Dica de Sites para Estudar Inglês

Google Tradutor é bom? Será que podemos confiar?

Google Tradutor! Aí está uma ferramenta que muita gente usa para aprender inglês. Mas, será que podemos confiar tanto assim nessa ferramenta? Afinal, o Google Tradutor é bom, meia boca ou péssimo?

O que é o Google Tradutor?

Para quem não sabe, o Google Tradutor é o serviço online do Google que permite fazer tradução instantânea de textos e sites em diversos idiomas. Ele tem ainda algumas outras funcionalidades: pronúncia, contextualização de algumas palavras e expressões e outras coisinhas mais.

É, sem sombra de dúvidas, algo bom para quem precisa de uma tradução rápida ou ainda ouvir a pronúncia de uma palavra. Portanto, o Google Tradutor tem suas vantagens. Mas, ele também tem algumas desvantagens.

Colocando o Google Tradutor à prova

Para nos certificarmos se essa é uma boa ferramenta, vamos colocá-la à prova. Portanto, o primeiro passo é, claro, acessar a página do Google Tradutor (clique aqui)

Na caixa de texto, digito “Eu quero aprender a falar inglês”. A tradução sugerida é: I want to learn to speak English. Sem problemas! É compreensível! Mas, algumas pessoas dirão que o mais natural é dizer “I want to learn how to speak English”. No entanto, isso não afeta a comunicação. As duas formas são possíveis.

O Google Tradutor é bom?Vamos tentar algo mais complexo: “Se você acha que eu vou te ajudar, você está redondamente enganado”. Desta vez a sugestão foi “If you think I’m going to help you, you’re deeply mistaken”. Mais uma vez, tiro o chapéu para o Google Tradutor. O collocation “redondamente enganado” não foi traduzido literalmente como em outros serviços de tradução online. Isso é ótimo!

A próxima frase é “Eu acho que você deveria fazer uma dieta”. Confesso que neste caso vez a sugestão me decepcionou um pouco: “I think you should diet”. Essa sugestão é compreensível, mas não é muito natural. O que soaria melhor aí é: “I think you shoud go on a diet?”. Não que esteja errado, mas temos de notar sempre o que é mais natural.

Resolvi complicar um pouco mais e pedi a tradução de “Sei lá! Acho que de deu problema na rebimboca da parafuseta”. Desta vez, o Google Tradutor se enrolou: “I do not know! I think it gave trouble in the screwdriver rebimboca”. Neste caso, o problema não está apenas na tradução de “rebimboca da parafuseta”, que ele desconhece; mas também, na tradução de “deu problema”. A tradução foi muito ao pé da letra. Uma sugestão humana mais natural poderia ser: “I don’t know! I guess there’s something wrong with the whatchamacallit”.

O Google Tradutor é bom?

De modo geral, eu digo que o Google Tradutor é bom. No entanto, ele não é excelente. Por quê?

Pelo lado mais simples – sentenças não muito complexas –, o serviço de tradução do Google consegue se sair muito bem. Veja mais alguns exemplos:

  • Eu odeio estudar inglês. » I hate studying English.
  • A gente nunca mais vai falar com ela. » We’ll never talk to her again.
  • Estou morrendo de fome. » I’m starving.
  • Quando foi que isso aconteceu? » When did this happen?
  • O poder executivo não tem autoridade para isso. » The executive branch has no authority for this.
  • Você pode baixar o volume um pouquinho? » Can you turn the volume down a bit?
  • Estava um breu quando chegamos lá. » It was pitch black when we got there.

Por outro lado, quando incluímos algumas gírias, expressões idiomáticas, collocations mais complexos, o Google Tradutor pode deixar a desejar. As traduções em parênteses são as minhas sugestões.

  • Gostaria de te ajudar, mas eu estou duro. » I would like to help you, but I’m hard. (I’d like to help you, but I’m broke.)
  • Isso vai dar rolo! » This will roll. (This will be terrible. | This will be a huge problem.)
  • Ela vive falando mal dos outros. » She lives speaking ill of others. (She’s always speaking ill of other.)
  • Ele ganhou as contas semana passada. » He won the bills last week. (He was fired last week. | He got fired last week.)
  • Eu não vou bater boca com ela. I’m not going to mouth her. (I’m not going to have an argument with her.)

Conclusão

Como dito acima, o Google Tradutor é bom. No entanto, para traduções mais sérias é óbvio que não podemos contar com ele 100%.

Para quem está começando a aprender inglês, ele é uma mão na roda. Aliás, ao pedir a tradução para “Ele é uma mão na roda”, a sugestão dada foi “He’s a hand on the wheel”. Em inglês, o melhor é dizer “It’s really useful” ou “It’s really handy”.

Ou seja, há expressões, combinações (collocations), chunks of language, gírias, etc., que o Google Tradutor ainda não reconhece. Claro que isso não desmerece o trabalho feito pela equipe que cuida dessa ferramenta.

Vale ainda ressaltar que qualquer pessoa pode colaborar para a melhoria das traduções sugeridas. Ou seja, nós podemos fazer parte da comunidade e assim ajudar na tradução das expressões. Com isso, o Google Tradutor vai ficando melhor cada vez mais e mais.

No entanto, lembre-se que para fins profissionais e mais sérios nada substitui um tradutor de verdade. Portanto, caso você precise traduzir documentos, contratos e coisas assim, procure um profissional da área de tradução.

E você? Faz uso do Google Tradutor nos seus estudos? Como você o utiliza? O que você tem achado dele? Enfim, fale sobre sua experiência com o Google Tradutor deixando um comentário na área abaixo.

That’s all for now, guys! Bye bye, take care, and keep learning.

Etiquetas
dicas para aprender inglês dúvidas frequentes sites para aprender inglês
Botão Voltar ao topo
replica watches uhren replica relojes de imitacion replique montre de luxe orologi replica repliki zegarkow replicas de relogios rolex replica
Fechar
izmir escort
fapjunk.com