5 Dicas Para Perder o Medo de Falar Inglês

Dias atrás, em nossa página no Facebook, pediram para eu dar aqui no blog algumas dicas que sejam úteis para quem quer perder o medo de falar inglês. Intrigado com o o assunto, resolvi fazer três perguntas:

  • Você tem medo de falar inglês?
  • Por que você tem esse medo?
  • O que você faz para vencer esse medo?

Recebi inúmeras respostas. Na maioria delas as pessoas diziam que têm medo de falar errado, medo de falar alguma bobagem, medo de ser julgado (avaliado) pela outra pessoa, medo de esquecer as palavras, medo de errar a pronúncia, etc. Foram várias as respostas. O interessante é que ninguém respondeu a terceira pergunta: O que você faz para vencer esse medo?

Então, decidi levar em conta minha experiência (como aprendiz, professor, autor e pesquisador) e compartilhar com vocês algumas dicas que podem ajudar. Mas, lembre-se que essas dicas só serão eficazes se você colocá-las em prática. Não adianta dizer “vou fazer isso” e nunca fazer. Também não adianta dizer “isso é legal” e não fazer nada. Dizer algo como “essa dica é boa” e não tomar uma atitude não traz resultado. Ou seja, coloque-as em prática, caso contrário nada acontecerá.

Seguem abaixo, portanto, cinco dicas simples para quem realmente quer perder o medo de falar inglês.

5 Dicas Para Perder o Medo de Falar Inglês1ª Dica – Leia textos (ou mesmo sentenças) em voz alta. Acostume-se a ouvir sua própria voz em inglês. Isso ajuda você a melhorar a pronúncia, a memorizar palavras, expressões, sentenças, etc., e a ouvir você mesmo falando inglês sem achar estranho;

2ª Dica – Quando possível grave-se ao ler um texto. Escolha um texto pequeno e fácil (pode ser um diálogo de um livro, o parágrafo de um texto) e leia-o repetidas vezes em dias diferentes. Grave cada leitura sua e compare as leituras desde o primeiro momento até o último. Leia e grave quantas vezes achar necessário e veja como você vai melhorando a cada leitura;

3ª Dica – Crie diálogos entre duas pessoas e faça o papel de cada um deles. Você deve escrever o texto antes e praticá-lo em voz alta depois. Isso ajuda você a pensar em inglês, a estruturar as sentenças (gramática e vocabulário) e a vencer aquela ansiedade na hora de falar inglês;

4ª Dica – Mantenha sua mente pensando em inglês. Quando estiver em uma fila, sala de espera, restaurante, ônibus, etc., pense em inglês. Descreva a roupa das pessoas, descreva as pessoas, repita mentalmente as placas dos carros (letras e números) é inglês, descreva os caminhos pelos quais você passa em inglês, etc. Enfim, faça de tudo para que seu cérebro se mantenha ativo com a língua inglesa. Isso ajuda você a ampliar o seu vocabulário em inglês;

5ª Dica – Ao aprender uma estrutura gramatical, anote alguns exemplos e reescreva-os para que seu cérebro se acostume com a estrutura. Depois, reescreva o mesmo exemplo, mas trocando algumas palavras. Isso ajuda você a diversificar o modo como a estrutura gramatical é usada e faz com que a estrutura fique melhor fixada no cérebro. Isso é coisa de Abordagem Lexical: aprender a gramática de uso na prática.

Essas são 05 dicas simples. Acredito que você pode começar a coloca-las em prática hoje mesmo. Não pense que elas são difíceis. Na verdade, tudo é uma questão de começar a fazer pelo menos uma delas. Com o tempo você se acostuma e logo começa a colocar em prática outra dica. Seu medo de falar inglês aos poucos vai diminuindo, você ganha mais confiança e, certamente, desenvolverá a fluência que você tanto deseja.

Gostou dessas dicas!? Gostou mesmo!? Acha que elas podem ser úteis a outras pessoas!? Então, compartilhe-a com seus amigos e amigas no Facebook e no Twitter. Até a próxima! Take care!

Artigos Relacionados
Comentários