Quando usar Could, Was able to e Managed to

Could, was able to e managed to são palavras (expressões) que em termos gramaticais costumam confundir muitos estudantes. Isso acontece porque as três podem ser traduzidas da mesma maneira. Nesta dica, você aprenderá quando usar could, was able ou managed to corretamente. Então, vamos lá!

Could

Como você bem deve saber could é um daqueles verbos conhecidos como Modal Verbs (saiba mais sobre isso lendo a dica “O Que São Modal Verbs?”). Portanto, trata-se de uma palavrinha com usos específicos:

  • pedir permissão para fazer algo
  • fazer um pedido de modo educado
  • expressar uma habilidade no passado

Exemplos:

  • Could I stay here for a while? (Eu poderia ficar aqui um pouquinho?)
  • Could I talk to you? (Eu poderia falar com você?)
  • Could you help me? (Você poderia me ajudar?)
  • Could you get me some paper? (Você poderia arranjar papel para mim?)
  • When I was younger, I could swim very fast. (Quando mais jovem, eu conseguia nadar bem rápido.)
  • She could run non-stop for miles before the accident. (Ela conseguia correr sem parar por quilômetros antes do acidente.)

Could, Was Able To e Managed ToEm relação ao uso de could, was able to e managed to, o problema está justamente quando a ideia é falar sobre uma habilidade no passado. Pois as três tem momentos específicos para seres usadas.

Could costuma ser usado apenas quando estamos falando de habilidades de modo geral:

  • By the time he was six, he could already speak four languages. (Quando ele tinha seis anos, já conseguia falar quatro idiomas.)
  • Her sister was an excellent swimmer. She could beat anybody in her class. (A irmã dela era uma excelente nadadora. Ela conseguia derrotar qualquer pessoa da sala dela.)

Was able to e Managed to

Já as expressões was able to e managed to são usadas para fazer referência a uma situação específica. Ou seja, was able to e managed to não costumam ser usadas para se referir a habilidades no passado de modo geral. Veja os exemplos:

  • Were you able to speak to her before she left work? (Você conseguiu falar com ela antes dela sair do trabalho?)
  • Did you manage to speak to her before she left work?
  • It started raining and we weren’t able to get to the top of the mountain. (Começou a chove e a gente não conseguiu chegar no cume da montanha.)
  • It started raining and we didn’t manage to get to the top of the mountain.
  • My father wanted to carry on, but we were able to talk him out of it. (Papai queria continuar mas conseguimos fazê-lo mudar de ideia.)
  • My father wanted to carry on, but we managed to talk him out of it.

Veja que nos exemplos acima a referência é para algo específico, uma situação em particular. Não se trata de algo genérico. Para ficar ainda mais fácil de perceber a diferença veja as duas sentenças abaixo:

  • When I was younger, I could run 10km in under 40 minutes.
  • I managed to run 10km yesterday in under 40 minutes.
  • I was able to run 10km yesterday in under 40 minutes.

Na primeira, a ideia é geral; pois estou dizendo que quando eu era mais novo, eu conseguia correr 10km em menos de 40 minutos a hora que eu quisesse. Já na duas últimas, estou me referindo a um momento específico: ontem. Portanto, na segunda o uso de “could” soaria estranho.

No entanto, podemos usar couldn’t para dizer que algo não aconteceu em uma situação específica:

  • We managed to find the street, but we couldn’t find her house. (Demos conta de encontrar a rua, mas não conseguimos encontrar a casa dela.)

Outra coisa que você tem de aprender é que com os verbos dos sentidos – see, hear, smell, taste e feel – e com os verbos understand, believe, remember e decide, devemos sempre usar could mesmo quando estamos nos referindo a uma situação específica.

  • I could smell alcohol on his breath the moment he talked to me. (Consegui sentir o bafo de cachaça no momento que ele falou comigo.)
  • They asked me what time the party would start, but I couldn’t remember. (Me perguntaram que horas a festa começaria, mas não consegui lembrar.)
  • I couldn’t decide whether to stay in or go with them. (Não conseguia decidir se ficava em casa ou saia com eles.)
  • We could see she’d been jogging. (Nós conseguimos notar que ela estava correndo.)

Gramática de Uso da Língua InglesaPor fim, anote aí que não há muitas complicações entre usar could, was able to e managed to. Trata-se apenas de uma questão de costume e prática. Portanto, fique de olho quando encontrar essas expressões (palavras) por aí. Observe como elas são usadas e você aprenderá naturalmente.

Achou essa dica simples e descomplicada!? Então, conheça o livro Gramática de Uso da Língua Inglesa, um livro que aborda a gramática da língua inglesa sem aquelas explicações confusas que você vê por aí.

O que são Continuous Tenses?

Dias atrás escrevi aqui no blog sobre a diferença entre Verbo Auxiliar e Verbo Principal em inglês. Nela eu falei sobre a formação dos Perfect Tenses. Foi algo simples, mas que ajudou muita gente a entender melhor como um Perfect Tenseé formado.Hoje a dica é sobre a formação dos Continuous Tenses. Também conhecidos como Progressive Tenses. Ou seja, quando você se deparar com alguém falando de Continuous Tense ou Progressive Tense, saiba que se trata da mesmíssima coisa.

Todo Continuous Tense deve ser formado com o verbo “be” acompanhado de outro verbo com “-ing”. O verbo “be” faz nesse caso o papel de verbo auxiliar; já o verbo que recebe o “-ing” é o verbo principal.

Assim, quando falarmos de Present Continuous (ou Present Progressive) a formação será a seguinte: o verbo “be” em suas formas no presente (am, is, are) acompanhado de outro verbo com “-ing”. Veja os exemplos,

  • I am studying (eu estou estudando)
  • You are reading (você está lendo)
  • She is sleeping (ela está dormindo)
  • We are dancing (nós estamos dançando)
  • They are singing (eles estão cantando)

O que sao Continuous TensesObserve que realmente usamos o verbo “be” no presente (am, is, are) acompanhado de outro verbo com “-ing” (studying, reading, sleeping, dancing, singing). Como o verbo “be” está no presente, dizemos que esse é o Present Continuous Tense (ou Present Progressive Tense).Se o verbo “be” for colocado em suas formas no passado (was, were) acompanhado de outro verbo com “-ing”, dizemos que se trata do Past Continuous Tense (ou Past Progressive Tense). Veja,

  • I was driving (eu estava dirigindo)
  • You were writing (você estava escrevendo)
  • He was jogging (ele estava correndo)
  • We were crying (nós estávamos chorando)
  • They were laughing (eles estavam rindo)

Relembrando o que falamos até agora: 1) todo Continuous Tense sempre terá o verbo “be” acompanhado de outro verbo com “-ing”; 2) Present Continuous é o tempo verbal formado com o verbo “be” no presente – am, is, are – acompanhado de outro verbo com “-ing”; 3) Past Continuous é o tempo verbal formado com verbo be no passado – was, were – acompanhado de outro verbo com “-ing”.Ao chegar a um nível intermediário, você encontra o Future Continuous Tense (ou Future Progressive Tense). Nesse caso você terá de usar a combinação “will be” acompanhada de outro verbo com “-ing”. Observe que “will” é uma das formas de indicarmos o futuro em inglês. Após “will” usamos o verbo “be” seguido de outro verbo com “-ing”. Veja:

  • I will be traveling (eu estarei viajando)
  • You will be watching (você estará assisitindo)
  • She will be working(ela estará trabalhando)
  • We will be giving (nós estaremos dando)
  • They will be smiling(eles estarão sorrindo)

Esses são os três Continuous Tenses mais famosos em cursos de inglês: Present Continuous, Past Continuous e Future Continuous. Há ainda outros, mas o objetivo dessa dica é o de mostrar a você a formação dos Continuous Tenses de modo geral: “be + -ing”.Lembre-se que aqui estou apenas falando da formação (forma) desses tempos verbais. Não mencionei nada sobre o uso de cada um deles no dia a dia (em situações corriqueiras). Saiba que forma e uso na gramática são coisas diferentes; para entender melhor leia a dica A Diferença entre Uso e Forma.

That’s it for today! Take care!