tables last week. They are big, but they were carved in Italy. That’s what makes them even more interesting. I’ve always wanted to have an old wooden table at home. Now I have three. Can you believe it? Three tables! Oh! Did I mention the color? They are brown! Just the way I’ve dreamed.

Tenho certeza que ao terminar de falar isso, alguém dirá que sou louco. Mas, tudo bem! Se eu gosto de mesas com todas essas qualidades, eu tenho de expressar meu amor por elas. Mas, veja que além da loucura, as qualidades (os adjetivos) das mesas foram apresentados.

Há ainda outras coisas a serem ditas sobre os adjetivos em inglês. Mas, as informações são as mais importantes para você começar a se dar bem com isso em inglês. Assim, vamos deixar essas outras coisas para uma próxima dica, ok!? 😉

Qual o significado de EVER?

Qual o significado de ever? O que significa ever? Quando usar ever? Qual a tradução de ever para o português? Se você está procurando as repostas para alguma dessas perguntas, continue lendo esta dica.

O problema não está em saber qual o significado de ever. O que você realmente precisa aprender e entender é quando usar ever. Pois, de acordo com o uso, o significado de ever poderá ser diferente. Então, para facilitar aprenda quando usar ever.

A melhor coisa a fazer não é decorar regras, mas sim observar as frases ou expressões nas quais essa palavrinha é usada. Só assim você poderá compreender qual o significado de ever e quando usar ever corretamente. Vamos às principais!

Have you ever…?

Qual o significado de ever?A palavra ever costuma aparecer muita na frase “have you ever…?“, cujo significado é algo como “Você alguma vez na vida…?“. Podemos ainda traduzir por “Você já…?“, mas sempre com a intenção de saber se a pessoa já fez determinada coisa ao longo da vida. Veja os exemplos:

  • Have you ever done this? (Você alguma vez na vida fez isso? | Você já fez isso alguma vez?)
  • Have you ever met a famous person? (Você alguma vez na vida deu de cara com uma pessoa famosa? | Você já deu de cara com uma pessoa famosa alguma vez?)
  • Have you ever lived abroad? (Você alguma vez na vida morou no exterior? | Você já morou no exterior?)
  • Have you ever eaten tacacá? (Você já comeu tacacá alguma vez?)

Claro que você pode também dizer “has he ever…?“, “has she ever…?“, “have they ever…?“.Lembre-se que a ideia é saber se alguém em algum momento da vida já fez determinada coisa.

» Leia também: Quando usar EVER ou ALREADY?

Conditional Sentences

Ever também aparece bastante em sentenças que expressam uma condição. Nesse caso, dizemos que o ever entra para enfatizar o que está sendo dito. De modo bem simples, posso dizer a você que essas frases sempre terão a palavra if (se) por perto:

  • If you’re ever in town, just drop by. (Se você estiver pela cidade, me faça uma visitinha.)
  • Come and see us you’re ever in São Paulo. (Venha no ver se você for a São Paulo.)
  • If you ever do that again, you’ll be in huge trouble. (Se você voltar a fazer isso de novo, você se meterá numa tremenda encrenca.)

» Leia também: O que são Conditional Sentences?

Comparatives e Superlatives

Em sentenças comparativas e superlativas, a palavra ever servirá para passar a ideia de “que nunca” (ou “que antes”), “” ou “de todos os tempos“. A diferença estará justamente no tipo de sentença. Veja os exemplos a seguir e leia atentamente as traduções para você entender melhor isso:

  • I woke up the following morning feeling better than ever. (Acordei no dia seguinte me sentindo melhor que nunca.)
  • This is much worse than ever. (Isso está pior que nunca. | Isso está pior que antes.)
  • Today is hotter than ever. (Hoje está mais quente que nunca.)
  • I love you more than ever. (Eu te amo mais que nunca.)
  • This is the best book I’ve ever read. (Este é o melhor livro que já li.)
  • She’s the most beautiful girl I’ve ever met. (Ela é a guria mais linda que já conheci.)
  • This is the hottest town I’ve ever been to. (Esta é a cidade mais quente em que já estive.)
  • That was the best meal I’ve ever had. (Aquela foi a melhor refeição que eu já tive.)
  • The worst lie ever! (A pior mentira de todos os tempos!)
  • The best weekend ever. (O melhor fim de semana de todos os tempos!)
  • The worst birthday party ever. (A pior festa de aniversário de todos os tempos.)

» Leia também: Present Perfect e Superlativo

Frases Negativas

Já nesse tipo de frases, ever significará “nunca“. Veja,

  • They haven’t ever been to the US. (Eles nunca foram aos Estados Unidos.)
  • Don’t you ever do this again. (Nunca mais faça isso de novo.)
  • He isn’t ever at home. (Ele nunca está em casa.)
  • I don’t ever wanna see you again. (Eu nunca mais quero te ver.)

Aqui vale dizer que você pode reescrever essas sentenças usando a palavra never:

  • The have never been to the US.
  • You never do this again.
  • He is never at home.
  • I never wanna see you again.

Outra coisa curiosa é que podemos usar never ever juntas apenas para dar mais ênfase ao nunca.

  • She never ever forgot him. (Ela nunca esqueceu dele.)
  • Never ever give up! (Jamais desista!)

Ever since

Essa frasesinha tem dois significados possíveis: desde então e desde que. Leia os exemplos:

  • We’ve been friends ever since. (Somos amigos desde então.)
  • He joined the firm in 1995 and has been here ever since. (Ele entrou na empresa em 1995 e está aqui desde então.)
  • I’ve loved you ever since I met you. (Eu amo você desde que te conheci.)
  • Ever since I met her my life has changed. (Desde que eu a conheci, minha vida mudou.)

For ever

Por fim, temos ainda esse tal de for ever que resolveu se juntar e encontramos forever. E aí, o significado será para sempre:

  • I wanna stay with you forever. (Que ficar com você para sempre.)
  • His name will live forever. (O nome dele viverá para sempre.)

» Leia também: Quando usar ALWAYS, EVER ou FOREVER?

Ever so | Ever such a

Essas duas frases são típicas do inglês britânico falado. Elas são usadas apenas para enfatizar aquilo que você está dizendo. De modo geral significam o mesmo que very.

  • It’s ever so hot in here. (Está muito quente aqui.)
  • He’s ever such a nice man. (Ele é um sujeito muito bacana.)
  • She’s ever so beautiful. (Ela é muito bonita.)
  • It’s ever such a good film. (É um filme muito bom.)

Por fim, temos ainda a expressão hardly ever que você pode aprender lendo a dica Quando Usar SELDOM e HARDLY EVER.

Acho que é isso! Ah! Para encerrar vez, tenho de dizer que temos a expressão live happily ever after, que significa viver feliz(es) para sempre. Portanto, espero que depois de aprender qual o significado de ever e quando usar ever, you all may live happily ever after. 🙂

Como usar should em inglês?

Você já deve saber que should é uma daquelas palavras (verbos) conhecidas como modal verbs. Mas, para esta dica quero que você esqueça esse negócio de modal verb. Mantenha o foco apenas no fato de que should é uma palavra e tudo o que você precisa é aprender como usar  should. Em outras palavras, aprenda em quais contextos essa palavrinha é usada.

Caso não esteja entendendo minha sugestão, continue lendo a dica para aprender. Depois, se quiser aprender mais, leia também a dica A Diferença entre Should e Ought to

Should para Sugestões

Should é geralmente usado quando precisamos expressar a ideia de obrigação (que dá para escapar sem  consequências) ou de que algo é aconselhável (é bom ou importante que seja feito). Em resumo, estamos fazendo sugestões . Veja os exemplos:

  • Everybody should wear a helmet when cycling. (Todo mundo deveria usar capacete ao andar de bicicleta.)
  • Everybody should wear seat belts. (Todos deveriam usar cintos de segurança.)
  • You should take more exercise. (Você deveria fazer mais atividades físicas.)
  • Applications should be sent by March 31st. (Os formulários de inscrição devem ser entregues até 31 de março.)
  • You shouldn’t talk to your mom like that. (Você não deveria falar com sua mãe assim.)
  • We should go there. People say it’s a wonderful place. (A gente deveria ir lá. Dizem que é um local fantástico.)
  • They should come and talk to us about this whole issue. (Deveriam vir falar com a gente sobre esse problema todo.)

Usar SHOULD em inglêsVeja que em todos os exemplos acima, a ideia de sugestão, conselho, obrigação leve etc., se faz presente.

Não confunda a obrigação de should com a obrigação de must. Lembre-se que must geralmente expressa uma obrigação que se não for seguida, haverá consequências severas; já no caso de should, a ideia é de uma obrigação mais leve: se a pessoa fizer bem, se não fizer bem também.

  • You should stop smoking. (Você deveria para de fumar.)
  • You must stop smoking. (Você tem de parar de fumar.)

Should para Suposições e Probabilidades

Use should quando você estiver apenas supondo algo ou dando a entender que algo é provável. Ou seja, você não tem muita certeza, então baseando nos fatos – conversa e contexto – você supõe que algo seja possível. Veja as duas sentenças abaixo:

  1. If you are interested, I’ll send you an email.
  2. If you should be interested, I’ll send you an email.

As duas sentenças estão corretas. No entanto, na primeira a pessoa está sendo um tanto quanto direta. Já na segunda, ela está supondo que a outra esteja interessada. Na verdade, ela está sendo menos direta na suposição. Essa mesma suposição pode ser feita de modo ainda mais indireto falando assim:

  • Should you be interested, I’ll send you an email.

Leia » Gramática: First Conditional e Should

Outros exemplos de suposição estão nos exemplos abaixo:

  • According to the map, this should be our way. (De acordo com o mapa, este deve ser nosso caminho.)
  • According to what they told us, this should be the right thing to be done right now. (De acordo com o que nos falaram, esta deve ser a coisa certa a ser feita no momento.)
  • He’s away, but he should be back tomorrow. (Ele não está, mas creio que ele estará de volta amanhã.)
  • Sandra should get here soon. She left work at 5. (A Sandra deve chegar aqui a qualquer momento. Ele saiu do trabalho as 5.)

Should I…? e Should we…?

Faça perguntas com Should I…? e Should we…? quando você estiver pedindo conselhos ou sugestões sobre algo:

  • Should I learn to speak English? (Será que eu deveria aprender inglês?)
  • What should I do about this? (O que eu deveria fazer em relação a isso?)
  • Where should we go for lunch? (Onde a gente vai almoçar?)
  • Why should we talk to her? (Por que deveríamos falar com ela?)

Should usos Especiais

Alguns usos de should são mais complexos. São usos que você encontrará conforme se envolver cada vez mais com a língua inglesa. Uma dica que sempre dou é que você não veja esses usos como regras gramaticais. São apenas maneiras como as palavras são usadas em determinados contextos (momentos); portanto, veja o conjunto e não apenas as unidades.

Um desses usos especiais ocorre em frases como “I’m surprised that…“, “It’s important that…“, “It’s surprising that…“, “I’m anxious that…“, “It’s necessary that…” e algumas outras.

  • I’m surprised that you should feel so upset. (Estou surpreso que você se sinta tão chateado.)
  • It’s important that somebody should talk to the police. (É importante que alguém fale com a polícia.)
  • It’s surprising that he should say that to you. (É de ficar surpreso que ele diga isso a você.)
  • I’m anxious that nobody should get hurt. (Estou apreensivo para que ninguém se machuque. | Espero que ninguém se machuque.)
  • Is it necessary that her family should be informed? (É necessário que a família dela seja informada?)

Nos exemplos acima, a palavra should pode ser deixada de fora sem que o sentido da frase se altere. Vale dizer ainda que esse uso especial de should é muito mais comum no inglês britânico e sempre em contextos formais. No inglês americano, esse uso de should não é comum.

Lembre-se: há ainda outros usos especiais e “estranhos” de should. Usos esses que você aprenderá naturalmente e com o tempo.

Should: o passado de shall

Algumas pessoas dizem que should é o passado de shall. Isso é verdade apenas quando estamos nos referindo ao que chamamos de Reported Speech. Ou seja, quando estamos repetindo o que alguém disse em algum outro momento.

Leia » O que é Reported Speech?

  • “I shall go there some day”,  she said. [direct speech]
  • She said she should go there some day. [reported speech]

Leia » Qual a diferença entre shall e will?

Como você pode ver, aprender o uso de should por meio de contextos – o modo como a palavra é usada em situações específicas – é bem melhor do que ficar decorando regras gramaticais sem muito sentido.

Nesta dica, você aprendeu como usar should em alguns momentos. Saiba que ao manter contato com a língua inglesa, você poderá encontrar outros modos como essa palavra é usada. Portanto, fique de olhos e ouvidos abertos para aprender coisas novas sobre ela sempre que possível.

That’s all for now, guys! Take care!

O que significa SO BAD?

Lá em nossa página no Facebook, perguntaram o que significa bad quando temos a combinação so bad. Foi aí que decidi escrever sobre o que significa so bad. Afinal, não podemos falar apenas da palavra bad nesse caso. É preciso entender o que significa e como usar so bad como uma expressão. Então, continue lendo!

O que significa so bad?Falando em significado, so bad passa a ideia de muito, bastante, de montão. Mas, isso é apenas em alguns casos. Ou melhor, so bad geralmente aparece com com alguns verbos em inglês: want, miss, like, enjoylove e outros. Veja os exemplos:

  • I miss you so bad. (Eu sinto muito a sua falta. | Eu sinto tanto a sua falta.)
  • I want it so bad. (Eu quero muito isso.)
  • They wanna meet you so bad. (Eles querem muito te conhecer.)
  • I want this job so bad. (Eu quero muito esse emprego.)
  • You say you love me so bad but… (Você diz que me ama de montão mas…)
  • Have you ever loved someone so bad? (Você já amou muito alguém?)
  • I like this song so bad that I can’t stop singing it. (Eu gosto tanto dessa música que eu não consigo parar de cantá-la.)
  • It’s my first time here but I enjoyed it so bad that I wanna come back more often. (É minha primeira vez aqui, mas eu gostei tanto que quero voltar mais vezes.)

» Leia também: Want e Wanna: qual a diferença?

No lugar de so bad, podemos usar outras palavras/expressões para expressar a mesma ideia. Por exemplo, você pode usar a expressão so much. Portanto, nos exemplos acima, basta trocar so bad por so much que a ideia será a mesma. É também possível usar a palavra really; mas, nesse caso temos de mudar um pouco a ordem das palavras:

  • I really miss you.
  • I really want it.
  • They really wanna meet you.
  • You say you really love me but…

» Leia também: Usando o Pronome IT em Inglês

Acho que deu para entender, né?

Muito bem! Agora para ficar uma dica mais completa, saiba que de acordo com as regras do certo e errado na gramática da língua inglesa, o certo é dizer so badly. Ou seja, todo mundo fala so bad, mas para quem é fissurado em gramática o certo é so badly. Esse so bad é coisa comum do inglês falado e escrito informalmente. Então, pode ficar tranquilo em dizer so bad que ninguém vai achar que você é um analfabeto em inglês.

Para encerrar, vale ainda lembrar que so bad nem sempre será uma expressão do modo como você aprendeu acima. Há momentos, em que o significado será literal mesmo: tão ruim, tão péssima, tão horrível, tão mau, tão mal.

  • The food was so bad nobody ate it. (A comida estava tão horrível que ninguém comeu.)
  • He is so bad! (Ele é tão ruim.)
  • This is so bad for us. (Isso pega tão mal pra gente.)

E tem ainda o uso de so bad com o sentido de que pena que:

  • So bad you can’t come with us. (Que pena que você não pode vir com a gente.)
  • So bad you weren’t there. (Que pena que você não estava lá.)
  • So bad they aren’t together anymore. (Que pena que eles não estão mais juntos.)

That’s it! Espero ter ajudado você a entender melhor o que significa so bad em inglês. Agora é ficar de olho em quando ela aparecer em uma frase e assim ir se acostumando com seus significados e usos. Take care! 🙂

O que significa overbearing?

Depois que escrevi a dica Como Dizer Mandão em Inglês, algumas pessoas perguntaram o que significa overbearing. Algumas queriam saber se overbearing pode ser usada com o sentido de mandão; portanto, continue lendo para saber o que significa overbearing e como usá-la corretamente em inglês.

Indo direto ao assunto, anote aí que ao dizermos que alguém é overbearing estamos dando a entender que aquela pessoa se trata de uma pessoa dominadora, controladora, extremamente autoritária que não se importa com os desejos, pensamentos, sentimentos e opiniões dos outros. Trata-se de uma pessoa que de tão controladora acaba sufocando os outros.

O Macmillan Dictionary Online define overbearing da seguinte maneira:

an overbearing person always tries to control other people’s behavior and ignores their opinions and feelings

O que significa overbearing?Em português, podemos traduzir por autoritário, dominador, ditatorial, tirano, intransigentecontrolador etc. Enfim, serve para descrever uma pessoa que simples sufoca as demais na tentativa de controlar a vida dos outros. Veja alguns exemplos:

  • She’s got an overbearing father. (Ela tem um pai extremamente autoritário.)
  • I hate that new boyfriend of hers. He’s really overbearing. (Odeio aquele novo namoradinho dela. Ele é muito controlador.)
  • Her husband’s overbearing manner made her miserable. (A atitude autoritária do marido fez com que ela se sentisse extremamente mau.)
  • Those companies argue that the FDA is being unreasonably overbearing in its restrictions. (Essas empresas argumentam que o Ministério da Agricultura dos Estados Unidos está sendo extremamente intransigente em suas restrições.)
  • As you can see, I’m not some overbearing bully who can intimidate my critics with one look. (Como você pode ver, não sou aquele tipo de valentão tirano que consegue intimidar os críticos com um olhar.)
  • How to deal with an overbearing boss? (Como lidar com um chefe autoritário?)
  • How overbearing parents can hurt their kids. (Como pais controladores podem machucar seus filhos.)

E aí!? Ficou claro!? Deu para entender a diferente entre overbearing e o termo usado em inglês mandão? Você notou alguma diferença? Para esclarecer melhor, continue lendo.

Overbearing está – em minha opinião – alguns degraus acima do mandão (bossy). O bossy pode ser contrariado; ou seja, podemos pedir para que a pessoa deixe de ser tão mandona e querer bancar a chefe. Já no caso de overbearing a ideia de contrariá-la não é muito boa, pois geralmente uma pessoa que overbearing pode agir de modo inconsequente. Uma pessoa que é overbearing causa medo nas outras e é por isso que eu vejo essa palavra com algo que está bem acima de bossy no mundo dos sinônimos.

» Leia também: Como dizer pão-duro em inglês?

That’s all, guys! Agora você já sabem o que significa overbearing. Creio que não há mais tantas dúvidas; mas, caso ainda haja, deixe um comentário aí abaixo e vamos continuar aprendendo juntos. 😉

Como saber se o verbo é regular ou irregular em inglês?

Como saber se o verbo é regular ou irregular em inglês? Você em algum momento já teve essa dúvida? Se teve e nunca encontrou a resposta, chegou a hora de aprender. Vou tentar simplificar a resposta para deixar tudo bem claro! Caso você ainda tenha alguma dúvida, é só deixar um comentário lá embaixo! Vamos lá!

Você sabe que ao estudarmos inglês, chega um momento no qual somos introduzidos aos tais verbos irregulares. Geralmente, somos apresentados a uma lista de verbos irregulares. Lista essa que se não decorarmos podemos levar bomba na prova, no vestibular, no concurso, no ENEM etc.

Como saber se o verbo é regular ou irregular em inglês?Mas, calma aí! Será que não tem um jeito mais fácil de saber se o verbo é regular ou irregular em inglês? Digamos você esteja diante do verbo bleed, cujo significado é sangrar. E aí!? Bleed é um verbo regular ou um verbo irregular?

Se você nunca viu esse verbo na vida, o jeito mais fácil de encontrar a resposta a essa pergunta é recorrendo a um dicionário. Afinal, essa coisa de regular e irregular tem mais a ver com a escrita (spelling) das palavras do que com a gramática propriamente dita.

Assim, você pega seu dicionário, procurar a palavra bleed e lá encontrará as informações que deseja. No Longman Dictionary of Contemporary English, logo no começo da definição do verbo bleed, encontramos o seguinte:

past tense and past participle bled

Portanto, dessa maneira você aprende que o verbo bleed é um verbo irregular. Sua forma tanto no Past Simple quanto no Past Participle é bled. Ao aprender isso, você deve dar um jeito de memorizar a informação  e assim evitar ter de ficar procurando essa palavra o tempo todo no dicionário.

» Leia também: A diferença entre o Past Simple e o Past Participle

Além do dicionário, outra dica que dou sobre isso é que você deve aprender e praticar primeiro os verbos irregulares mais comumente usados em inglês. Para facilitar a lista a seguir traz os verbos irregulares mais usados em inglês, tanto na fala quanto na escrita:

  • be, have, do, say, get, make, go, know, take, see, come, think, give, find, tell, feel, leave  

Portanto, aprenda o modo como eles são escritos em todos os tempos verbais e pratique-os. Claro que você pode recorrer à lista de verbos irregulares para saber como cada um deles é escrito no Past Simple ou no Past Participle.

» Leia também: Quando usar o Past Participle?

O mais importante a saber aqui é que não há a menor necessidade de você aprender verbos que são raramente usados no dia a dia de quem fala inglês. Por exemplo, o verbo behold é um desses verbos que geralmente aparecem naquelas listas que os professores insistem em fazer os alunos decorarem. O problema é que behold é tão raramente usado que chega a ser um crime exigir que alguém o aprenda só porque poderá cair na prova.

Ok! Mas, como memorizar esses verbos?

Há duas maneiras: ou você decora mecanicamente a tabela de verbos irregulares ou começa a usar os verbos mais comuns naturalmente e assim faz com que eles entrem na memória mais facilmente. O processo funciona praticamente do mesmo modo como você aprendeu português. Vejamos!

Conforme você ia se envolvendo com a língua portuguesa, você a aprendia naturalmente. Foi assim que de tanto ouvir as pessoas falando “eu fiz a tarefa“, você acabou aprendendo que o certo é dizer “eu fiz” e não “eu fazi“. Você sabe que é assim! Você aprendeu naturalmente. Você talvez nem faça ideia que, tecnicamente falando, o verbo “fazer” é um verbo irregular em português. Ou será que é um verbo anômalo, abundante, ou defectivo? Enfim, seja lá o que for, você sabe que o certo é “eu fiz” e nunca “eu fazi

Citei a língua portuguesa no parágrafo anterior só para você perceber como em português não nos preocupamos com esses tecnicismos. Logo, em inglês a ideia é a mesma. Você simplesmente aprende que bleed no Past Simple e no Past Participle será sempre bled e ponto final. Você aprende que do no Past Simple é did e no Past Participle é done e fim de papo.

Só para acrescentar um pouco mais e quem sabe acalmar você, saiba que eu – Denilso – estudo inglês há mais de 25 anos. Sempre acreditei que os verbos irregulares em inglês eram cerca de 300. Mas, escrevendo esse texto Hoje ao escrever este texto descobri que eles são aproximadamente 470 verbos. Enfim, eu já não sabia todos quando o número era 300, agora que subiu para 470 fico sabendo que não sei mais do que imaginava. Isso não mudará em nada minha vida! Afinal, eu sei os mais comuns, os que são usados com mais frequência. Caso eu me depare com um verbo que eu nunca vi antes, certamente recorrerei ao dicionário para saber se é regular ou irregular.

Mas, e se o dicionário não der nenhuma informação? O que fazer?

Se o dicionário não chamar a atenção para a escrita do verbo em algum tempo verbal, então certamente ele é um verbo regular. Por exemplo, no mesmo Longman Dictionary of Contemporary English não há nada sobre o verbo walk. Logo, eu sei que ele é um verbo regular e como bem sabemos os verbos regulares recebem a partícula -ed ao final deles. Claro, que há umas regrinhas a serem seguidas. Como esse não é o foco aqui, recomendo que você aprenda as regrinhas lendo a dica O Past Simple em Inglês.

Caso queira mais detalhes sobre como saber se o verbo é regular ou irregular em inglês, leia também a dica Verbos Irregulares e Verbos Regulares.

That’s it! Eu espero que agora você não tenha mais problemas em saber se o verbo é regular ou irregular em inglês. Se ainda tiver dúvidas, deixe seu comentário aí abaixo. Estou aqui para ajudar e não para complicar! Até a próxima! 🙂