Qual a diferença entre have to e must?

Você já se perguntou sobre a diferença entre have to e must? Já teve dúvidas sobre quando usar um ou outro? Se você tem dúvidas a respeito, leia esta dica e aprenda de uma vez por todas.

Essas duas palavras – have to e must – costumam causar confusão pois são usadas com o sentido de “dever” e “ter de”. O grande problema na verdade é que a maioria das pessoas faz as traduções ao pé da letra e aí acha que a diferença entre have to e must é algo que existe e deve ser observada.

Na verdade, em se tratando de sentenças afirmativas, a diferença entre have to e must praticamente não existe. Ou seja, em inglês você poderá dizer:

[list type=”arrow2″]

  • You must be here at nine o’clock.
  • You have to be here at nine o’clock.
  • You must wear a tie.
  • You have to wear a tie.

[/list]

Portanto, em  sentenças afirmativas, você pode usar have to ou must sem problemas. Elas são intercambiáveis.

A Diferença Entre Have To e MustAlém disso, have to e must podem ser usadas tanto para expressar uma ideia no presente ou uma ideia no futuro:

[list type=”arrow2″]

  • You must make your bed every day.
  • You have to make your bed every day.
  • You must be here on June 30th.
  • You have to be here on June 30th.

[/list]

Já para expressar uma ideia no passado, você não pode usar must. Afinal, assim como a maioria dos modal verbs, must não possui uma forma no passado. Portanto, para dizer algo no passado, você tem de usar apenas have to, ou melhor, had to. [Leia: O que são modal verbs?]

[list type=”arrow2″]

  • You had to wear tie.
  • We had to stay there for a while.
  • She had to make her bed before leaving.
  • They didn’t have to call us.

[/list]

Veja que até aqui falamos apenas de sentenças afirmativas. Espero ter ficado tudo bem claro. Pois agora vamos falar de sentenças negativas.

Em sentenças negativas há diferença. Para perceber a diferença entre have to e must em sentenças negativas, veja as duas sentenças abaixo:

[list type=”arrow2″]

  • You must not do this.
  • You don’t have to do this.

[/list]

Visto assim fora de contexto, fica bem estranho. Mas, vamos continuar assim mesmo. Quando usamos must not (mustn’t) passamos a ideia de uma obrigação mais enfática. Ou seja, a pessoa não deve fazer aquilo que está sendo dito. Se ela fizer a coisa pode ficar feia para o lado dela.

Já no caso de usarmos not have to, a situação é opcional. Isto é, ela não tem de fazer aquilo, mas se fizer não tem problemas.

Logo, nas duas sentenças que acabamos de ver acima, “you must not do this” passa uma ordem categórica e firme. “You don’t have to do this” passa a ideia de que a pessoa não tem de fazer algo; mas, se ela fizer, não tem problema.

Para ficar mais fácil de perceber isso, vamos contextualizar o assunto. Imagine que seu chefe convoca a equipe com a qual você trabalha e diz o seguinte:

[quote align=”center” color=”#666666″]“Rafaela must be here at 8 o’clock tomorrow, ok? The rest of you don’t have to be here until nine.”[/quote]

[Obs.: no lugar de must ele poderia ter usado has to]

Com isso ele está dizendo que a Rafaela deve estar no escritório às 8 da manhã. Já os demais não precisam chegar antes da 9. Ou seja, a Rafaela tem a obrigação de chegar às 8, os demais podem chegar às 8, às 8:15, às 8:30, às 8:35, às 8:55, etc. O horário de chegada oficial dos demais é a partir das 9, mas se quiserem chegar antes, a opção é de cada um.

Agora, imagine que o chefe diga algo assim:

[quote align=”center” color=”#666666″]“Rafaela must be here at 8 o’clock tomorrow, ok? The rest of you mustn’t be here until nine.”[/quote]

Nesse caso a coisa muda de figura. O chefe quer que a Rafaela chegue às 8. Já os demais não devem chegar antes da 9. A ordem é para que os outros cheguem apenas das 9 em diante. Pois, entre 8 e 9 o chefe quer ficar sozinho com a Rafaela [fazendo o quê não é da nossa conta!].

Gramática de Uso da Língua InglesaPercebeu a diferença entre have to e must em sentenças negativas? Será que ficou claro? Espero que sim! Pois, eu não tenho mais nada a dizer sobre esse assunto! Se você quiser continuar aprendendo a gramática da língua inglesa de um modo bem natural e descomplicado, conheça o livro Gramática de Uso da Língua. Você certamente perceberá que a gramática do inglês não é tão complicada o quanto parece!

Gostou desta dica!? Então, compartilhe-a no Facebook, Twitter e/ou Google+. O Inglês na Ponta da Língua agradece!

  • ClaudioLisboa

    Hi, Denilso. What’s up?

    I’m studying english seriously a couple of months, but I’m doing it very strongly, and I’m confused about those words. For exemple. If my friend were sick and I were to suggest that he should go to the hospital, how would I say?

    Friend, you must go to the hospital!

    Or

    You have to go to the hospital!

    I think that case “have to” is better choice because “to go to the hospital” isn’t the must, the responsibility but only my suggest to my friend… Although, now, I’m remembering that I have to use “should” if I were suggest… Yes… maybe… What do you say?

    Which of both is more formally?

    Thanks Denilso,

    Claudio.

    (Sorry. I wrote a too long letter because I took the oportunity to try my writer skills. I really need to train it. :)

    • denilsolima

      Hi, Claudio.

      I see you give me some context. That makes thing really easier to explain. So, keep reading!

      You wrote: “if my friend were sick and I were to suggest that he should go to the hospital, how would I say: “Friend, you must go to the hospital!” or “You have to go to the hospital!”.

      You can say all the option below:

      » Well, I think you’d better see a doctor.
      » Well, I think you should see a doctor.
      » Well, I think you have to see a doctor.
      » Well, I think you (really ) must see a doctor.

      By using “have to” and “must”, you are not only suggesting or giving a piece of advice. You are actually telling the person that s/he is kind of obliged to take that action. Or else, something bad may happen.

      Again, I have to say that CONTEXT is the thing that will help us better choose one word/expression or another.

      To wrap this up, I have to say that the use of MUST and HAVE TO in both British and American English may be different. In order to learn those differences one has to have a very good grammar and get really involved with the language in natural contexts/uses.

      😉

      • ClaudioLisboa

        Thanks, Denilso.

        You really cleared that point to me. Thank you so much.

        All the best to you.
        Claudio.

  • Travis Barker

    Ok, Denilso, mas você disse que “para expressar uma ideia no passado, você não pode usar o “must”, você tem que usar o “had to” (que significam neste caso já que a frase é afirmativa a mesma coisa, correto?)”, mas e como fica o “mustn’t” no passado? Porque “have to” é igual a “must”, logo “had to” deve ser usado para o passado de “must”, pelo fato de “must” não ter uma forma para o passado, correto? Mas “mustn’t” e “didn’t have to” não significam a mesma coisa. Portanto se eu quiser utilizar o “mustn’t” na forma do passado, como faço?

    • denilsolima

      Travis, se você quiser dizer que alguém não tinha de fazer algo – expressar a ideia de necessidade ou obrigação no passado –, então basta dizer “didn’t have to”. Copio abaixo o que nos informa uma das gramática mais premiadas no mundo para que você entenda isso:

      “Must não é usada para falar sobre obrigação no passado. Isto é assim pois must é usado principalmente com a ideia de influência o comportamento de uma pessoa – dando uma ordem ou um conselho, por exemplo – logo não é possível fazer isso no passado. Had to é usado para expressar uma obrigação no passado.” [Practical English Usage, p. 335]

      Assim, se você quiser dizer que alguém não devia ter feito algo o melhor é usar “didn’t have to” sem tentar achar que isso terá alguma coisa a ver com o fato de “musn’t” e “not have to” serem diferentes no presente/futuro como no texto acima.

      Os exemplos em inglês então podem ser:

      » You didn’t have to get here so early.
      » I didn’t have to do that.
      » They didn’t have to come to work.

      Nos exemplos, não temos como saber se as pessoas fizeram ou não a atividade mencionada. Somente em contexto é que isso ficará claro.

      Aproveito aqui para dizer que o CONTEXTO fala sempre mais alto do que expressões, sentenças, regras, palavras isoladas. Para facilitar, veja o exemplo abaixo com um pouco mais de contexto:

      – Is she here already? Really!? Gee! But I told her she didn’t have to get before 10. I don’t know what to do now. Wow! That’s terrible.

      Ou ainda o diálogo abaixo:

      – Hey, where is Carol? Wasn’t she supposed to be here by now?
      – Oh, no! I told her she didn’t have to get here before ten. So, I think she’s still at home. But don’t worry! I know she’ll be here when we really need her, ok?

      Veja que na primeira sentença o contexto deixou claro que a pessoa tinha uma ordem clara e direta para não chegar antes da 10 ao local. Mas, ela chegou e agora não sabemos o que fazer.

      Na segunda, a ideia era opcional. A Carol poderia chegar a hora que quisesse. Eu disse isso a ela, portanto está tudo certo.

      Percebeu a diferença quando a gente contextualiza as coisas? Nunca deixe de pensar no contexto. Afinal, sem contexto nada pode e tudo pode em relação à língua. Por isso eu sempre digo que aprender a Gramática de Uso da Língua Inglesa é muito melhor e mais vantajoso do que aprender a Gramática Normativa (regras e termos técnicos).

      Take care! 😉

      • Travis Barker

        Agradeço pela ajuda, mas é porque um professor meu falou que dizer “didn’t have to” significa que você não tinha obrigação de fazer algo, mas não haveria problema se você fizesse. Ele disse que o passado de “must” é “had to”, mas ele não falou sobre o passado de “mustn’t”, a única coisa que ele disse é que não se pode dizer “didn’t have to” como passado de “must” para dizer que a pessoa não tinha mesmo que fazer algo, que ela não deveria, que se ela fizesse, alguma consequência aconteceria. Aí fico indeciso e confuso se se deve mesmo usar “didn’t have to” ou não para o passado de “mustn’t”.

  • denilsolima

    André, há aí uma diferença.

    Quando usamos “must have + past participle” a ideia muda. Veja,

    » It must have been love. = Deve ter sido amor.
    » She must have gone home. = Ela deve ter ido para casa.
    » We must have done something wrong. = A gente deve ter feito algo de errado.
    » They must have read the email already. Eles já devem ter lido o email.

    Veja que a estrutura é outra – must have + past participle – e o significado é aquele de estarmos supondo que algo deve ter acontecido (não temos certeza, mas a julgar pelos fatos e situações, algo deve ter acontecido.

    😉

  • denilsolima

    Olá, Fernanda! Há aqui no site várias dicas de livros (gramáticas, vocabulário, pronúncia, etc.). O recomendado é que você procure as dicas relacionadas a livros e assim encontre algum que eu recomendo. Vai ser mais fácil! :)

    Take care in there, ok?

    😉

Denilso de Lima 26/06/2013