Gramática: A Conjunção “que” em Inglês

Quem gosta de muito de gramática normativa (regras e termos técnicos) sabe que a palavrinha “que” em português pode ter a função de conjunção ou de pronome relativo. Trata-se de uma palavrinha que nas aulas de gramática da língua portuguesa nos enlouquece. Felizmente, nós não nos comunicamos em português fazendo análise sintática de tudo o que falamos ou falaremos.Na dica de hoje, a ideia é mostrar a você como dizer “que” em inglês na função de conjunção. Em outra dica, falarei sobre seu uso como pronome relativo. Dividindo dessa forma a dica fica mais descomplicada e, portanto, simples de entender. Afinal, o seu desejo é falar inglês e não fazer análise sintática da língua.

Dito isso, anote aí que para dizer “que” em inglês como conjunção a palavra será “that”. Isso mesmo! Por incrível que pareça é a palavra “that” que faz o papel de “que” como conjunção em inglês. Veja alguns exemplos:

  • He said that he wouldn’t come to the party. (Ele disse que não viria à festa.)
  • She thought that you were married. (Ela achava que você era casado.)
  • I realized that he was innocent. (Eu percebi que ele era inocente.)
  • We’re glad that you’re ok. (Ficamos felizes que você esteja bem.)
  • We knew that the next day would be difficult. (Nós sabíamos que o dia seguinte seria difícil.)
  • It’s possible that he didn’t get the email. (É possível que ele não tenha recebido o email.)
  • It’s funny that they haven’t called. (É estranho que eles não tenham ligado.)
  • I hope that you’ll have a wonderful time. (Torço para que vocês se divirtam bastante.)

O interessante em inglês é que na língua do dia a dia o “that” pode ser deixado fora da conversa em vários momentos. Ou seja, há momentos em que ele não é dito e todo mundo se entende maravilhosamente bem. Para estudantes brasileiros isso é estranho; pois não temos a opção de deixar o “que” de fora da conversa. Veja,

  • He said he wouldn’t come to the party.
  • She thought you were married.
  • I realized he was innocent.
  • We’re glad that you’re ok.
  • We knew the next day would be difficult.
  • It’s possible he didn’t get the email.
  • It’s funny they haven’t called.
  • I hope you’ll have a wonderful time.

Lembre-se você só omite o “that” em estilos informais. Portanto, ao falar com seus amigos na balada, bate papo na internet, falar com seus familiares, pessoas mais achegadas, conversas na rua, etc., o “that” pode ser, e certamente será, deixado de fora. Agora se você escrever uma carta de solicitação de emprego, proferir um discurso mais formal, participar de uma reunião de negócios, etc., o ideal é usá-lo para deixar tudo mais profissional e padrão.

Ao longo dos seus estudos de inglês você certamente encontrará muitos outros exemplos de “that” com o significado de “que”. Logo, comece a observar isso a partir de hoje. Ao ler um texto veja a palavra “that” sendo usada e observe o seu significado e uso. Você, sem dúvidas, aprenderá muito mais.

 

Artigos Relacionados
Comentários