Inglês: Nível Básico? Nível Intermediário? Nível Avançado?

Qual é o seu nível de inglês? Será que você é básico? Ou talvez iniciante? Intermediário? Avançado? Que confusão! Você já se perguntou que história é esta de níveis? Enfim, o que tem em cada nível de tão especial assim?

Nas teorias de ensino de idiomas, aprendemos que os principais níveis são: beginner [iniciante, básico], intermediate [intermediário] e advanced [avançado]. Estes podem ser subpididos em outros níveis; porém, vamos ficar apenas com eles.Ano passado, escrevi aqui sobre esta questão de níveis no mundo. Hoje em dia, curso de idiomas que se preza procura estabelecer seus níveis de acordo com o Common European Framework of Reference for Languages, um documento que explica isto tudo em detalhes. De acordo com este documento um aluno que conclui o nível A1 [básico] de um idioma deve ser capaz de

compreender e usar expressões comuns do dia-a-dia bem como frases básicas com o objetivo de satisfazer as necessidades primárias da comunicação. Consegue se apresentar e também apresentar outras pessoas. Consegue fazer e responder perguntas pessoais tais como onde mora, falar sobre pessoas que conhece e sobre o que possui. Consegue interagir de modo bastante simples desde que a outra pessoa fale devagar e claramente.

O interessante deste documento é que em nenhum momento os autores dizem que o aluno de nível básico deve saber de cor e salteado o famigerado verbo to be, deve ser capaz de explicar em detalhes a diferença entre o Present Perfect e o Past Simple, deve saber diferenciar um substantivo contável de um incontável, deve saber quando usar will ou going to, etc.

Também não tem neste documento páginas dizendo que o aluno deve saber lista de cores em inglês, lista de verbos irregulares, lista de palavras contendo partes da casa, lista de palavras com parte do corpo humano, lista de palavras disto e daquilo.

Ao iniciar um curso de idiomas, o objetivo da pessoas é o de serem capazes de se comunicar com outras pessoas. Portanto, este documento – que é hoje referência mundial na produção de novos materiais e no plano pedagógico de cursos de idiomas – fala apenas sobre capacidade de comunicação. Ou seja, em que situações os alunos são capazes de interagir com outras pessoas.

Ou seja, um aluno básico deve ser capaz de fazer o que foi descrito acima. Já um aluno C2 [avançado, proficiente]

consegue compreender com facilidade praticamente tudo o que ouve e lê. Consegue resumir informações de diferentes fontes faladas e escritas, reconstruir argumentos e relatos de forma coerente. Consegue se expressar espontaneamente, de modo bastante fluente e preciso, identificando as entrelinhas do que é dito e escrito nas mais complexas situações.

E aí? Qual é o seu nível de capacidade comunicativa na língua inglesa? Você é um aluno básico, intermediário ou avançado? O seu curso, ou você, está preocupado com a capacidade de comunicação na língua inglesa ou com a gramática e listinhas de palavras?

Quer saber sobre cada um dos níveis descritos no Common European Framework? Clique aqui. Quer sabe mais sobre o Common European Framework? Leia este post aqui.

==========

Antes que alguém me critique por este texto e diga que estou louco sugiro que leia:

The Practice of English Language Teaching, Fourth Edition, by Jeremy Harmer
Uncovering Grammar, New Edition, by Scott Thornbury
Teaching Collocation, edited by Michael Lewis
Common European Framework of Reference for Languages, download here
The Study of Second Language Acquition, by Rod Ellis

  • Daniel Campos

    Putz! Sempre me achei num nível intermediário, mas acho que errei feio! De acordo com isso, estou no nível A-1! =P

  • http://www.blogger.com/profile/01979038153133058426 TyTy

    Denilso, muito interessante você tratar desse assunto, estudo numa escola de idiomas, de uma franquia, e sempre me perguntei, principalmente após ler um de seus posts sobre qualidade dos cursos de inglês, qual seria o nível do meu inglês, ao terminar o curso de 5 semestres.E também baseado em que padrão/normas, eles dizem que, ao final do curso o seu inglês será intermediário/avançado/fluente.Acho complicado também, pois o único metodo de avaliação dos alunos, nessa escola de idiomas são as "homeworks", o que venhamos e convenhamos, para mim não é avaliação nenhuma.Felipe Ciceri

  • Frei Rodrigo

    Que criticar que nada! vou é agradecer!Decorar listinha de palavras não faz o menor sentido para mim… rsrs

  • Flavia
  • Rosangela

    I loved very much your instructions and I'd like to learn more with you. I'm an english teacher and I need to learn more for teach better for my students, please if you have dynamics and games for classes send me.Thank you very much!

  • Everson

    Put’s segundo o que vi sou A1 Meu Deus!
    tenho que dá uma melhorada nisso ^^

  • Camilo lopes

    pow que legal, fiquei feliz em saber que a escolha que estudo poe o que temos no A1 no primeiro livro, e que sou C2. Perfeito post. Sempre quis saber como era definido essa questao de nivel, pois ja vi tanta escola tentando mudar a situacao. legal o post denilson.

  • Anonymous

    como dizer em ingles gostaria de ser teu amigo, e agradecer o teu convite de amizade no facebook.

  • Anonymous

    … "I WOULD LIKE TO BE YOUR FRIEND" – Gostaria de ser seu amigo"Do you want to be friends with me?" Outra maneira de perguntar a mesma coisa de forma diferente..All the best!![email protected]

  • Henrique

    muito bom gostei…perfeito lendo isso abriu meus olhos pois pensava que decorar cores, partes do corpo humano, partes da casa e etc era mais importantes valeu mesmo vou tentar melhorar meu ingles!

  • renata abecassis

    sou A1, hein? aushaus mas quero melhorar e vou!

  • Anonymous

    O meu é B-2

  • Anonymous

    Oi Denilson,Tudo bem com voce?Estou morando na Inglaterra e aproveitando para estudar sozinha, entendi que nao tem uma lista do que aprender, mas para estudar sozonha e me organizar vc teria a relacao de estudos por nivel, mais ou menos???Muiito obrigada BjsKelly

  • http://www.blogger.com/profile/10679697389014921166 Denilso de Lima

    Olá Kelly,Não tenho essa relação. Pois, acho que aprender uma língua não tem níveis e, logo, não há um relação do que estudar. Acredito que a pessoa deva aprender o que está diante dela, aproveitar a oportunidade ao máximo.No entanto, creio que você possa encontar isso em livros voltados para estudantes de inglês. Eles gostam de fazer essas divisões.;-)

  • Túlio

    eu sou A1, comecei agora mais vou melhorar….

  • Anonymous

    "reconstruir argumentos e relatos de forma coerente". Denilso, voce acha que a pessoa que nao domina estruturas gramaticais e lexicas será capaz de reconstruir argumentos e relatos de forma coerente?? Eu acho que nao…Se voce nao entende os: however, even though, yet, in spite of the fact, thus. Nem sabe como usa-los, como vc pode reconstruir argumentos de forma coerente??? Acho que ficaria muito vago uma programacao pedagógica com tal termo em italico/aspas, acho que é por isso que as escolas se baseam em gramatica e vocab, pois é mensuravel.Nao se diz que se estuda verbo to be, mas vc nao acha que para a pessoa se comunicar ela nao necessita do verbo to be???No final das contas, nao vejo muita diferença. Eu usaria a definicao em italico/aspas, E colocaria a gramatica e lexis mínimos necessarios em parenteses, etcÉ como alegar Fluencia, fluencia nao é mensurável, a definicao é confusa. Voce sabe quando ouve a pessoa, mas definir é complicado.O que acha?

  • Xantonium

    @Anônimo Ele não disse que você não deve estudar o verbo to be, disse que você não teria que ficar ruminando regras gramaticais idiotas sobre ele!

  • Anonymous

    I though I could talk in english better… I mean…my english is basic..I think…It's sad cuz I've been studying so F…hard..and I can't make a good conversation with an english speaker..:(

Denilso 10/03/2009