O que significa spick and span?

Spick and span é uma expressão usada em inglês para dizer que um quarto, sala, cozinha, carro, banheiro, etc., está muito limpo. A pessoa passa horas cuidando dos detalhes de organização, passa pano, usa produtos de limpeza e tudo o que for preciso para deixar o objeto da limpeza simplesmente brilhando e parecendo novo.

A origem de spick and span remonta os áureos tempos em que os barcos e navios eram os principais meios de transporte nesse mundão velho de Deus. “Spick” era o termo arcaico para se referir a “spike”, um tipo de prego. Já “span” era o termo usado para “chip”, lasca de madeira. Assim, uma embarcação novinha em folha – com pregos e madeira nova – era chamada de “spick and span ship” (navio novinho em folha).

O que significa “spick and span”?

Com o tempo, spick and span começou a ser usada para se referir a outras coisas. O sentido original era de “novinho em folha” (spick and span new). Mas hoje em dia o sentido é o de “limpinho”, “brilhando de limpo”, “mais limpo que nunca” e outras que servem para reforçar a ideia de limpeza.

  • In a few minutes, our house was spick and span. (Em questão de minutos, a casa estava mais limpa que nunca.)
  • And once your room is spic and span, you come and help me with the kitchen. (E depois que seu quarto estiver brilhando de limpo, venha me ajudar na cozinha.)
  • He wants to leave everything spick and span. (Ele quer deixar tudo bem limpinho.)
  • As you see, the room is all spic and span here. (Como você pode ver, o quarto está brilhando de limpo.)

A forma spic and span se tornou comum nos Estados Unidos por causa de um produto de limpeza chamado de “Spic and Span – the complete home cleaner”, produzido atualmente pela empresa Prestige Brands Inc. O nome para o produto veio de “spick and span”, que era uma expressão exclusivamente britânica. Mas hoje em dia faz parte do vocabulário americano escrita de forma diferente: “spic and span”.

Por fim, how’s your bedroom? Is it spic and span? What about your desk? Mine is in a mess! So, it’s time to make it spic and span. Take care, you all!

11 Comentários

  1. That's great! I've never heard about it! From now on, I'll go to use that slang! lol

  2. Olá, Denilso, por favor, se puder me ajude com uma informação. Eu sei que "once upon a time" é o equivalente em inglês para "era uma vez" minha dúvida é um pouco sobre a etimologia e formação da expressão, no caso do português eu consigo facilmente substituir por "Houve um tempo", além de entender com natural facilidade porque a expressão é construída dessa forma, mas no caso de "once upon a time", além de não conseguir uma expressão equivalente no idioma, sou muito intrigado com a etimologia dessa expressão, qual a origem dela, porque é construída dessa forma. Não é algo que mude a vida de alguém, mas se pudesse responder, como fez com “spick and span”, agradeço muito.

  3. "She" wants to leave everything spick and span. ("Ele" quer deixar tudo bem limpinho.) algo errado aí, não?

  4. Sim, Luu. Isso nós conhecemos como erro de digitação. Algo muito comum quando escrevemos muitos textos. Mas, ainda bem que temos leitores atentos para nos ajudar a encontrá-los. Thanks!Denilso

  5. Meu comentário não foi publicado, censura?Por motivos assim que evito comentar em blogs com moderação, quebrei minha regra e já me arrependi.

  6. Ivan,Acho que você se precipitou em sua "reclamação". Sei que pode parecer difícil de acreditar, mas vamos lá!Aqui no Inglês na Ponta da Língua somos duas pessoas apenas lidando com um volume enorme de comentários, emails, textos, dicas, etc. A Bruna é quem cuida mais dos comentários do blog. Eu respondo aqueles mais complexos, que ela não publica imediatamente por ser algo que eu devo ver com mais atenção. Geralmente, os que ela deixa para mim são textos que exigem respostas mais detalhadas. O que é o seu caso.Eu vivo viajando, escrevendo meus livros, dando meus cursos, minhas palestras em faculdades, etc. Logo, não consigo atender a demanda do blog tão rápido como eu gostaria (até porque o blog não é nossa fonte de renda!). Por causa disso, alguns atrasos na liberação de comentários pode ocorrer; pois, como eu disse antes, preciso pesquisar mais para poder responder e assim atender ao leitor de forma mais digna e respeitosa. Enfim, é por conta disso que seu texto não foi publicado anteriormente. No momento, em que eu estava aqui lendo sobre Lewis Carol, a origem da expressão nos anos de 1380 e como ela se tornou popular por volta de 1600, li seu segundo comentário e resolvi fazer uma pausa para te responder por que razões nem sempre os comentários são liberados tão rapidamente. Espero que um dia o blog renda muito dinheiro para eu ter uma equipe maior e assim atender a todos mais rapidamente. Quem sabe uma hora a gente não consiga isso!Espero ter me explicado sem parecer rude. A ideia é apenas mostrar a você que não censuramos comentários inteligentes e interessantes como o seu. Nós apenas demoramos um pouco mais para poder respondê-los com mais precisão. Espero que tenha compreendido isso.Att.,Denilso de LimaCURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

  7. Ivan,Obrigado por seu comentário. Nem sempre as pessoas fazem perguntas assim. Deu um pouco de trabalho encontrar algumas respostas, mas veja aí o que consegui descobrir."Once upon a time" tem sido usado como uma frase feita desde 1380 e a origem está mesma em histórias. Acredita-se que mesmo lá pelos idos anos de 1380, essa frase já era muito comum. Talvez tenha se espalhado pela língua por conta da tradição oral. Ou seja, os pais contavam histórias aos filhos, que por sua vez contavam aos seus filhos, e esses aos seus filhos, e assim por diante. Quando a língua passou a ser escrita, ela ganhou espaço nos textos e assim ganhou notoriedade com o passar dos tempos, resistindo às mudanças da língua até os dias de hoje. Se a expressão tivesse mudando, certamente atualmente seria algo como "There was a time when…", aliás essa frase aí é usada em textos mais realísticos. Afinal, "once upon a time" é restrito às histórias criadas pela mente humana, ou em tom de piada quando queremos mencionar algo que já não existe mais.Enfim, é isso aí! Tudo culpa da tradição oral que fez com que essa se tornasse uma das expressões mais antigas ainda usada na língua inglesa da forma como foi originada.Espero ter matado sua curiosidade. Qualquer coisa estamos por aqui.Denilso de LimaCURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

  8. Olá, Denilso. Obrigado duplamente, pela explicação sobre o termo "once upon a time", que realmente me ajudou a entender melhor o uso, e inclusive não incorrer no erro de parecer estar contando uma fábula para explicar um acontecimento real, e pela cortesia com que respondeu a minha "reclamação." Quanto à minha precipitação tentarei explicar, não estava te cobrando uma resposta, apenas achei estranho que o comentário não ficou visível, me incomodo muito com a moderação prévia de comentários, na maioria das vezes, ela nivela os leitores por baixo, todos somos tratados como spammers ou trolls até que se prove o contrário, até compreendo um filtro inicial para validar o primeiro comentário de um usuário, e até mesmo remoção, posterior, de comentários que incorram em crimes de ódio ou equivalentes, fora disso me sinto censurado, e evito seriamente comentar em blogs/sites que adotam tal prática, pode ser argumentado que é um direito do dono do site/blog moderar, e de fato é, por contrapartida eu como leitor/comentarista constrangido me defendo não comentando em tais locais. Entendi na sua explicação que você preferiu aguardar encontrar uma resposta para então liberar o comentário, mas, mesmo que não houvesse resposta, já seria uma honra ver meu comentário publicado, como agora está. Também não quero parecer rude em minha resposta, apenas mostrar o ponto de vista do lado de cá. Valeu mesmo, por tirar minha dúvida, e keep walking

  9. Olá Ivan,Fico feliz que não tenha me entendido mal. E entendo seu ponto de vista em relação à moderação de comentários.Confesso a você que antes eu não usava essa tática. Mas, com o passar do tempo me vi obrigado a adotá-la. Você não faz ideia da quantidade de "lixo" que recebemos nos comentários aqui. Estou me referindo a coisas do tipo: "vocês são todos gays", "vão dar o c*, vocês nem saber inglês", "eu comi a irmã do dono do blog", etc. Enfim, se você achou isso assustador, saiba que esses são os mais leves. Tem coisa bem pior! Só depois de ter muita dor de cabeça com esse tipo de lixo é que decidi moderar os comentários.Aceitamos todos os comentários – elogios, reclamações, dúvidas, correções, sugestões, etc. Não censuramos ninguém (nem mesmo as reclamações no atraso de envio de ebooks, erros eventuais, etc.). Publicamos e respondemos todos. Afinal, a transparência e o respeito pelo tempo de cada leitor que escrever aqui deve prezado sempre e é merecedor de nossa atenção.Let's keep in touch.Denilso de LimaCURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

Botão Voltar ao topo